Autarca da Trofa eleito vice-presidente da Área Metropolitana do Porto

Sérgio Humberto foi eleito, esta sexta-feira, vice-presidente da direção do Conselho Metropolitano da Área Metropolitana do Porto (AMP).

O autarca que lidera a Câmara Municipal da Trofa desde 2013, prepara-se para levar para agenda da AMP, dossiers como a reestruturação da mobilidade na região, a descentralização concertada, possibilitando às autarquias ganhos de eficiência e celeridade na prestação de serviços aos cidadãos e a simplificação e agilização no acesso aos fundos comunitários.

Sérgio Humberto encara o cargo como uma nova etapa na consolidação e projeção nacional da AMP, e de cada um dos municípios que dela fazem parte, por forma a reforçar o poder negocial e reivindicativo da região Norte, apostando, por exemplo, na possibilidade de integração de novos municípios na AMP.

A direção do Conselho Metropolitano é constituída por um presidente e dois vice-presidentes. A presidência cabe a Eduardo Vítor Rodrigues, presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, e a outra vice-presidência a Jorge Vultos Sequeira, autarca de S. João da Madeira.

Maria José Fernandes toma posse como presidente do CCISP

Maria José Fernandes, presidente do IPCA, toma hoje posse para o segundo mandato como presidente do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP).

A cerimónia realiza-se no auditório Eng.º António Tavares, no Campus do Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), em Barcelos, a partir das 16h00. Na tomada de posse estará o Ministro da Educação, Ciência e Inovação, professor Fernando Alexandre, entre outras personalidades.

CM Trofa cria duas salas de snoezelen para crianças com necessidades especiais

camara trofa municipio

A Câmara Municipal da Trofa está na fase final da criação de duas salas de estimulação sensorial – snoezelen, uma sala em cada agrupamento de escolas locais, na Escola Básica de Castro e na Escola Básica de Finzes.

Integrado no plano de Ação de Educação Especial – Trofa + Inclusiva, o conceito vai permitir o estímulo dos sentidos primários – tato, paladar, visão, audição e olfato, bem como o aumento da confiança e relaxamento das crianças com necessidades especiais.

Sérgio Humberto, presidente da Câmara Municipal acredita que este “é mais um passo na inclusão”.

Famalicão: Paulo Cunha orgulha-se do “peso” do distrito de Braga no novo Governo

A distrital de Braga do PSD, liderada pelo famalicense Paulo Cunha, orgulha-se pelo facto de Luís Montenegro ter “recrutado” no distrito de Braga pessoas para as secretarias de Estado, no seguimento do que tinha feito para os lugares de Ministros. «Braga tem excelentes quadros, capazes de executarem com eficiência os diversos cargos que ocupam», referiu Paulo Cunha.

O dirigente recorda «com muita satisfação» que há no Governo pessoas com fortes raízes no distrito de Braga, como Clara Marques Mendes, para a Secretaria de Estado da Ação Social e Inclusão; Rui Armindo Freitas, para Secretário de Estado Adjunto e da Presidência; e Pedro Dias, para Secretário de Estado do Desporto.

Recorde-se que recentemente o Primeiro-ministro, Luís Montenegro, convidou o ex-eurodeputado José Manuel Fernandes para liderar o ministério da Agricultura e Pesca, e Fernando Alexandre, professor na Universidade do Minho, para ministro da Educação, Ciência e Inovação.

Também o deputado Emídio Guerreio ocupa a liderança do Conselho de Administração da Assembleia da República, enquanto que o famalicense Jorge Paulo Oliveira foi eleito para secretário da Mesa da Assembleia da República.

Com a saída do Parlamento de Clara Marques Mendes para o Governo, a vice-presidente da CM de Amares, Cidália Abreu, vai ocupar o seu lugar como deputada.

Ainda sobre a composição do Governo, Paulo Cunha referiu no programa Cara e Coroa, do Porto Canal (é comentador todas as sextas-feiras às 22 horas) que Luís Montenegro foi «muito feliz e muito competente na escolha do seu Governo». O famalicense elogia a preocupação com a diversidade de profissões, de percursos pessoais e cívicos e de diferentes faixas etárias. Faz referência à mistura de conhecimentos técnicos e políticos como algo muito importante.

«É preciso músculo político e este governo tem musculo político», sublinha. Paulo Cunha reconhece que um Governo de minoria precisa de apoio parlamentar para que as suas medidas sejam implementadas. É de opinião que não devem ser estabelecidas preferências, ou seja, nenhum partido deve ser excluído das negociações. Pede também sentido de responsabilidade e sensatez à oposição. «Não quero acreditar que uma boa medida deste Governo deixe de ser aprovada só porque é uma medida da AD», anotou.

Quanto à nomenclatura do Governo, com mais ou menos Ministérios e Secretarias de Estado, ou agregação diferente das áreas governativas, Paulo Cunha não considera relevante. Dá o exemplo da habitação que no Governo anterior teve um Ministério «e nada de positivo aconteceu».

Trofa assinala o mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância

camara trofa municipio

Ao longo do mês de abril, a Câmara Municipal da Trofa, em parceria com a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) vai realizar várias iniciativas com o objetivo de alertar a população para os maus tratos na infância.

Durante todo o mês, os edifícios municipais estarão iluminados em tons de azul e a autarquia lançou também o desafio a todas as paróquias.

No dia 9 de abril, pelas 15h00, os Comissários da CPCJ vão afixar três laços azuis de grande dimensão, na Praça dos Direitos das Crianças, no Lettering Trofa situado nos Parques Nossa Senhora das Dores e Dr. Lima Carneiro e ainda no Fórum Trofa XXI.

Com a participação da Comunidade Escolar e em parceria com a GNR, a Câmara Municipal promove a iniciativa “Operação STOP” que vai acontecer a 11 de abril na EB de Finzes e a 17 de abril na EB1 da Portela.

Também a 17 de abril, a partir das 19h00, a Escolinha de rugby vai realizar um laço Humano com os seus atletas, no Complexo do Atlético Clube Bougadense.

No dia 30 de abril, pelas 11h30, será criado um laço composto pelas viaturas das entidades de Proteção Civil, Polícia Municipal, GNR e Bombeiros.

As iniciativas associadas ao Mês de Prevenção dos Maus Tratos na Infância terminam com uma Mega Caminhada Noturna no último dia do mês, com início às 21h00, nos Parques Nossa Senhora das Dores e Dr. Lima Carneiro.

A caminhada é gratuita, mas a inscrição é obrigatória e pode ser feita junto dos serviços da CPCJ da Trofa, situado no Fórum Trofa XXI ou através do e-mail: cpcj.trofa@cnpdpcj.pt .

Cinco detidos por condução sob o efeito do álcool

No decurso de operações de fiscalização na sua área de responsabilidade, nomeadamente nas cidades de Braga e Vila Nova de Famalicão, a PSP deteve cinco cidadãos, dois do sexo feminino e três masculino, com idades compreendidas entre os 38 e 55 anos, por condução de veículo automóvel com taxa de alcoolemia superior à permitida por lei.

Submetidos ao teste de alcoolemia, apresentaram uma TAS entre 1,32 e 2,27 g/l no sangue. Um dos detidos foi interveniente em acidente de viação.

Município da Trofa convida a população a participar na criação de uma zona desportiva e de lazer

camara trofa municipio

A Câmara Municipal da Trofa desenvolveu um Plano Estratégico para a criação do Parque Urbano de Real que inclui a dinamização de três sessões públicas para auscultação e participação da comunidade, para recolher contributos para o desenho do plano final.

Com uma área de 25 hectares, o futuro Parque Urbano de Real será implementado nas margens do Ribeiro de Real, no troço compreendido entre a EN 104 (limite sul) e o Rio Ave (limite Norte), na freguesia de Bougado (São Martinho e Santiago).

Através do Plano Estratégico para o Parque Urbano de Real, o Município pretende definir «um espaço verde público destinado ao lazer, ao desporto ativo e à valorização ambiental, atividades e ações que potenciem a criação de uma proposta de programa preliminar, com conteúdos programáticos que permitam servir de base ao desenvolvimento do projeto de execução».

Um dos pontos onde a autarquia pretende inovar no futuro Parque Urbano de Real é a criação de uma Smart Active Space, um espaço inteligente e inovador, «que faz da tecnologia um aliado do desporto, exercício e atividade física, formal ou informal».

Os Smart Active Space são um novo conceito de instalações desportivas que consiste num espaço – outdoor ou indoor – inteligente, inovador e sustentável que promove o desporto e a atividade física de forma inclusiva.

«Para potenciar o sentimento de pertença, para envolver a comunidade nas decisões e no planeamento do território e para ajustar as soluções às necessidades e expectativas apresentadas pela população», a Câmara Municipal da Trofa está a organizar diferentes momentos de recolha de contributos «para inclusão na versão final do projeto do Parque Urbano de Real».

Foto arquivo