Famalicão: Aberto Alçapão para a cultura na freguesia de Requião

As instalações do 1.º de Maio, popular coletividade sediada em Requião, é palco de um novo projeto cultural. O Alçapão – Academia de Teatro, Educação e Cultura é uma reminiscência de um grupo de amigos que, outrora e com a distância de cerca de 30 anos, entendeu recuperar um projeto cultural também desenvolvido no 1.º de Maio.

O tempo trouxe-os de volta «para dar um novo contributo cultural à nossa terra, concelho e, quem sabe à região», prometeu José Lopes na apresentação do Alçapão, que decorreu na noite do passado sábado.

Houve, para sinalizar a ocasião, um belo sarau cultural que fez prova do que a associação já é capaz de fazer. «Uma agradável surpresa», viu o vereador da Cultura da Câmara Municipal, Pedro Oliveira, que teve a seu lado o vereador da Educação, Augusto Lima.

A entrada para este Alçapão pode ser por via do teatro, da música ou, até mesmo, pela dança, mas também por «outras artes performativas que queremos, no futuro, colocar ao serviço da comunidade», avisa o dirigente José Lopes.

O espaço que agora ocupam no 1.º de Maio «é a nossa zona de criação para, depois, a levarmos para fora». E se a bandeira é o teatro, por força do encenador José Armando, a associação não descura outras atividades, como tertúlias, já este mês, e caminhadas culturais. Mais tarde haverá ações de formação e em curso está a preparação de uma peça de teatro que será apresentada em maio, no multiusos da freguesia de Requião.

Este novo projeto, que reúne pessoas de várias idades, «fica ao dispor dos famalicenses e será, naturalmente, mais uma mais-valia cultural para projetar o território dentro e fora de portas», observou o vereador Pedro Oliveira.

A Câmara Municipal e a Junta de Freguesia de Requião estão com este projeto que reuniu vários apoios para a sessão de apresentação que decorreu na noite de sábado.

Famalicão: Autarquia conta com equipamento para tratar do novo piso do centro da cidade

Para fazer face a todas as exigências em termos de limpeza do renovado centro urbano, a Câmara Municipal de Famalicão passa a contar com um novo equipamento, um Aspirador Urbano Elétrico.

Numa nota publicada nas redes sociais, a autarquia refere que este é um equipamento amigo do ambiente, com capacidade de armazenamento de 240 litros, apto para lavagens de manchas e sujidade, bem como aspiração de resíduos sólidos de pequena dimensão.

Famalicão: Ana Marinho vence prova em Espanha

Na manhã deste sábado, a atleta da Escola de Atletismo Rosa Oliveira venceu a décima primeira edição da Carreira Pola Praia, na Galiza.

Ana Marinho venceu a geral, cumprindo os 6kms na Praia América à frente de quatrocentos participantes e repete o triunfo da edição anterior.

Ainda da escola joanense Bruna Ortiga venceu em sub-23.

Rosa Oliveira foi a mais rápida entre as veteranas 55.

 

Chuva está de volta na terça-feira

A chuva estará de regresso na próxima terça-feira, avança a previsão do Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

Ainda segundo o IPMA, até quinta-feira as temperaturas em Famalicão não deverão ultrapassar os 28 graus.

Terça-feira será o dia mais fresco da semana, com uma máxima de 22 graus.

Veja a previsão ao detalhe aqui

Continental: Pneus produzidos em Famalicão a partir de garrafas já começaram a ser vendidos

Já começaram a ser comercializados os pneus da Continental, produzidos na unidade de Vila Nova de Famalicão, a partir de garrafas de plástico.

A novidade foi anunciada pela empresa que refere que “desenvolveu a chamada tecnologia ContiRe.Tex, que permite substituir a totalidade do poliéster convencional no pneu e que está em produção em série desde abril de 2022. O novo material de alto desempenho já está disponível em algumas dimensões dos pneus PremiumContact 6 e EcoContact 6”.

Neste tipo de pneus o poliéster utilizado é fabricado a partir de garrafas de água e sumos de plástico PET.

F.C.Famalicão perde em casa com o S.C. Braga (0 – 3)

O Futebol Clube de Famalicão estreou-se esta época em casa com uma derrota, diante do S.C. Braga.

Os golos foram somente apontados pela equipa visitante, aos minutos 13, 19 e 79.

Na classificação, ao fim de duas jornadas, o Futebol Clube de Famalicão continua sem pontuar no campeonato.