Conservatória do Registo Predial precisa de mais espaço e de rejuvenescer o seu quadro do pessoal

Jorge Paulo Oliveira, deputado à Assembleia da República, prossegue visitas aos serviços públicos estatais no concelho de Vila Nova de Famalicão.

A Conservatória do Registo Predial e Comercial de Vila Nova de Famalicão, a caminho de duas décadas em instalações provisórias e arrendadas, precisa de mais espaço e de aumentar o seu quadro de pessoal. Estas foram as principais necessidades apontadas pela sua Conservadora, na reunião de trabalho, ocorrida hoje de manhã, com o deputado social democrata que esteve acompanhado de Luís Barroso, dirigente concelhio da JSD.

Para a Dra. Maria José Valadas, a celeridade na prestação do serviço público aumentaria se o quadro de pessoal fosse reforçado e rejuvenescido. Segundo a Conservadora, o atual quadro de pessoal conta com 16 funcionários. Sucede, porém, que estão de baixa médica prolongada 5 funcionários, pelo que, na prática, a Conservatória do Registo Predial e Comercial de Vila Nova de Famalicão, tem hoje metade dos funcionários que já teve noutros tempos. A situação agrava-se nesta altura do ano, com o gozo de férias dos funcionários. O atraso na elaboração dos registos, sobretudo ao nível do predial, necessariamente irá aumentar.

Uma outra preocupação a reter é a circunstância do quadro de pessoal estar também bastante envelhecido, sendo expetável, a curto e médio prazo, a passagem à situação de reforma de muitos funcionários. “Se nada for feito, e não foram apontadas soluções pela tutela até este momento”diz Jorge Paulo Oliveira “vamos ser confrontados a breve trecho com problemas graves na oferta deste serviço público que se quer de qualidade”.

Se o recrutamento e formação de funcionários são sempre mais difíceis e demorados, há medidas simples de concretizar que melhorariam a qualidade do serviço. “A transferência do arquivo do registo comercial que está todo informatizado libertaria imenso espaço e permitiria organizar melhor o restante aquivo facilitando e acelerando a sua consulta” afirma Jorge Paulo Oliveira, assegurando, tal como lhe fora transmitido pela Conservadora, “que essa transferência do arquivo pode ser feita para qualquer ponto do país” sugestão que se comprometeu levar ao conhecimento do governo na pessoa da ministra da Justiça.

“É urgente que o governo invista nos serviços públicos. Em Vila Nova de Famalicão esse investimento não está a ser feito. A falta de condições das instalações da Conservatória do Registo Civil ou o caos que se vive no Serviço Local da Segurança Social, são apenas os mais visíveis. Essa falta de investimento, não sendo tão dramática, como naqueles dois casos, é sentida, sem exceção, em todos os serviços da administração central” afirma o deputado famalicense do PSD que tem visitado os serviços públicos existentes no município sob a tutela do governo.

Famalicão: Procissão de velas a Nossa Senhora de Fátima na Carreira

Na noite deste sábado, depois da eucaristia das 20h30, a comunidade paroquial da Carreira promove uma procissão de velas em honra de Nossa Senhora de Fátima.
A procissão parte da rua da Igreja, prosseguindo pela nacional 204/5, seguindo, depois pelas ruas Aldeia Nova, Maravilhas e Outeiro; passa, ainda, pela travessa do Outeiro, ruas da Escola, da Aldeia, Tojeiras e Aldeia Nova, novamente EN 204/5 e, por fim, rua da Igreja.

Conheça o onze do FC Famalicão para a final da Taça de Portugal Feminina

Já há onze do FC Famalicão para a disputa da final da Taça de Portugal, partida que começa às 17h15, com relato na CIDADE HOJE, a partir do Estádio Nacional.

Para este momento histórico, o treinador Jorge Barcellos escalonou Aline Lima, Sara Monteiro, Laís Araújo, Dani, Regina Pereira (cap), Mariana Azevedo, Tipa, Vânia Duarte, Paty Llanos, Raquel Fernandes e Ana Capeta.

No banco estão Mariana Lima, Maria Miller, Carol, Babi, Mariana Campino, Érica Bispo e Telma Pereira.

O jogo terá a arbitragem a cargo de Ana Afonso, sendo assistentes Cátia Tavares e Cristina Costa, com o auxílio de vídeo-árbitro (Rui Oliveira).

O Sporting alinha com Bacic, Joana Marchão, Bruna Lourenço, Davidson, Brenda Perez, Fátima Pinto (cap), Andreia Jacinto, Diana Silva, Carolina Beckert, Vera Cid e Mariana Rosa.

Famalicão: Chefs de cozinha homenageados pelo Rotary Club

Os Chefs famalicenses Álvaro Costa, Lígia Santos e Renato Cunha foram homenageados pelo Rotary Club de Famalicão.

Esta homenagem profissional «a três distintos representantes da restauração e gastronomia do concelho», decorreu na noite de quinta-feira passada, em sessão que contou com a presença do presidente da Câmara Municipal, Mário Passos.

O Rotary justifica esta homenagem pelo contributo que têm dado «na projeção do concelho na área do turismo. Todos eles alcançaram projeção local e nacional, desenvolvendo as suas atividades empresariais com elevado profissionalismo, com dedicação, com abnegação, norteados pelos princípios da ética profissional e pelo elevado espírito humanitário», destacou Francisco Freitas, presidente do Club famalicense.

Na cerimónia, que contou com a presença da comunidade rotária famalicense, familiares e amigos dos homenageados, para além de Mário Passos, marcaram ainda presença Ademar Carvalho, o presidente do Lions Club de Famalicão, José Lacerda, e o presidente da Escola Superior de Hotelaria e de Turismo, Flávio Ferreira.

 

 

Famalicão: Procissão a Nossa Senhora de Fátima em Seide S. Miguel

Na reta final do mês de Maria, a comunidade paroquial de S. Miguel de Seide realiza, na noite deste sábado, uma procissão em honra de Nossa Senhora de Fátima
A procissão de velas sai depois da eucaristia das 20h30 e tem o seguinte percurso: Rua da Seara, Rua Raquel Castelo Branco, Rua da Tapada, Rua N. Sra de Fátima, Rua Joaquim José Sousa Guimarães, Av. de S. Miguel e Igreja.
Este é «mais um momento de devoção da nossa comunidade».

É por este troféu que o FC Famalicão joga e os famalicenses viajaram mais de 350km

O Futebol Clube Famalicão cumpre, este sábado, um dos momentos mais marcantes dos seus 90 anos de história. A equipa feminina, projeto iniciado em 2019, disputa a final da Taça de Portugal, tendo como adversária o Sporting, um dos emblemas maiores da modalidade em Portugal.

Apoio não faltará à equipa. Rumo a Oeiras, onde está o Estádio Nacional, 17 autocarros transportaram mais de 1000 adeptos, sendo que outros viajaram em carros particulares.

A alegria famalicense já se faz sentir nas imediações do Jamor, todos a sonhar que no regresso venha algo mais com eles: a Taça de Portugal.

CIDADE HOJE está, desde a primeira hora, a acompanhar este momento histórico do FC Famalicão. Siga-nos nas várias plataformas e saiba o que está a acontecer antes, durante e depois do jogo que começa às 17h15.

A final da Taça ainda não começou, mas famalicenses já conquistaram o Estádio Nacional

A comitiva famalicense já está no Estádio Nacional. A poucas horas da final da Taça de Portugal Feminina, cerca de 1.500 adeptos, vestidos a rigor, fazem a festa no espaço circundante ao palco maior do futebol nacional, proporcionando um ambiente festivo, como que antecipando uma vitória que todos anseiam.

O jogo, que já faz parte da história do FC Famalicão, está marcado para as 17h15, diante do Sporting, equipa com outros pergaminhos na modalidade. No entanto, e para já, na animação os famalicenses já vencem de forma destacada.

Enquanto aguarda para se juntar à equipa, o presidente do clube, Jorge Silva, almoçou e confraternizou com os adeptos.