Ciclista famalicense Daniel Freitas afastado da Volta a Portugal depois de buscas da PJ em sua casa

O diretor da Rádio Popular-Paredes-Boavista confirmou o afastamento de Daniel Freitas da 83.ª Volta a Portugal, depois de a casa do ciclista “axadrezado” ter sido alvo de buscas de manhã, equacionando ainda a rescisão do contrato.

“Confirmo as buscas na casa do Daniel Freitas. Independentemente de não sabermos se foi constituído arguido ou não — não sabemos de nada -, porque só foi ao fim da manhã, decidimos, para já, substituí-lo na Volta a Portugal”, revelou à Lusa José Santos.

Segundo o diretor desportivo da Rádio Popular-Paredes-Boavista, “caso se confirme qualquer facto que se possa considerar ilícito”, Daniel Freitas “é expulso da equipa”. “É rescindido o contrato”, reforçou.

José Santos esclareceu que as buscas realizadas hoje pela Polícia Judiciária no âmbito da operação `Prova Limpa` incidiram apenas sobre o corredor de 31 anos, que no ano passado chegou a vestir a amarela da Volta a Portugal, e não sobre a equipa.

Freitas, que representou a W52-FC Porto entre 2016 e 2018, vai ser substituído no alinhamento da Rádio Popular-Paredes-Boavista para a 83.ª Volta a Portugal, que arranca na quinta-feira em Lisboa, pelo espanhol Guillermo García.

A Polícia Judiciária realizou hoje buscas “em locais ligados a equipas de ciclismo” no âmbito da operação `Prova Limpa`, confirmou à Lusa fonte ligada à investigação, esclarecendo que o objetivo “principal foi a recolha de prova, nomeadamente documentação”.

A mesma fonte detalhou que a PJ “realizou buscas em vários pontos do país, em simultâneo, em locais ligados a equipas de ciclismo, no âmbito da operação `Prova Limpa`”, tendo estas “como objetivo principal a recolha de prova, nomeadamente de documentação e não a detenção de qualquer suspeito”.

As buscas acontecem a dois dias do arranque da 83.ª Volta a Portugal em bicicleta, que estará na estrada entre quinta-feira e 15 de agosto.

No final de abril, 10 corredores da W52-FC Porto foram constituídos arguidos e o diretor desportivo da equipa, Nuno Ribeiro, foi mesmo detido, assim como o seu adjunto, José Rodrigues, no decurso da operação `Prova Limpa`, a cargo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) do Porto.

“A operação policial, envolvendo um total de cerca de 120 elementos provenientes da Diretoria do Norte e ainda das Diretorias do Centro e do Sul, da Unidade Nacional de Combate à Corrupção e dos Departamentos de Investigação Criminal de Braga, Vila Real e Guarda, contou ainda com a colaboração da ADoP”, detalhou a PJ, em 24 de abril, indicando que durante a mesma “foram apreendidas diversas substâncias e instrumentos clínicos, usados no treino dos atletas e com impacto no seu rendimento desportivo”.

A União Ciclista Internacional (UCI) retirou, na semana passada, a licença desportiva à W52-FC Porto, depois de oito dos seus ciclistas, além de dois elementos do `staff` terem sido suspensos preventivamente pela Autoridade Antidopagem de Portugal (ADoP).

Famalicão: A última subida à Torre de Tiago Machado

O ciclista famalicense, que em junho passado assumiu que finda esta época deixará a caravana velocipédica, subiu este domingo, pela última vez, ao alto Torre. Mítica etapa da Volta a Portugal.

Em jeito de nostalgia escreveu nas redes sociais: “A minha última subida ao alto da Torre enquanto ciclista profissional.
Obrigado a todos pelo apoio, em especial à minha família e amigos mais próximos por mais este última ” valeta” da Torre”, agradeceu Tiago Machado.

O famalicense é um dos ícones do ciclismo nacional, tendo cumprido ao longo da sua profícua carreira três edições da Volta a França, cinco à Espanha e duas a Itália. Em representação de Portugal participou em cinco Campeonatos do Mundo. Mas os seus créditos e currículo é bem mais vasto…

Atualmente, e na Volta a Portugal, Tiago Machado corre pela Rádio Popular – Paredes – Boavista.

Foto: Facebook Tiago Machado

Famalicão: Sistema do Museu Bernardino Machado disparou alerta de incêndio que não se confirmou

Os Bombeiros Voluntários Famalicenses foram, na manhã deste domingo, alertados para uma possível situação de incêndio no Museu Bernardino Machado, no centro de Vila Nova de Famalicão.

O alerta terá chegado através do sistema de deteção de incêndio daquele espaço, avançam os soldados da paz.

Chegados ao local, e depois dos trabalhos de reconhecimento, não foi detetado nenhum foco de incêndio, pelo que a Rua Adriano Pinto Basto, no coração da cidade, foi reaberta e a ocorrência dada como concluída.

É de Famalicão jovem que morreu num trágico acidente de viação em Guimarães

É de Vila Nova de Famalicão o jovem que, esta madrugada, faleceu na sequência de um trágico acidente de viação, na vila de Brito, em Guimarães.

A vitima seguia numa viatura que, por razões desconhecidas, entrou em despiste e acabou por ser travada metros depois, na sequência de ter embatido contra um muro e um poste.

Deste sinistro resultaram ainda outros três feridos, considerados ligeiros.

No socorro estiveram Bombeiros de Guimarães e das Taipas, bem como a equipa da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Guimarães.

A GNR tomou conta da ocorrência.

Guimarães: Jovem de 25 anos morre em despiste de carro

Um jovem de 25 anos é a vítima mortal de um despiste automóvel, na EN310, em Brito, Guimarães, ocorrido cerca das 23h50 deste sábado.

A vitima seguia numa viatura que, por razões desconhecidas, entrou em despiste e acabou por ser travada metros depois, na sequência de ter embatido contra um muro e um poste.

Deste sinistro resultaram ainda outros dois feridos, considerados ligeiros.

No socorro estiveram Bombeiros de Guimarães e das Taipas, bem como a equipa da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Guimarães.

A GNR tomou conta da ocorrência.

Famalicão: Ciclista Rui Sabino é campeão nacional

Rui Sabino, ciclista famalicense que alinha na União Ciclismo da Trofa, sagrou-se este sábado Campeão Nacional de Juvenis, nos Campeonatos Nacionais que decorrem no Bombarral.

Rui Sabino foi mais forte no sprint final na prova de 21km e fica para a história como o primeiro Campeão Nacional da categoria.

Rui Sabino não poderia estar mais feliz com a vitória. “A sensação de conseguir esta vitória é muito boa. Só posso agradecer à minha família que esteve aqui hoje a apoiar-me. É muito bom conseguir esta vitória e ser recompensado pelo esforço. É a minha primeira vitória este ano e logo num campeonato nacional. É maravilhoso”.