Barcelos não realiza festejos públicos de passagem de ano

Atendo ao estado de calamidade, devido à situação de pandemia da Covid 19, e considerando que os festejos de passagem de ano, organizados pelo Município, costumam promover grande concentração de pessoas, «situação de todo a evitar nesta conjuntura», a Câmara Municipal de Barcelos decidiu não promover quaisquer festejos públicos de passagem de ano.
A decisão foi tomada após reunião com a delegada de saúde pública do ACES Barcelos/Esposende.
Em nota de imprensa, o Município lamenta a situação, «mas entende que esta é a forma mais correta de agir face à pandemia em que vivemos».

Trofa: Fogo em garagem de prédio ao lado da N14

Ao início da tarde desta quinta-feira os bombeiros foram acionados para um incêndio que se encontrava a deflagrar no interior de um prédio, na Rua Joaquim da Costa Pereira Senra, a par da N14, na Trofa.

As primeiras informações dão conta de que o alerta terá sido dado um pouco antes das 14h00.

Não há, para já, registo de feridos.

Braga: Condutor de trotinete fica em estado grave depois de colidir com carro

O condutor de uma trotinete ficou, na noite desta quarta-feira, com ferimentos considerados graves depois de colidir com um veículo ligeiro, na EN201, em Merelim São Pedro, Braga.

O acidente aconteceu perto das 00h00 e a vítima tem cerca de 50 anos.

Segundo relata o Minho, o socorro esteve a cargo dos Bombeiros Sapadores de Braga e a VMER.

A vítima, apesar dos ferimentos considerados graves, não corre risco de vida.

Guimarães: Motociclista de 55 anos morre em colisão entre mota e carro

Um homem de 55 anos morreu, na sequência de uma colisão da mota onde seguia com um veículo ligeiro. O acidente aconteceu cerca das 10h00 desta quarta-feira, na N105, em Moreira de Cónegos, Guimarães.

Segundo avança O Minho, a vítima era residente em Lordelo e faleceu no Hospital de Guimarães.

No socorro estiveram os Bombeiros de Vizela e a VMER de Guimarães.

A GNR tomou conta da ocorrência.

Aproveite: Bicicletas elétricas gratuitas em Santo Tirso

Está de regresso a Santo Tirso o sistema de partilha de bicicletas elétricas.

O projeto “Pedala”, lançado em 2019 e entretanto interrompido devido à pandemia de Covid-19, voltou às ruas.

Estão disponíveis 33 bicicletas espalhadas por cinco estações:junto ao edifício da Câmara, na estação ferroviária, na central de transportes (Travessa das Rãs), junto à Fábrica de Santo Thyrso e à Escola Secundária D. Dinis.

As bicicletas podem ser utilizadas por pessoas a partir dos 14 anos, embora os menores de 18 tenham de apresentar um termo de responsabilidade assinado pelos encarregados de educação. O serviço funciona entre as 7 e as 21.30 horas. Cada bicicleta pode ser usada durante quatro horas.

“A utilização das bicicletas ‘Pedala’ é possível após registo prévio, que pode ser efetuado no Espaço do Munícipe ou na Loja Interativa de Turismo, e inclui um seguro de responsabilidade civil. Os utilizadores que já possuem o cartão ‘Pedala’ necessitam, também, de proceder à respetiva reativação”, refere a Câmara Municipal em comunicado.

Braga: Homem de 28 anos ferido depois de agressões à porta de discoteca em Amares

Um homem, de 28 anos, ficou ferido e necessitou de ser transportado para o hospital, depois de agressões à porta de uma discoteca em Amares, Braga.

Segundo avança o Correio da Manhã, tudo terá começado com um desentendimento no interior do espaço de diversão noturna.

A vítima sofreu um traumatismo cranioencefálico ligeiro e foi transportado para o hospital local.

O alerta para o socorro foi dado às 06h45.

A GNR tomou conta da ocorrência.

Covid-19: DGS prepara nova dose da vacina

A Direção-Geral da Saúde (DGS) está a preparar a norma para a nova campanha de vacinação contra a covid-19, avança a CNN Portugal. A norma deverá ser até ao início do mês de setembro.

Nem a DGS nem o Ministério da Saúde, no entanto, responderam se serão convocados todos os portugueses – no esquema de ordem decrescente de idade, tal como aconteceu com as campanhas anteriores de vacinação – ou se o serão apenas os mais vulneráveis, como até agora anunciado.

O Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças como a Agência Europeia do Medicamento recomendam a administração de uma quarta dose das vacinas contra a covid-19 apenas aos cidadãos entre os 60 e 79 anos e a pessoas vulneráveis.

Fonte: CNN Portugal