Candidaturas abertas para Cursos de Especialização Tecnológica em Famalicão

Estão abertas as inscrições para a frequência nos Cursos de Especialização Tecnológica (CET) e nos Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTESP) lecionados no âmbito do Centro Qualifica de Vila Nova de Famalicão no CITEVE – Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário de Portugal, na CESPU – Instituto Politécnico de Saúde do Norte, no CENFIM – Centro de Formação Profissional de Indústria Metalúrgica e Metalomecânica, e nos polos de Famalicão do IPCA – Instituto Politécnico do Cávado e Ave e do IPB – Instituto Politécnico de Bragança.

A primeira fase de candidaturas decorre até 31 de agosto, a segunda fase até 30 de setembro e a terceira, até 14 de dezembro.

Ambos os cursos são de Nível 5, ou seja, são formações pós-secundárias não superiores que visam conferir uma qualificação profissional do Quadro Nacional de Qualificações (QNQ).

Assim, para os CET, podem candidatar-se os titulares de um curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente; os estudantes que tenham obtido aprovação em todas as disciplinas dos 10º e 11.º e tendo estado inscritos no 12º ano, de um curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente, não o tenham concluído. Igualmente, podem candidatar-se titulares de uma qualificação profissional de nível 4, e quem já possua um diploma de especialização tecnológica ou de um grau ou diploma de ensino superior que procure requalificação profissional.

Os estudantes que não sejam titulares de um curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente têm de realizar, caso sejam selecionados, um plano de formação adicional.

Os CET têm a duração aproximada de um ano e meio (18 meses) a que corresponde entre 60 e 90 unidades de crédito.

Estes são cursos totalmente financiados.

Abertas estão também as candidaturas aos CTESP, formações de nível superior que visam conferir uma qualificação profissional de Nível 5 do QNQ e permitem concorrer à matrícula e inscrição no ensino superior através de concurso especial.

Para acederem a estas formações os candidatos têm de possuir o curso secundário ou habilitação legalmente equivalente; tenha sido aprovado nas provas especialmente adequadas para maiores de 23 anos; sejam titulares de um diploma de especialização tecnológica ou de técnico superior profissional; ou sejam titulares de um grau de ensino superior que pretendam a sua requalificação profissional.

Um CTESP tem 120 créditos e a duração de quatro semestres (2 anos), sendo o último em contexto de trabalho. A nível de financiamento, os candidatos podem aceder a bolsas de estudo da Direção Geral de Ensino Superior (DGES).

Estão disponíveis os cursos de: Técnico Especialista em Gestão da Produção (Supervisor de Produção) – Indústria Metalúrgica e Metalomecânica; Técnico/a Especialista em Tecnologia Mecânica; Técnico/a Especialista em Tecnologia Mecatrónica; Técnico/a Especialista em Processos de coloração e acabamentos têxteis; Técnico/a Especialista em Industrialização de produto moda; Bioanálises e Controlo; Gerontologia; Bem Estar e Termalismo; Manutenção e Controlo de Equipamentos Biomédicos; Comunicação Digital; Administração e Negócios; Tecnologia Alimentar; Análise químicas e biológicas; Automação, Robótica e Eletrónica Industrial; Design de Moda; Exportação e Logística.

Inscrições e mais informações junto das entidades acima referidas, através dos seguintes endereços: www.academia.citeve.pt (CITEVE); www.cenfim.pt (CENFIM); www.cespu.pt(CESPU); www.ipb.pt/portaldocandidato (IPB) e www.ipca.pt (IPCA).

Hóquei em patins: FAC fecha campeonato com vitória

Depois de ter garantido, na penúltima jornada, o regresso à 1.ª divisão, a equipa de Vítor Silva terminou a época com uma vitória, 6-8, em casa do CH Carvalhos, em partida disputada este sábado.

O FAC totalizou 68 pontos em 26 jornadas da zona norte do nacional da 2.ª divisão, em resultado de 22 vitórias e apenas 2 empates e outras tantas derrotas. Agora, segue-se a disputa do título nacional frente ao primeiro classificado da zona sul, o CRF Murches, equipa de Cascais.

Hóquei em patins: Riba d´Ave/Sifamir discute promoção à 1.ª divisão a 4 e 11 de junho

Fechada, este sábado, a zona norte do nacional da 2.ª divisão, o Riba d´Ave/Sifamir, segundo da prova, com 64 pontos, depois da vitória, 6-2, sobre o Infante de Sagres, vai disputar o play off de promoção com o Sport Alenquer e Benfica. Os jogos que vão determinar qual destas equipas sobre à divisão maior da modalidade decorrem nos dias 4 e 11 de junho.

Da última jornada da fase regular, a equipa de Raul Meca começou a perder, mas depois do empate de Miccoli não mais largou a frente do marcador. Anderson Nery fez o 2-1, seguindo-se novo golo de Miccoli. Os visitantes reduziram para 3-2, mas antes do intervalo Hugo Barata fez o quarto golo ribadavense. Na segunda parte, mais dois golos: Miccoli aos 7 e Artur Ribeiro aos 24 minutos.

Foto: Marlene Ferreira

 

Ambiente: Espaços verdes de Famalicão contam com uma nova sinalização

O Município de Vila Nova de Famalicão está a sinalizar alguns espaços verdes do concelho com placas informativas que dão conta das novas práticas adotadas no tratamento e manutenção deles.

Estas novas soluções requerem menos recursos, nomeadamente água, que valorizam as espécies autóctones, os insetos polinizadores e o ecossistema e que podem ser reproduzidas em qualquer jardim, informa a autarquia.

Famalicão: Despiste de mota na Av. do Brasil faz um ferido

Pelo menos uma pessoa ficou ferida, na manhã deste domingo, num despiste de mota, em plena Avenida do Brasil, em Gavião, Vila Nova de Famalicão.

O acidente deu-se cerca das 08h00 e para o local foram acionados os Bombeiros Voluntários Famalicenses e a VMER da unidade de Vila Nova de Famalicão do Centro Hospitalar do Médio Ave.

Desconhece-se o tipo de ferimentos da vítima.

Famalicão: Daniela Lopes é campeã nacional de águas abertas

Daniela Lopes, do GD Natação, é campeã nacional júnior de Águas Abertas e consegue o apuramento para o Europeu. O feito foi alcançado este sábado, na prova que decorre em Avis.

Afonso Silva foi quarto no mesmo escalão no campeonato nacional de Águas Abertas.