As melhores ilhas paradisíacas para visitar neste verão

As férias de verão estão a chegar e ainda não sabe para onde vai viajar? Que tal uma aventura inesquecível, ilhas paradisíacas, paisagens deslumbrantes e águas cristalinas para um mergulho refrescante?

Se gostou da ideia, seguem-se 10 das melhores ilhas paradisíacas para que possa escolher a que mais lhe agrada.

Mas antes de passarmos ao conteúdo, sabia que pode fazer o pedido dos vistos online? Pode fazer o seu pedido sem sair de casa e recebê-lo na morada indicada ou através de um endereço de correio eletrónico.

E se quiser facilitar ainda mais este processo burocrático, use o iVisa para fazer o seu pedido de vistos online. O processo é simples! Indique o país de destino, escolha o tipo de visto que pretende pedir, preencha o formulário e faça o pagamento. Em alguns casos, pode receber o seu visto online em apenas algumas horas.

Sem mais demoras, seguem-se as nossas recomendações de ilhas paradisíacas para este verão.

As 10 ilhas paradisíacas que vale a pena visitar

1. Bali, Indonésia

Em Bali existe diversão para todos os gostos, mas o ponto alto são as paisagens naturais, os templos, os jardins de água e, como não podia deixar de ser, as maravilhosas praias. As pessoas também são simpáticas e estão sempre prontas para o fazer sentir em casa durante a estadia.

Para entrar na Indonésia, precisa do B211A Visa que é válido por 90 dias.

2. Arquipélago das Maldivas

No Arquipélago das Maldivas tem muitas ilhas por onde escolher e pode esperar água cristalina e morna em todas elas. Este é o destino ideal para quem procura umas férias mais tranquilas.

Para entrar no Arquipélago das Maldivas terá de apresentar uma declaração de saúde. O iVisa pode ajudá-lo a obter este documento.

3. Waiheke, Nova Zelândia

E se procura um verdadeiro destino paradisíaco, recomendamos a ilha de Waiheke que se encontra a 40 minutos de Auckland (de ferry). Nesta ilha pode mergulhar em água que está entre o verde esmeralda e o azul turquesa.

Os turistas também costumam deliciar-se com a gastronomia local e com as provas de vinhos.

4. Paros, Grécia

Passando para a Grécia, escolha a ilha que tem praias com pouca profundidade: Paros. Na ilha também pode apreciar as típicas casas da Grécia e deliciar-se com os melhores pratos da gastronomia da região.

Se preferir visitar destinos mais conhecidos, recomendamos Mykonos ou Santorini.

5. Ilhas Maurícias

Caso queira uma experiência realmente inesquecível, esqueça todas as ilhas mencionadas e marque a sua viagem para as Ilhas Maurícias. Sozinho ou acompanhado, nunca mais irá esquecer as suas férias de verão nas Ilhas Maurícias.

Belas paisagens e excelentes praias para os seus mergulhos, sim, isso não vai faltar. Mas a cultura tão única é a verdadeira razão pela qual recomendamos as Ilhas Maurícias.

6. Tasmânia, Austrália

E se quiser uma experiência menos focada em praia e mais focada em espaços verdes? A Tasmânia não o vai desiludir. Nesta ilha tem mais de 15 parques nacionais, paisagens montanhosas e diversos lagos. E, se gosta de praias mais vazias, esta também é uma escolha acertada.

Sendo português, não pode entrar na Austrália sem visto. Faça o pedido do visto com antecedência para garantir que o tem dentro do prazo necessário. Com o iVisa pode receber o seu visto no e-mail em apenas alguns dias.

7. Ilhas Orkney, Escócia

A Escócia não precisa de apresentações, não é verdade? Nas Ilhas Orkney terá muita história, espaços verdes, paisagens típicas da Escócia, monumentos para visitar e muito mais. E, claro, praias.

8. Palawan, Filipinas

Palawan tem um cenário típico das ilhas paradisíacas, com águas atraentes de cor verde esmeralda. As suas lagoas, a vegetação densa da região ou mesmo o rio subterrâneo são mais algumas razões pelas quais recomendamos esta ilha nas Filipinas.

Para entrar nas Filipinas, precisa de uma declaração de saúde.

9. Açores, Portugal

Como não podia deixar de ser, uma região portuguesa: os Açores. Porque adicionamos esta ilha à lista? Vamos dar-lhe algumas boas razões.

As lagoas paradisíacas e as praias são duas das principais razões pelas quais deve visitar os Açores, principalmente no verão. Outras razões são os miradouros incríveis, poder ver baleias e golfinhos, a gastronomia local e os trilhos.

10. Ilhas Cook

E, por último, as Ilhas Cook. Aqui pode não só apreciar as praias e paisagens, mas também a cultura e as imensas tradições dos habitantes. Outras atividades das quais pode participar são os desportos aquáticos, os mercados de artesanato, os cruzeiros e, claro, experimentar os pratos tradicionais da região.

E, ao final do dia, sente-se com uma bebida gelada a apreciar o pôr-do-sol.

Qual é o currículo perfeito para um recrutador?

Para escrever o CV perfeito, é importante saber que se trata de um documento que apresentará as principais informações sobre a sua carreira. Portanto, tudo tem de ser objectivo, coerente, bem escrito e verdadeiro, a fim de atrair a atenção do recrutador. Há muita informação que precisa de ser incluída num curriculum vitae para o tornar perfeito. Descubra neste guia que informação é necessária num CV perfeito.

Informação pessoal

O seu CV deve incluir o seu nome, idade, dados de contacto (e-mail, telefone e telemóvel) e morada. No entanto, certifique-se de que verifica que tudo está correcto. Também é aconselhável não utilizar a palavra currículos, uma vez que já não é comum nos currículos. Também não precisa de introduzir o número do seu ficheiro. Seria apropriado esperar pelo pedido de um recrutador.

Os seus objectivos profissionais

Mencione a sua especialidade e área de especialização no campo apropriado. Ao submeter o seu CV para uma oportunidade particular que corresponda à sua pesquisa, indique a posição desejada para mostrar o seu interesse na posição. Neste contexto, é importante convencer o recrutador, pois ele ou ela está à procura de alguém que tenha algo a acrescentar.

Antecedentes académicos

A indicação das notas e diplomas, o nome da instituição de ensino, o período, a duração e o local são muito objectivos. Se tiver vários graus, é melhor incluir apenas os dois últimos. Isto mostrará aos recrutadores as informações mais recentes sobre a sua formação académica.

Experiência profissional

Mencionar o nome da empresa, o período, a função, uma breve descrição das principais actividades, a duração e o local. Seria interessante incluir os últimos três empregos no CV se tiver trabalhado em muitas organizações diferentes. Isto tornará a análise mais fácil para os recrutadores.

Formação extracurricular

Deixe um campo para mencionar quaisquer cursos gratuitos, qualificações e línguas que esteja a estudar. Estes desempenham um papel importante ao escrever um perfil profissional para uma empresa. Incluir o grau, nome da instituição de ensino, duração, período e localização.

Actividades adicionais

Viajar para o estrangeiro, voluntariado, projectos ou cursos universitários enquadram-se neste campo. Mencioná-los no seu CV aumenta ainda mais as suas hipóteses de conseguir o emprego que deseja. Mostra aos recrutadores a sua capacidade de gerir a mudança. Mostra a sua capacidade de viver e trabalhar com diferentes tipos de pessoas, e de gerir e desenvolver projectos. E como é que inclui actividades adicionais no seu CV ? É muito simples. Neste campo, indicar o nome da estrutura, a empresa ou instituição, a duração, uma breve descrição e a localização. Não se esqueça de mencionar a principal actividade realizada.

Estes são os elementos chave de um CV perfeito para um recrutador. No entanto, note que existem outras dicas para fazer o seu CV parecer bem. Dicas sobre tipo de letra, estilo de escrita, etc. Deve também estar ciente de que existem muitos modelos de CV em plataformas em linha que o podem ajudar. No entanto, pode usar estes modelos como inspiração para criar um CV perfeito para deslumbrar os recrutadores.

Estudo: Beber café diminui até 30% o risco de morte

Beber café pode estar ligado a um menor risco de morte, de acordo com os investigadores de um estudo publicado no mês de julho no The Annals of Internal Medicine.

Relata o mesmo que as pessoas que beberam entre 1,5 a 3,5 chávenas de café diariamente tiveram uma “probabilidade até 30% menor de morrer durante o período do estudo do que as que não tomaram café”, comparativamente com as que não bebiam café.

Os investigadores examinaram dados de consumo de café do UK Biobank, um banco de dados com informações de saúde do Reino Unido. Diz o mesmo estudo também que foram examinadas várias informações demográficas, de estilo de vida e dietéticas em mais de 170 mil pessoas entre os 37 e 73 anos de idade, durante um período médio de acompanhamento de sete anos.

Artigo completo no Sapo24

A crescente popularidade dos desportos eletrónicos

Não é novidade que os jogos eletrónicos se tornaram parte do dia a dia e uma das mais consolidadas formas de entretenimento da sociedade atual. No entanto, os desdobramentos dessa prática são o motor de trabalhos inovadores e impulsionam novas tecnologias.

No campo dos avanços tecnológicos, a Twitch, o maior serviço de transmissões em direto, nasceu e cresceu no mundo gaming. A plataforma é por excelência o canal dos jogadores, que procuram conteúdos relacionados com os principais títulos de videojogos e os seus respetivos campeonatos, além de fornecer aos profissionais um meio de se comunicarem com o seu público. Atualmente, a Twitch é um imenso canal de conteúdo que expandiu as suas fronteiras para além dos jogos eletrónicos e virou uma plataforma para streamers.

Os jogos eletrónicos ganharam contornos profissionais, e com isto, o termo “Desporto eletrónico” virou sinónimo de profissionalismo. Em Portugal, o sector é regido pela Federação Portuguesa de Desportos eletrónicos. Equipas, diretores técnicos e jogadores ganharam respeito e deixaram de ser aficionados, tornando-se profissionais. O mesmo ocorreu com diversos títulos de videojogos, que saíram do campo da diversão e converteram-se em algo sério.

Os computadores são por excelência a plataforma dos eSports. Devido à alta capacidade de processamento destas máquinas e à rápida conexão com a Internet, os PCs iniciaram a saga e continuam como principal segmento dos desportos eletrónicos. Por esses motivos, é comum a imagem de um grupo de jovens atrás dos ecrãs a jogar os principais campeonatos.

Existem diversos títulos que fazem sucesso no mundo dos eSports. No entanto, alguns destacam-se, e os seus campeonatos oferecem prémios elevados para as equipas vencedoras. DoTA 2 é um dos títulos mais consolidados neste mundo. Os torneios à volta do mundo reúnem equipas tradicionais do jogo como a OG, Team Liquid ou VirtusPro.

Um dos títulos que se consolidou no mundo dos desportos eletrónicos é o Counter-Strike. O shooter, que começou a sua trajetória no fim dos anos 90, não perdeu força. Atualmente, o jogo é um dos pilares do segmento dos eSports. Em Portugal, destacam-se dois jogadores profissionais da categoria: Ricardo “Fox” Pacheco e João “KillDream” Ferreira.

O FIFA é outro videojogo que ganhou a vertente profissional. A cada ano, o videojogo aparece na lista dos mais vendidos, e o número de jogadores é gigantesco. Os campeonatos profissionais ocorrem no mundo todo e, assim como no futebol real, existem as ligas nacionais e os torneios internacionais. O mercado é tão atrativo que há histórias que impressionam: O jogador brasileiro Wendell Lira, vencedor do Prémio Puskas do ano de 2015, abandonou a relva real para se tornar profissional do videojogo FIFA.

Além dos videojogos novos e repletos de gráficos realistas, os eSports estão a alcançar novos géneros, entre eles os desportos mentais. O xadrez e o poker são as duas principais modalidades neste segmento. O jogo de tabuleiro é considerado um dos mais populares do mundo, jogado há séculos. A sua transição para o mundo virtual ocorreu de forma rápida, dada a sua popularidade. Na internet, diversos websites especializados, como a Chess.com, oferece partidas simples e campeonatos completos, nos quais os jogadores se enfrentam à procura do título.

O poker também chegou à Internet rapidamente e apoiado em plataformas especializadas, que oferecem o jogo em diversas modalidades, desde a mais popular, a Texas Hold’em, passando por Omaha e a Five Card Draw. Nos sites especializados mencionados, também são organizados vários eventos online, alguns com 22 opções diferentes. O confronto contra outros jogadores, que também estão conectados à internet, traz contornos de eSports para a modalidade.

Num mercado tão vasto e lucrativo era de se esperar que a concorrência chegasse. As equipas tradicionais do cenário, agora, concorrem com os tradicionais clubes de futebol, que vendo o aumento do público e dos lucros que rodam neste segmento investem em jogadores de desportos eletrónicos.

Assim sendo, e dado o equilibro do cenário, a profissionalização é uma tendência que continuará a crescer no mundo dos eSports. No entanto, contar com as habilidades necessárias será fundamental para continuar a vencer e conquistar o respeito do público.

Por outras palavras, este mercado está apenas no início e o futuro é promissor.

Jogadores portugueses estão a dominar a Premier League, saiba como apostar nas próximas partidas

O futebol português está cada vez mais presente na Premier League, venha perceber este fenómeno em crescente na melhor liga do mundo de futebol

A temporada 2021/2022 da Premier League teve um final verdadeiramente apoteótico, com a competição pelo título a ser decidida nos últimos minutos da Ronda 38 e com vários portugueses como protagonistas centrais.

Esta acabou por ser uma época de enorme valor para os apostadores, já que todos os jogos possuíram enorme importância e, assim sendo, muitas surpresas foram acontecendo durante toda a competição.

Tendo isso em conta, verificar as odds de futebol é essencial para fazer bons palpites nas próximas partidas dos jogadores portugueses, já que cada vez mais estes têm influência no topo da classificação da Premier League.

Os Citiziens e o resto do contingente português

Os Citiziens voltaram ao topo da classificação e garantiram o terceiro título na Premier League, segundo na era Pep Guardiola, com uma enorme ajuda de João Cancelo, Rúben Dias e Bernardo Silva, três jogadores portugueses.

O impacto destes jogadores é cada vez maior, sendo que Cancelo e Rúben Dias são considerados dois dos melhores do mundo na sua posição, enquanto Bernardo Silva continua a afirmar-se como um maestro do ataque do Manchester City.

Por outro lado, ao serviço do Liverpool FC, Diogo Jota acabou por não ter a sorte do seu lado, depois de uma temporada em que esteve em destaque em termos ofensivos, os Reds conseguiram dois títulos internos, mas “perderam” os troféus mais importantes.

Destaque também para o Wolverhampton, a equipa mais portuguesa da Premier League, onde Bruno Lage conseguiu uma temporada tranquila, batendo o pé aos “grandes” em alguns jogos, mas terminando a sua prestação no décimo posto da classificação.

Rúben Neves voltou a destacar-se com a sua capacidade ofensiva, numa temporada em que se viu João Moutinho a um grande nível no meio-campo dos Wolves e a dupla Nélson Semedo/José Sá a cimentarem-se na Premier League.

Apesar da temporada menos conseguida, Bruno Fernandes e Cristiano Ronaldo são nomes incontornáveis neste campeonato, sendo dois dos melhores jogadores da competição numa equipa que ainda se está a “encontrar” e irá entrar num processo de renovação.


Fonte: Getty

Apostas desportivas e o impacto dos portugueses

A Premier League é uma das competições que mais apostas desportivas movimenta durante toda a temporada, sendo que milhões de euros em palpites são feitos todas as jornadas.

Não fosse este o melhor campeonato do mundo de futebol, o interesse existente poderia ser menos evidente, porém, uma grande maioria dos jogadores em destaque nesta modalidade estão presentes nesta competição, quase sempre em busca do título.

Atualmente, Portugal possuí alguns dos melhores jogadores do mundo em praticamente todas as posições, sendo estes protagonistas verdadeiramente preponderantes nas exibições dos seus clubes e contribuindo de forma determinante para o resultado de apostas.

Assim sendo, com a afirmação do jogador português em Inglaterra e com a chegada de cada vez mais talento nacional a esta competição, é importante que tenha em consideração o impacto que estes têm na altura de realizar os seus investimentos em apostas desportivas.

Sabe que há forma de fazer a gestão do seu apartamento turístico sem estar presente?

Nos últimos tempos houve um considerável aumento do teletrabalho, o que veio a intensificar-se ainda mais com o início da pandemia da COVID-19, passando a existir cada vez mais pessoas a trabalhar a partir de casa.

E do mesmo modo que o podem fazer os trabalhadores de diversas áreas, também os proprietários de alojamentos locais podem exercer o seu trabalho de forma remota.

Como é que se viabiliza a gestão do alojamento local de forma remota?

Para acompanhar esta tendência foram desenvolvidas variadas ferramentas, plataformas e tecnologias destinadas a ajudar os proprietários a gerir e administrar os seus negócios sem terem de estar fisicamente presentes na propriedade.

Deste modo, poupa-se tempo e facilita-se o trabalho.

Trabalhar com um software de gestão de propriedades turísticas

É possível trabalhar com um software de gestão de propriedades turísticas, que se encarregará, tal como o nome refere, de gerir o seu alojamento turístico.

Esta medida pode ser muito vantajosa para o proprietário de um alojamento, na medida em que lhe permite diminuir as suas responsabilidades e preocupações, as quais ficam entregues a essa entidade.

O proprietário de um alojamento turístico que trabalha com um software de gestão de propriedades turísticas não só possui, assim, menos responsabilidades e obrigações, como possui mais tempo e disponibilidade para si, para outros trabalhos ou possíveis negócios em que esteja envolvido.

É o caso da GuestReady, uma start-up internacional de gestão de atividades de alojamento em plataformas online, nomeadamente com a gestão Airbnb no Porto, criada para facilitar o trabalho dos proprietários que não têm tempo ou disponibilidade para tratar dos pormenores da estadia.

Com este objetivo, atuam ao nível da gestão do anúncio, gestão dos hóspedes e gestão da propriedade, incluindo-se aqui diversas tarefas inerentes à gestão e a logística de um imóvel.

Automatizar a comunicação com os hóspedes

A comunicação com os hóspedes é essencial para que possam desfrutar de uma boa estadia e partilhar a experiência com outras pessoas interessadas na reserva no local.

Por vezes, de entre as distintas tarefas e deveres que cabe ao proprietário do alojamento cumprir, torna-se complicado satisfazer todos os pedidos e dúvidas dos clientes.

Automatizar a comunicação online pode reduzir o tempo gasto a responder a perguntas comuns.

Manter os hóspedes informados

Mesmo não estando presente fisicamente para informar os hóspedes ou responder a eventuais dúvidas, é crucial garantir que estes possuem todas as informações referentes às condições do alojamento, ao seu funcionamento, regras, entre outros.

Deste ponto de vista, será útil criar um guia do hóspede, que contenha todos estes dados relativos ao alojamento e ainda recomendações e sugestões relativas às atrações próximas do local – restaurantes, museus, parques, etc. – de modo a proporcionar uma melhor experiência ao hóspede.

Adotar tecnologias inteligentes

Será certamente benéfico estar a par das inovações tecnológicas e investir nas mesmas com o propósito de otimizar o seu negócio: existem fechaduras inteligentes que permitem ao hóspede a entrada e a saída do alojamento com a utilização de um código individual e diferente, que se mantém ativo e válido durante a estadia.

Esta tecnologia permite, mais uma vez, a distância do proprietário, que não necessita de estar presente para auxiliar na entrada do alojamento.

Além disso, a utilização de softwares especializados para os processos de check in e check out também permitem ao proprietário economizar o seu tempo e geri-lo da melhor forma, não estando condicionado a possíveis atrasos do hóspede, que podem interferir com os seus restantes encargos a realizar naquele dia.

Contratar serviços de limpeza e de manutenção do imóvel

É indispensável assegurar a limpeza e a higiene do local, pois este é um dos fatores mais valorizados na reserva de uma estadia. A estética e a preservação do local são também prejudicadas pela sujidade ou falta de higiene.

Neste aspeto, será relevante confiar a tarefa a profissionais especializados, contratando uma empresa para efetuar a limpeza do espaço aquando da saída dos hóspedes, assim como uma empresa responsável por concretizar a eventual manutenção do imóvel.

A par disso, será conveniente, neste âmbito, contratar serviços de lavandaria que assegurem a lavagem de toalhas, lençóis e outros têxteis disponíveis no alojamento.

São várias as opções e oportunidades que hoje em dia existem para facilitar a vida destes empreendedores, que, podendo realizar a gestão/administração de forma remota descomplicam e agilizam a tarefa. A habitação ou permanência distante do alojamento local que possuem e administram já não é um obstáculo. A gestão remota do alojamento permite também uma maior flexibilidade e melhor aproveitamento do tempo.

Sunset Party no Parque de Lazer de Gondifelos

O Parque de Lazer de Gondifelos é um dos locais mais agradáveis da região para se divertir neste verão.
O primeiro Sunset Party é este domingo, dia 26, entre as 18 e as 23 horas, no Bar do Parque.
A animação está por conta do DJ Charly. Além da música e animação, há comida e bebida, num belo espaço verde.
Venha divertir-se e traga os amigos. A entrada é livre.

bardopark