A semana vai começar com greve dos comboios

O tribunal arbitral considerou hoje que a greve dos maquinistas ferroviários, que começa às 12:00 de segunda-feira, não justifica a definição de serviços mínimos além dos que previstos na lei geral do trabalho.

A arbitragem obrigatória, assegurada pelo Conselho Económico e Social (CES), determinou apenas que devem ser assegurados comboios de socorro no dia da greve, que termina às 12:00 de terça-feira, e que os comboios que tenham iniciado a marcha antes do início da paralisação devem chegar ao seu destino.

Relativamente ao transporte de mercadorias, os três árbitros consideraram que devem ser assegurados os transportes de amoníaco e outras matérias perigosas ou perecíveis.

Os árbitros reconheceram que a greve em empresas de transportes como a CP — Comboios de Portugal e a Medway podem pôr em causa a satisfação de necessidades sociais impreteríveis, como define o Código do Trabalho, mas consideraram que o direito dos passageiros à circulação não justifica “um absoluto direito de se movimentar nas circulações da CP em dia de greve”.

“Tal seria manifestamente exagerado, desadequado, e podia até ser desnecessário”, diz o acórdão, que lembra que as pessoas podem usar outros transportes públicos ou privados.

Os maquinistas do setor ferroviário vão fazer greve entre as 12:00 de dia 16 e a mesma hora de dia 17 em defesa de direitos sociais e laborais e de mais e melhor segurança na circulação de comboios.

Os maquinistas reivindicam o cumprimento das regras e regulamentos de segurança e que a Infraestruturas de Portugal (IP) assegure a circulação de comboios em condições de segurança, nomeadamente com a colocação de avisos e sinais de limite e restrição temporária de velocidade.

Segundo o Sindicato dos Maquinistas (SMAQ), que emitiu o pré-aviso de greve, esta é uma reivindicação com mais de dois anos, que foi reafirmada em agosto de 2017, mas que não tem tido resposta.

O sindicato pretende também a atualização e uniformização das regras e regulamentação em todas as empresas que operam no setor ferroviário, para evitar desfasamentos que podem pôr em causa a segurança na circulação ferroviária e diferenças na qualificação profissional dos maquinistas.

A transposição urgente de diretivas e regulamentos europeus sobre certificação dos maquinistas por todas as operadoras ferroviárias é outra das reivindicações em causa.

O SMAQ defende o direito efetivo à contratação coletiva, nomeadamente em empresas que o têm contestado, como a Fertagus e a Takargo, e a criação de um regime de reforma específico para os maquinistas, considerando ser uma profissão de desgaste rápido.

A proibição da contratação de maquinistas reformados em regime de prestação de serviços por empresas de transporte de mercadorias é outra das medidas reivindicadas pelo SMAQ, que lembra que a regra impede a condução de comboios por maquinistas com mais de 65 anos, embora existam muitos a trabalhar com 66 anos.

O sindicato reivindica ainda que o Governo modernize o caminho de ferro, com investimento na infraestrutura e no material circulante (comboios), e que seja concretizado um plano de admissão e formação de maquinistas, para permitir a reforma dos que têm mais de 60 anos.

FC Famalicão: Hugo Oliveira volta a ser chamado para a seleção sub-18

O jogador do FC Famalicão consta da convocatória da seleção nacional sub-18 para o Torneio Internacional de Lisboa, que se disputa entre os dias 4 e 14 de junho, com todos os jogos marcados para as 18 horas.

Hugo Oliveira, defesa central da equipa sub-19, é um dos 22 jogadores eleitos pelo selecionador Joaquim Milheiro para uma competição que reúne as seleções da Coreia do Sul (10 de junho, 18 horas, Estádio Nacional), Noruega (12 de junho, 18 horas, Cidade do Futebol) e Chéquia (14 de junho, Estádio Nacional).

Trata-se da terceira participação de Hugo Oliveira numa prova internacional ao serviço da seleção sub-18. Depois da estreia no Torneio de Marbelha, o defesa ajudou o conjunto luso a conquistar o Torneio Internacional do Porto, em março passado.

Famalicão: Ricardo Costa/Rui Vilaça vencem no Rali de Portugal

Inseridos na Toyota Gazoo Racing Iberian Cup, competição monomarca, a dupla famalicense Ricardo Costa / Rui Vilaça venceu um Rali de Portugal muito duro, depois de uma boa luta com o também famalicense Miguel Campos, navegado por Nuno Rodrigues da Silva, com 22.9s a separar as duas equipas, mas com muitos acontecimentos pelo meio.

Ricardo e Miguel tiveram, ao longo da prova, os seus problemas, que permitiram “cavar” diferenças entre ambos, mas logo diminuídas pelos vários percalços técnicos que tiveram ao longo da jornada. No final, a vitória foi para Ricardo Costa, com uma diferença de 22.9s.

«É um excelente resultado para a nossa equipa, que tem trabalhado arduamente na preparação das provas para estar ao mais alto nível nesta competição». Por isso, Ricardo Costa agradece «a todos e não posso deixar de enviar um agradecimento especial aos administradores da Macedo & Macedo – Toyota, por todo o apoio e empenho que nos têm dado».

Com três provas realizadas, Miguel Campos lidera este troféu, com 59 pontos, mais um que Ricardo Costa.

Famalicão: Paróquia de Arnoso Santa Maria acolhe concerto de Homenagem a Nossa Senhora

Sábado, dia 28 de maio, às 21h15, na paróquia de Arnoso Santa Maria, realiza-se um concerto de homenagem musical a Nossa Senhora, a quem é especialmente dedicado o mês de maio.

Este momento musical está a cargo dos Arautos do Evangelho, podendo também ser acompanhado a partir da transmissão online dos Arautos do Evangelho.

Deste modo, fica o convite da paróquia de Arnoso Santa Maria para um serão de sábado diferente, onde a música faz homenagem a Nossa Senhora.

 

FC Famalicão: Penetra entra mais tarde de férias

O defesa central Alexandre Penetra só iniciará o período de férias a 12 de junho, findos os três jogos que a Seleção de sub-21 tem para disputar nos próximos dias no próximo mês de junho.

O jogador e capitão do FC Famalicão, habitual titular, é uma das escolhas do selecionador Rui Jorge para os jogos com a Bielorrússia (em Yerevan, na Arménia, a 4 de junho), Liechtenstein (Vaduz, dia 7) e Grécia (Barcelos, dia 11).

David Carreira atua na final da Taça de Portugal

A Federação Portuguesa de Futebol anunciou que David Carreira e Nenny vão atuar ao vivo na cerimónia de abertura (17 horas) da grande final da prova rainha.

Ao intervalo, um grupo de crianças, da academia Dance4Kids, continuará a animar os presentes no Jamor, com um espetáculo de dança.

A final disputa-se entre as equipas femininas do Sporting e Famalicão, partida agendada para as 17h15, do próximo sábado, no Estádio Nacional do Jamor.

FC Famalicão quer “o melhor jogador da Liga 3”

O presidente da SAD do Famalicão assume claro interesse em Théo Fonseca, avançado de 21 anos que se destacou ao serviço do Felgueiras.

Em entrevista ao Canal 11, na noite desta terça-feira, Miguel Ribeiro considerou que o jovem jogador é “um dos melhores da Liga 3, para mim o melhor. Ainda não assinou, mas está encaminhado. Mas se ele não vier é porque não quer vir. Da nossa parte está completamente assumido».

Théo Fonseca terminou a época com 15 golos em 28 jogos pelo Felgueiras