Cultura, desporto, economia e juventude na Semana Internacional de Famalicão

A Câmara Municipal de Famalicão organiza, de 17 a 24 de outubro, a Semana Internacional, com muitas atividades focadas em quatro áreas: cultura, desporto, economia e juventude.

Para dinamizar estas atividades foram convidadas pessoas e instituições internacionais, como universidades e consulados. Uma delegação de 40 jovens de universidades de Liverpool e Lille vêm conhecer as empresas famalicenses. A comunidade imigrante em Famalicão (chineses, brasileiros, angolanos) vai juntar-se na Praça D. Maria II, no dia 19 de outubro. Nesta semana está também incluído o Congresso Mundial do Têxtil.

Segundo o vereador da Economia e Internacionalização, Augusto Lima, o objetivo desta semana internacional é, essencialmente, a diplomacia económica. «Tem o ponto alto nesta semana, mas é um trabalho que fazemos de forma contínua», sublinha o autarca.

FC Famalicão vence nos quartos de final da Taça da Liga

A equipa feminina do FC Famalicão venceu, na tarde deste domingo, o Lank Vilaverdense, por 3-1.

Na Academia e no primeiro jogo dos quartos de final da Taça da Liga, o Famalicão foi claramente superior em todos os momentos do jogo e só deve a si um resultado bem mais folgado.

Os três golos famalicenses foram apontados na primeira parte, por Laís Araújo, Pati e Alidou, em resultado de uma boa exibição.
O Lank Vilaverdense esboçou, nos primeiros minutos da segunda parte, uma reação e fez um golo.

Até final, a equipa treinada por Miguel Afonso desperdiçou mais algumas oportunidades para dilatar o marcador.

Famalicão: Já há programa para mais um Festival Teatro Construção

A ATC já tem definido o programa do trigésimo quinto Festival Teatro Construção. De 8 a 30 de outubro, o Centro Cultural de Joane vai receber vários espetáculos, sendo que a abertura, às 21h30 é pelo Chapitô (Lisboa), com “Antígona 3 por 3.5”. No dia seguinte, às 17h30, pela portuense Historioscópios pode ver “A Caixa dos Nove Lados”.

Depois, e até 30 de outubro, o programa é o seguinte:

15 de outubro, 21.30, Curiosidade dos Anjos – Bruxa Teatro (Évora)

16 de outubro, 17.30h, Mãos de Sal – Mandrágora (Espinho)

22 de outubro, 21.30, Primavera – Fértil Cultural (Vila Nova de Famalicão)

23 de outubro, 17.30h, Germinação – Teatro de Montemuro (Castro Daire)

29 de outubro, 21.30, A Visita – Teatro Invisível (Lisboa)

30 de outubro, 17.30h, Lobo Mau – Red Cloud (Aveiro)

O festival também contempla oficinas. No dia 9 de outubro, às 10 horas, Histórias de pais e filhos; na tarde, 15 horas, do dia 19, Dramatização de histórias infantis para profissionais; e, por último, às 10 horas do dia 23 de outubro, há uma oficina Do Pé pra Mão.

 

Famalicão: Nova direção do 1⁰ de Maio anuncia obras

Tomaram posse, na noite desta sexta-feira, os novos órgãos sociais do 1⁰ de Maio, popular coletividade da Requião.

Domingos Lopes, sócio número 2 da associação, é o presidente da direção. Durante os dois anos de mandato dá prioridade à reabilitação dos balneários e espaço social. A primeira fase será mesmo os balneários, já este ano, havendo a garantia do apoio da Câmara Municipal, no valor de 45 mil euros.

Outro dos projetos é a reativação do atletismo. A associação foi responsável, durante muitos anos, pela realização de uma das S. Silvestres mais conceituadas e antigas do país, e Domingos Lopes quer recuperar a modalidade. Ainda no desporto, o futsal é para continuar e incrementar.

Na Assembleia Geral preside José Lopes e o Conselho Fiscal está a cargo de António Miranda.

 

Famalicão: Rosinha canta em Seide S. Miguel na noite deste sábado

Estão a decorrer, desde esta sexta-feira, as festas em honra de S. Miguel que têm como cabeça de cartaz Rosinha, que dá concerto na noite deste sábado, às 22h30.

As festividades em S. Miguel de Seide começam hoje com a atuação de Liliana Oliveira, às 21h30, e o DJ Assis Martim, às 23 horas. No sábado, às 14 horas, entrada da fanfarra dos escuteiros de Seide e, às 20 horas, decorre uma cerimónia religiosa, seguida de procissão de velas. A noite será, ainda, preenchida, com o espetáculo de Rosinha, terminando com uma sessão de fogo de artifício.

No domingo, dia 25, às 11 horas, celebra-se a missa solene; às 14 horas, decorrem mais cerimónias religiosas, incluindo uma procissão eucarística. Às 17 horas, atuam os 4 Mens. No dia 29, às 19 horas, celebra-se missa em honra de S. Miguel.

Festival de Cinema de Famalicão presta homenagem a Soraia Chaves

O Ymotion – Festival de Cinema Jovem de Famalicão presta homenagem à atriz Soraia Chaves, na sessão de encerramento que decorre no dia 26 de novembro.

Recorde-se que o Ymotion – Festival de Cinema Jovem de Famalicão realiza-se de 21 a 26 de novembro, na Casa da Juventude, no Centro de Estudos Camilianos e na Fundação Castro Alves, em Vila Nova de Famalicão.

«Importa celebrar os nossos maiores talentos. Soraia Chaves é um exemplo feliz de um caso de evolução e consistência. Mais importante, uma atriz em plena atividade, algo que se torna importante realçar. Ao longo destes anos, este festival mantém a coerência de prestar tributo aos atores que estão em atividade e servem como exemplo para os mais novos», destaca o comissário do festival, Rui Pedro Tendinha.

A estreia da atriz na sétima arte aconteceu em 2005, com o papel da protagonista Amélia no filme «O Crime do Padre Amaro», de Carlos Coelho da Silva. A sua interpretação no filme, que foi um sucesso em Portugal, dando-lhe fama imediata e captando a atenção nacional. Seguiram-se mais de 13 longas-metragens, entre elas, «Call Girl» (2007), que lhe valeu o Prémio de Melhor Atriz nos Globos de Ouro de 2007, e «A Bela e o Paparazzo» (2010) de António-Pedro Vasconcelos, que se revelaram dois sucessos de bilheteira. Mais recentemente, fez parte do elenco de «Linhas de Sangue» (2018), de Manuel Pureza e Sérgio Graciano.

Soraia Chaves tem integrado também o elenco de vários projetos televisivos, como «A Vida Privada de Salazar» (2009), com o qual recebeu o Globo de Ouro para Melhor Atriz em 2009, «3 Mulheres» (2018-2022) onde interpretou o papel da escritora Natália Correia ou «A Generala» (2020), série que protagonizou assumindo a personagem de Maria Luísa Paiva Monteiro, uma mulher que decide desafiar todas as regras, afrontando a sociedade patriarcal nas décadas de 60 a 90, e a luta pela liberdade e pelos direitos e privilégios que, à data, estavam reservados quase exclusivamente aos homens.

Ao longo dos últimos anos, o festival Ymotion, que já carimbou Vila Nova de Famalicão como a Capital do Cinema Jovem Português, mantém a sua aposta na valorização do ator no panorama cinematográfico, celebrando os maiores talentos nacionais, prestando-lhes tributo e reconhecimento público pelo seu percurso profissional.

«Para além de estarmos a dar palco a jovens talentos nacionais, através da competição de curtas-metragens e das inúmeras atividades em torno da temática junto das camadas mais jovens, desenvolvidas ao longo do ano, também é dado espaço para homenagear a carreira de grandes atores e atrizes nacionais, como valorização e promoção do talento», sublinha o presidente da Câmara Municipal, Mário Passos relativamente à importância do festival.

Recorde-se que está em curso o open call da competição de curtas-metragens do Ymotion 2022. As inscrições e candidaturas à competição da 8.ª edição do Festival de Cinema Jovem de Famalicão decorrem até 14 de outubro; um festival que inclui prémios pecuniários que vão até aos 2500 euros.