Brufe e União das Freguesias de Seide vão desenvolver projetos comunitários de economia circular

As comunidades das freguesias de Brufe e da União de Freguesias de Seide acabam de ver aprovados pelo Governo de Portugal, no âmbito do programa “JUNTAr – Economia Circular em Freguesias”, os seus projetos de “Reciclagem e reutilização de produtos de apoio – Sem Fim” e de “Aldeia Circular”, respetivamente, que vale uma comparticipação estatal fixa de 25 mil euros a cada candidatura para desenvolvimento das mesmas, o que corresponde a um cofinanciamento de 85 por cento pelo Fundo Ambiental.

As propostas foram geradas no seio da comunidade e encabeçadas pelas Juntas de Freguesia com apoio técnico do Município de Vila Nova de Famalicão no contexto da Estratégia Concelhia de Desenvolvimento Territorial Integrado que o município está a prosseguir e que distribui responsabilidades concretas pelo território através das Comissões Sociais Interfreguesias.

Os dois projetos têm em vista o desenvolvimento de soluções locais amigas do ambiente que valorizam a poupança de recursos materiais, através do uso partilhado e colaborativo, da reparação e da reciclagem com valor acrescentado.

No caso de Brufe, o projeto “Sem Fim – reciclagem e reutilização de produtos de apoio” pretende ser uma resposta que promova uma solução local de economia circular para a reparação e reutilização comunitária de produtos como camas articuladas, cadeiras de rodas e equipamentos eletrónicos. Para isso, será criada uma oficina para reparação e armazenamento dos produtos, paralelamente será desenvolvida uma plataforma eletrónica de gestão dos materiais e serão desenvolvidas campanhas de sensibilização da população para a doação e recolha dos materiais.

Para a sua execução, ao projeto conta com um conjunto diversificado de parceiros locais que trabalham em rede e que integram a Comissão Social Interfreguesias da área urbana de Famalicão.

Por sua vez, a União das Freguesias de Seide apresentou o projeto “Aldeia Circular”, que tem por objetivos a concretização de um Espaço de Compostagem comunitário, a instalar num terreno público sem utilização, e a criação de um Mercado de Troca por Troca, que visa promover a troca de composto por livros usados, fomentando o envolvimento da comunidade local na dinamização de um modelo de economia colaborativa e de partilha. No Espaço de Compostagem será produzido composto a partir de resíduos orgânicos recolhidos em estabelecimentos locais da pequena distribuição alimentar e restauração. Do composto produzido, uma parte será utilizada numa horta biológica, a outra parte será integrada no Mercado de Troca por Troca, através do qual os cidadão poderão trocar produtos de interesse comunitário, como por exemplo livros usados, pelo composto que necessitam.

De acordo com a candidatura, o projeto tem como objetivo estratégico a implementação de um modelo local de economia circular contribuindo para a diminuição da ocorrência e valorização de resíduos orgânicos da restauração e comércio alimentar, para aumentar o tempo de vida útil de bens, para fomentar a leitura e o desenvolvimento social. Também neste caso, para a concretização do projeto foi constituída uma rede de parceiros diversificada, inserida na Comissão Social Interfreguesias (CSIF) de Avidos, Lagoa, Landim e Seide.

A notícia da aprovação das candidaturas deixou o presidente da Câmara Municipal de Famalicão, Paulo Cunha, “muito satisfeito”, ainda mais porque “os projetos nasceram no seio de duas Comissões Sociais Interfreguesias do concelho, o que demonstra bem o potencial destas estruturas que queremos cada vez mais ativas e comprometidas com os seus territórios numa teia de cumplicidades que tende a dar maior eficácia à gestão da coisa pública.”

Recorde-se que no atual mandato, Paulo Cunha criou um pelouro para o Desenvolvimento Territorial Integrado, com o objetivo precisamente de “aproveitar o trabalho desenvolvido pelas Comissões Sociais InterFreguesias, atribuindo-lhes um novo protagonismo e novas competências de forma a conseguir um desenvolvimento harmonioso de todo o concelho, respeitando a diversidade”.

Famalicão: Ideias empreendedoras e novos negócios na Praça D. Maria II

O empreendedorismo vai estar em destaque esta sexta-feira e sábado, na Praça D. Maria II, em pleno centro da cidade de Famalicão.

Durante estes dois dias, durante a Feira do Empreendedorismo, várias empresas e marcas famalicenses vão dar a conhecer as suas ideias empreendedoras, com conceitos de negócio e produtos inovadores.

O certame contempla, também, o debate e discussão entre empreendedores, jovens, stakeholders, parceiros e investidores. É o que vai acontecer com o Talk que se realiza no primeiro dia sobre «O Futuro das Startups», no auditório da Fundação Cupertino de Miranda, a partir das 17 horas, e que tem como oradores Francine Beleyi, especialista em gestão de marca e estratégia digital, Pedro Rodrigues docente universitário e especializado em marketing estratégico, Bruno Silva, coach e consultor e Teresa Dieguez, especialista em estratégia e empreendedorismo.

O evento tem inscrição gratuita, mas está sujeito a inscrição prévia, que pode ser feita em www.famalicaomadein.pt

Famalicão distinguido com Selo Município da Juventude

No dia 19 de maio, Vila Nova de Famalicão recebeu o Selo Município da Juventude, no II Encontro Nacional de Municípios Amigos da Juventude, que aconteceu na Casa da Arquitetura em Matosinhos. A distinção, atribuída pela Federação Nacional das Associações Juvenis (FNAJ) aos municípios que se destacaram na implementação de políticas em prol da juventude, foi recebida pela vereadora da Juventude, Luísa Azevedo, que também subscreveu, em nome da autarquia, ao pacto INOVE Jovem.

Neste encontro, o município renovou o compromisso com as políticas locais de juventude de qualidade e amigas dos jovens, continuando na Rede Nacional de Municípios Amigos da Juventude, da qual faz parte desde a sua criação, no final de 2020. A continuidade desta presença na rede nacional foi assegurada fruto das de políticas municipais como o Conselho Municipal de Juventude, Plano Municipal de Juventude, apoio direto ao associativismo juvenil, políticas de apoio à iniciativa jovem, plano de investimento direcionado para o setor da juventude, entre outras.

A subscrição do Pacto INOVE jovem, primeiro pacto para as políticas de juventude em Portugal, edificado na Declaração Madeira 2021, no âmbito da Cimeira Atlântica Associativismo e Juventude, que aconteceu na cidade do Funchal em novembro do ano passado, também ficou firmada no dia 19 de maio pelos municípios que compõem a rede nacional. Trata-se de um pacto que visa estabelecer um compromisso entre o Estado Local e Central, partindo da posição política da FNAJ de que as políticas locais de juventude devem ser complementares às nacionais, não se sobrepondo às mesmas e evitando, deste modo, o desperdício de recursos e de energias.

 

Famalicão: S. Mateus vence Taça AF Braga

Na tarde deste domingo, disputou-se a final da Taça Associação Futebol de Braga em futsal, no Pavilhão de Vermoim, saindo vencedor a ADC São Mateus.
A equipa famalicense venceu, 3-1, a equipa Jorge Antunes. Coube ao capitão da equipa, Pedro Ferreira, erguer o troféu.

Hospital de Famalicão: Urgências sobrelotadas e sem vagas no internamento

Devido ao aumento dos casos Covid-19, associado a doentes com outras patologias, as urgências do hospital de Famalicão estão sobrelotadas e não há vagas no internamento.

Ao que a Cidade Hoje conseguiu apurar, a unidade de Vila Nova de Famalicão do Centro Hospitalar do Médio Ave soma 32 internados por Covid-19, sem contar os doentes infetados que aguardam vaga para internamento no serviço de urgência.

Esta situação agrava o tempo de espera daqueles que procuram assistência nesta unidade hospitalar.

 

Famalicão: Novo corte de água agendado para a tarde desta segunda-feira no centro da cidade

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão informou que, na sequência da intervenção que está a ser realizada na rede de abastecimento de água na Praça D. Maria II, existe a necessidade de um novo corte de abastecimento.

O corte vai acontecer entre as 14h00 e as 16h00 com a previsão de que afete os seguintes locais:

-Rua Vasconcelos e Castro;
-Praceta Cupertino Miranda;
-Rua Alves Roçadas;
-Rua Lourenço da Silva Oliveira.

Famalicão: Alterações ao trânsito por motivo de obras no centro da cidade

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão informou que, a partir desta segunda-feira, a Rua Capitão Manuel Carvalho, que liga a Av. Marechal Humberto Delgado à Praça D. Maria II, estará encerrada ao trânsito no âmbito das obras de renovação do Centro Urbano.
Esta intervenção obriga à alteração do acesso do Parque de Estacionamento da Praça D. Maria II, que, agora, fica acessível apenas a partir da Rua do Ferrador ou da Rua José Azevedo Meneses, com saída através da Rua Lourenço da Silva Oliveira que liga à rotunda D. Sancho I.