Covid-19: GNR e PSP detiveram 74 pessoas e encerram 248 estabelecimentos desde 03 de abril

A GNR e a PSP detiveram 74 pessoas por desobediência e encerraram 248 estabelecimentos, desde a renovação do estado de emergência devido à pandemia, a 03 de abril, e até às 17:00 de hoje, anunciou o Governo.

De acordo com a informação divulgada hoje pelo Ministério da Administração Interna (MAI), as autoridades detiveram 74 cidadãos por desobediência, das quais 21 foram detidas por “desobediência à obrigação de confinamento obrigatório”, 32 por desobediência ao “dever geral de recolhimento obrigatório” e 11 por violarem a cerca sanitária de Ovar.

Também foram detidas nove pessoas por desobedecerem ao encerramento de estabelecimentos e uma por resistência às autoridades.

Estas detenções foram registadas desde a renovação do estado de emergência, em vigor desde as 00:00 de 03 de abril, decretado por causa da pandemia da doença provocada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2) e até às 17:00 desta sexta-feira.

O MAI acrescenta que durante este período foram encerrados 248 estabelecimentos por “incumprimentos das normas estabelecidas”.

A tutela lembra que durante o estado de emergência que vigorou entre 22 de março e 02 de abril registaram-se “108 detenções por crime de desobediência e foram encerrados 1.708 estabelecimentos comerciais”.

Famalicão: Dois homens detidos por furto de automóveis

Esta quarta-feira, a GNR deteve, no concelho de Famalicão, dois homens, de 28 e 31 anos, ambos com antecedentes criminais, por furto de veículos automóveis.

A detenção decorreu no âmbito de uma denúncia de furto de veículo que levou os militares a localizar e deter os suspeitos, que se encontravam na posse de um automóvel que tinha sido furtado em Vila do Conde. Realizadas as respetivas diligências, foi apurado que nesse mesmo dia os dois homens já tinham furtado outros dois veículos no distrito de Aveiro.

Os veículos foram devolvidos aos legítimos proprietários e os detidos, com antecedentes criminais por crimes da mesma natureza, foram constituídos arguidos. Os factos foram comunicados ao Tribunal de Famalicão.

Greve dos trabalhadores da IP vai afetar circulação de comboios nos dias 1, 3 e 5 de agosto

A organização sindical representativa dos trabalhadores da IP – Infraestruturas de Portugal (gestor da infraestrutura ferroviária) convocou uma greve para os dias 1, 3 e 5 de agosto e a Comboios de Portugal (CP) prevê «fortes perturbações» na circulação.

Em comunicado, a CP reporta que, «por motivo de greve convocada por organização sindical representativa dos trabalhadores da IP – Infraestruturas de Portugal preveem-se fortes perturbações na circulação de comboios, a nível nacional, em todos os serviços, nos dias 1, 3 e 5 de agosto de 2022».

Está prevista a realização de serviços mínimos nos dias da greve, sem prejuízo de poderem ser realizados comboios adicionais, cuja lista pode ser consultada em www.cp.pt

Famalicão: Detido com 2,25 g/l no sangue

A PSP deteve, este fim de semana, um homem que conduzia embriagado, com uma taxa de alcoolemia muito superior à permitida por lei.

Submetido ao teste, o condutor de 35 anos, acusou uma TAS de 2,25 g/l no sangue.

Foi notificado para comparecer no Tribunal.

Famalicão: Jovem detido no Porto por tráfico de droga

Um jovem de 23 anos, estafeta e residente em Famalicão, foi detido pela PSP, esta quarta-feira, com duas doses de cocaína e 37 de heroína, na avenida da Boavista, na cidade do Porto.

No mesmo dia, dois homens de 45 e 53 anos, um operário da construção civil e desempregado, respetivamente, foram detidos com 64 doses de heroína, no bairro da Pasteleira Nova, também na cidade do Porto. Um dos detidos é residente em Famalicão e outro em Barcelos.

Detido homem suspeito de vários furtos em Famalicão

Numa investigação que decorria desde o verão de 2021, o Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da GNR de Barcelos deteve, na terça-feira, um homem de 50 anos suspeito de 35 furtos no distrito de Braga, a maioria em Famalicão.

Em comunicado, a GNR adianta que «os militares da Guarda apuraram que o suspeito era o autor de abastecimentos com fuga, furtos em viaturas, furtos em interior de residências e furtos em instituições. No âmbito das diligências de inquérito foi possível apurar-se que o suspeito esteve envolvido em, pelo menos, 35 furtos nos últimos meses, no distrito de Braga, com maior incidência no concelho de Vila Nova de Famalicão».

Segundo a GNR, foram apreendidos no veículo bidões para transporte de combustível, luvas e passa montanhas, diversos artigos de vestuário utilizado na prática dos furtos e ferramentas utilizadas para arrombamento de portas e janelas.

O detido, com antecedentes criminais por ilícitos da mesma natureza, será presente, esta quinta-feira, ao Tribunal Judicial de Famalicão, para aplicação das medidas de coação

Famalicão: Mais um detido por conduzir sem carta

Na noite desta terça-feira, pelas 22H45, na cidade de Vila Nova de Famalicão, a PSP deteve um jovem, de 23 anos, que conduzia veículo automóvel sem estar habilitado para tal

Trata-se do quatro detido, em iguais circunstâncias, em 24 horas. Recorde-se que na segunda-feira, a PSP deteve três pessoas, com 29, 54 e 55 anos de idade, que conduziam sem a respetiva carta de condução.