Economia: Mercadona fechou 2020 com vendas de 186 milhões de euros nos 20 supermercados que abriu em Portugal

A cadeia espanhola Mercadona, empresa de supermercados físicos e de venda online, está a expandir-se em Portugal e brevemente abre uma loja em Famalicão, junto ao Estádio Municipal.

Na apresentação anual de resultados, declara que em 2020 tinha em Portugal 20 lojas, que representavam uma faturação de 186 milhões de euros e um investimento de 113 milhões de euros. Estes espaços de venda de produtos tinham nas suas fileiras 1700 trabalhadores.

Metade das lojas em Portugal, ou seja dez, foram abertas no ano transato, em plena pandemia. Estas lojas representaram mais 800 postos de trabalho.

Em 2021 prevê abrir mais 9 lojas no país, com a finalidade de dar continuidade ao seu projeto de expansão em Portugal. Significa um investimento de mais 150 milhões de euros e o recrutamento de 500 colaboradores com contrato efetivo.

Nos espaços abertos, a Mercadona criou, em 2020, mais cinco mil novos postos de trabalho e faturou 26.932 milhões de euros, mais 5,5 % que no ano anterior.

No que diz respeito a investimento, aplicou mais 1500 milhões de euros para acelerar a transformação e impulsionar um modelo de empresa digital, produtiva e sustentável. Um exemplo dessa transformação digital é o reforço do modelo online. Está, também, a implantar nos seus supermercados a nova secção de pronto a comer.

Os responsáveis reconhecem que o ano de 2020 foi «duro e complexo»; ainda assim, conseguiram a melhor gestão da sua história, «graças às 95.000 pessoas que formam o Projeto Mercadona, as quais demonstraram, com o seu esforço e capacidade de superação, que é nos momentos excecionais que surgem as pessoas excecionais».

Ano de 2020 foi um desafio para os supermercados

O ano de 2020 foi difícil para a saúde, devido à pandemia, e os supermercados tiveram que implementar medidas para continuarem a funcionar em segurança. Em 36 horas adaptou os seus mais de 1.600 supermercados e restantes instalações logísticas, colmeias (armazéns exclusivos para a venda online) e escritórios, com dois objetivos principais: proteger a saúde e a segurança de todos: clientes e colaboradores. Foram tomadas mais de 100 iniciativas, com um custo de 200 milhões de euros.

Para garantir a saúde e a segurança, a empresa forneceu elementos de higiene e prevenção, como gel desinfetante, papel e luvas, e aumentou os processos de desinfeção e limpeza. Além de proporcionar aos colaboradores máscaras e óculos de proteção e instalar nas caixas barreiras de proteção de acrílico.

Graças ao envolvimento da equipa, a empresa pôde superar, desde o início da pandemia, os diferentes cenários que enfrentou. Por isso, no mês de abril de 2020, e para reconhecer o esforço extraordinário que as 95.000 pessoas fizeram em prol dos clientes, foi distribuído um prémio extraordinário de 43 milhões de euros.

Além disso, foram adiantados pagamentos a fornecedores e facilitou o acesso a financiamento, contribuindo para garantir o abastecimento e a estabilidade de uma equipa conjunta de mais de 600.000 pessoas. Uma forma de retribuir ao fornecedor todo o esforço constante para continuar a sua atividade e ajudar a que a roda da economia não parasse.

Consciente das dificuldades da população mais desfavorecida, a Mercadona fez a maior doação de alimentos realizada até à data: 17.000 toneladas de produtos durante estes doze meses a cantinas sociais, bancos alimentares e outras instituições de solidariedade, das quais 15.800 foram distribuídas em Espanha e 1.200 em Portugal. Estas doações implicaram duplicar as realizadas em 2019 e foram distribuídas por 290 cantinas sociais, mais de 60 bancos alimentares e outras entidades sociais e instituições de solidariedade. Além disso, a empresa prestou outras ajudas especialmente relevantes, como as entregas de alimentos e produtos de limpeza levadas a cabo nos Centros de acolhimento Temporário para doentes COVID-19 no norte de Portugal.

Estes resultados foram apresentados em conferência de imprensa, em Valência, Espanha, por Juan Roig, presidente da Mercadona.

Americana reforça FC Famalicão

Madison Gear é o novo reforço do FC Famalicão para a segunda volta da Liga BPI. A média tem 22 anos e é natural do Texas, Estados Unidos da América.

Madison chega do programa de futebol da Universidade de Houston para cumprir o sonho de jogar na Europa, começando no FC Famalicão.

A equipa treinada por Marco Ramos joga este sábado, às 11 horas, na Academia. O Marítimo é o adversário e o jogo é o segundo da segunda volta do campeonato nacional de futebol feminino.

Credithora oferece cartão com 250€ a quem recorrer aos serviços de intermediação de crédito

Se vai comprar ou construir casa e precisa de financiamento, se precisa renegociar ou consolidar o seu crédito, saiba que encontra na empresa famalicense CREDITHORA a solução para todas essas questões.

A CREDITHORA é especialista em contratos de crédito aos consumidores, prestando todo o acompanhamento e apoio na hora de celebrar ou renegociar um crédito. Para além disso, e de forma a poder ajudar todas as famílias, a CREDITHORA dispõe de um serviço de consultadoria gratuita na intermediação de crédito.

Até ao final deste mês de fevereiro, ao recorrer aos serviços da CREDITHORA (crédito habitação, construção, transferência de crédito, auto construção), exclusivamente por e-mail geral@credithora.pt ou pelo contacto 912 971 210, pode usufruir de um cartão de 250 euros para gastar em qualquer loja Worten do território nacional. Esta é uma oferta direta, válida para todos os clientes e sem concurso / passatempo.

Pode saber mais sobre esta campanha no facebook ou instagram da CREDITHORA .

A CREDITHORA está localizada em plena Avenida Marechal Humberto Delgado, 263 1ºDt Frente, em Vila Nova de Famalicão. Todos os serviços estão disponíveis para consulta no site credithora.pt.

Famalicão: FAC vai a Cascais e Riba d´Ave fica em casa

O campeonato Placard Hóquei prossegue este sábado, com a realização da jornada 16, que reserva a deslocação do FAC ao reduto do Murches, penúltimo classificado, com 8 pontos, enquanto que o Famalicense é oitavo, com 17 pontos. Esta partida está marcada para as 16 horas.

Já o Riba d´Ave/Sifamir joga em casa, às 18h30, tendo como adversária a Juventude de Viana, última da classificação, com 7 pontos. Os ribadavenses encontram-se na décima posição, com 13 pontos.

Famalicão: Símbolos da Jornada Mundial da Juventude nos BV Famalicenses

O quartel da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Famalicenses recebe, este sábado, pelas 21h30, a peregrinação dos símbolos da Jornada Mundial da Juventude.

A Cruz peregrina e o ícone de Nossa Senhora Salus Populi Romani, símbolos deste encontro mundial que decorre em agosto, em Lisboa, passam no quartel onde os efetivos da corporação estarão em formatura.

 

Famalicão: Segunda-feira arrancam as obras de recuperação da Bacia do Ave

O presidente da Câmara Municipal de Famalicão, Mário Passos, e o vice-presidente da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), José Pimenta Machado, assinalam esta segunda-feira, dia 6 de fevereiro, o arranque das obras de recuperação e valorização hidrográfica da Bacia do Ave, com uma passagem no Rio Pelhe.

Recorde-se que a autarquia famalicense viu aprovada uma candidatura, no valor de 1.2 milhões de euros, para a recuperação e valorização dos rios Ave, Pelhe, Guisande e do ribeiro de Beleco, em Ribeirão. A primeira intervenção a realizar no âmbito deste projeto arranca no rio Pelhe e será executada pela empresa Ambiflora.

Refira-se que o projeto de recuperação e valorização hidrográfica da Bacia do Ave prevê a renaturalização de ribeiras em espaço urbano, sobretudo com a estabilização do seu leito; a estabilização das margens e a beneficiação de habitat para espécies ribeirinhas em domínio hídrico; a melhoria das condições de escoamento e desobstrução da rede hidrográfica; a mitigação dos efeitos das cheias; a reabilitação de infraestruturas degradadas, a contenção de espécies invasoras e o reforço dos sistemas de monitorização da qualidade da água. A intervenção abrange uma extensão total de cerca de 20 quilómetros, atravessando zonas agrícolas/florestais e aglomerados urbanos, com incidência nas freguesias de Ribeirão, Fradelos, Lousado, UF de Vila Nova de Famalicão e Calendário, UF de Esmeriz e Cabeçudos e UF de Arnoso e Sezures.

A candidatura foi apresentada em parceria com a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e é financiada pelo Portugal 2020, no âmbito do COMPETE 2020, no montante de 1.285.283,60 euros, dos quais 1.284.990,00 são provenientes do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Famalicão: Tradicional desfile de Carnaval de Santa Eulália é no dia 19 de fevereiro

A Associação Desportiva e Cultural de Arnoso Santa Eulália realiza o tradicional desfile de Carnaval no dia 19 de fevereiro, com início pelas 15 horas, junto ao café Extremo.

O corso percorre várias ruas da freguesia, terminando no salão polivalente da associação.

Este desfile tem colaboração da Junta de Freguesia e da Câmara Municipal.