Confederação de pais pede polícia nas escolas de forma permanente

“A CNIPE sugere ao Ministério da Educação que coloque agentes das forças de segurança pública nas escolas, de forma permanente, de modo a que possam servir como elemento dissuasor e mediador de qualquer tipo de conflito físico, garantindo a segurança de toda a comunidade escolar”, refere a entidade num comunicado.

Esta posição da CNIPE surge na sequência de notícias, “nas duas últimas semanas, e de forma quase diária” de atos de violência, envolvendo não só alunos, mas também professores.

Contudo, a CNIPE cita dados já antigos do Gabinete de Segurança Escolar do Ministério da Educação, segundo os quais o número de ocorrências registadas pelos diretores das escolas desceu de 1.321 no ano letivo de 2013/2014 para 422 no ano letivo de 2016/2017.

A CNIPE analisa, “com base nestes mesmos dados, e de entre os vários tipos de agressões”, que as físicas continuam a representar a maioria das queixas.

“Estes dados reportados pelos diretores contradizem, de alguma forma, as últimas notícias. No entanto, foi disponibilizada, este ano letivo, uma plataforma ‘online’ para que os diretores das escolas possam denunciar, de uma forma mais célere, os atos de ‘bullying’ nas escolas”, acrescenta.

A CNIPE “lamenta profundamente todos estes atos, entendendo que tudo deverá ser feito para minimizar ou, idealmente, acabar, com este tipo de comportamentos e atitudes”.

“Não basta os diretores escreveram na plataforma. Os casos devem ser, desde logo, mediados e tratados através de procedimentos disciplinares e com recurso às forças de segurança pública”, sublinha a confederação.

Famalicão: “Conferências da Educação” celebra Dia Internacional da Cidade Educadora

Esta quarta-feira comemora-se o Dia Internacional da Cidade Educadora e o Município de Vila Nova de Famalicão, em parceria com a Federação Concelhia das Associações de Pais, a CESPU – Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário e o Centro Formação de Associação de Escolas de Vila Nova de Famalicão, assinala a data com mais uma sessão do 4.º Ciclo de Conferências da Educação.

O debate centra-se nas ”Cidades plurais: integrar e valorizar a multietnicidade”, tendo Lurdes Teixeira, socióloga e mestre em Relações Interculturais, como oradora convidada. José Leite e Ademar Carvalho, técnicos do pelouro da Interculturalidade e Integração do Município, são os outros intervenientes no debate, que decorre a partir das 21 horas, no auditório da CESPU.

As inscrições para a Conferência podem ser feitas em http://www.famalicaoeducativo.pt/.

O Dia Internacional da Cidade Educadora é uma celebração que tem como objetivo criar consciência sobre a importância da Educação e dar visibilidade ao compromisso dos governos locais para a destacar como vetor gerador de bem-estar, convivência, prosperidade e coesão social.

Este ano, a celebração tem como tema “Cidade Educadora, cidade de paz e oportunidades”.

Famalicão: Dois detidos por condução sob o efeito do álcool

Este fim de semana, a PSP deteve, na cidade de Vila Nova de Famalicão, dois condutores com 56 e 26 anos de idade, por condução de veículo automóvel com taxa de alcoolemia superior à permitida por lei.

Submetidos aos testes, acusaram, respetivamente, uma TAS de 1,79 e 1,69 g/l no sangue. Os detidos foram notificados para comparecerem junto do Tribunal de Famalicão.

Famalicão: Rui Batista treina Dumiense

O técnico famalicense, Rui Batista, é o novo treinador do Dumiense, equipa do campeonato de Portugal.

Rui Batista, que já treinou o Ribeirão e os juniores do Famalicão, tem como adjuntos Luís Teixeira, Tiago Salgado, Luís Barbosa e o treinador de guarda redes, Pedro Almeida.

Famalicão: A Praça-Mercado vai transmitir os jogos da Seleção no Mundial de Futebol

A Praça-Mercado de Famalicão vai ser o estádio do Mundial de Futebol em Vila Nova de Famalicão. No espaço serão transmitidos, em ecrã gigante, todos os jogos da competição que começa este domingo, 20 de novembro, no Catar.
Realce para a fase de grupos da Seleção Nacional: no dia 24 de novembro pode ver o jogo entre Portugal e o Gana, às 16 horas; no dia 28, às 19 horas, o confronto com o Uruguai; e a 2 de dezembro, às 15 horas, o jogo com a Coreia do Sul.

Greves na educação, saúde, transportes e recolha de lixo

Estão marcadas, para os próximos dias, greves em vários setores, que ameaçam parar o país.

Na educação, há greve dos professores marcada pela Fenprof. Dependendo da adesão, esta greve pode afetar também os pais com filhos menores.

A saúde será também afetada, mas não apenas esta sexta-feira. Os enfermeiros iniciaram esta quinta-feira uma greve de três dias, que se prolongará também a 22 e 23 de novembro. O anúncio foi feito depois de uma reunião negocial com o Ministério da Saúde, em causa a progressão na carreira. Quem reivindica também “falta de resposta” por parte do governo devido à questão das “horas extraordinárias” são os técnicos de diagnóstico e terapêutica, por isso anunciaram também a realização de concentrações e uma greve para esta sexta-feira.

No que diz respeito aos transportes, os trabalhadores da Metro Transportes do Sul (MTS) iniciaram na quarta-feira uma greve que se prolongará até sábado. Exigem a abertura de negociações, aumentos salariais e progressão na carreira.

A recolha de lixo é também um setor afetado, mas mais na Área Metropolitana do Lisboa.

 

Famalicão: Dois detidos por conduzirem sem carta

Durante este fim de semana, a PSP deteve dois condutores, 42 e 46 anos de idade, por não possuírem qualquer documento que os habilitasse para o exercício da condução.

Os detidos foram notificados para comparecerem junto do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão.