Famalicão: Aurea, Paulo Gonzo e Zé Amaro na Feira de Artesanato e Gastronomia

Paulo Gonzo (dia 3 de setembro, 22 horas), Aurea (dia 5, 22 horas) e Zé Amaro (dia 7, 22 horas) são cabeças de cartaz da 38.ª edição da Feira de Artesanato e Gastronomia de Famalicão, que vai decorrer de 1 a 10 de setembro.

A edição deste ano vai tirar total proveito, pela primeira vez, da renovada Praça Mouzinho de Albuquerque, também conhecida como o antigo campo da feira semanal, registando-se um aumento de 43 por cento de stands. «Este aumento só é possível pelo espaço e dinâmica que o novo centro urbano permite», referiu Mário Passos, presidente do Município que, a esta hora, ainda apresenta o programa.

A Feira de Artesanato e Gastronomia, um dos principais produtos turísticos do concelho e da região minhota, vai contar com a presença de cerca de uma centena de expositores de todo o país, entre artesãos, produtores, parceiros, restaurantes e tasquinhas e com um vasto programa de animação cultural.

Foto: Aurea (Facebook)

 

19 Comments

  1. Fernanda Araujo o senhor presidente quando precisa de votos é os grandes nomes da que nem vou dizer o nome que lhe dão os votos não é o povo de Famalicão e os de Lisboa os grandes da música aqueles que não precisam de propaganda tudo esto é política vergonha mesmo triste triste lidar com corruptos

  2. Já agora que me fala de Évora: sou de V n Famalicão, sabe onde fica ? Estive em Évora há dias. Jantei no restaurante 4a feira. Conhece ? Obsoleto é comportamento da autarquia da cidade capital de distrito, Évora. Então o templo de Diana, ícone da cidade e do país, monumento nacional, património da humanidade estava às escuras. Sem luz. Isto sim, é comportamento obsoleto.

  3. Sinceramente, isto é um escândalo, tenham respeito pelo Costinha Strada, um cantor Famalicense, bom cantor, humano, humilde, respeitador e acima de tudo merece respeito, aonde está a vossa civilização, tenham vergonha; Costinha, tens que lhe dar um autógrafo, e no dia 2 de Setembro se Deus quiser estaremos todos juntos para o teu grande espetáculo bjs

  4. Sem desprimor para os emigrantes. Como e evidentem Mas já enjoa tanta música pimba. Há uma miúda. Linda por sinal e que canta maravilhosamente. Ganhou um programa nacional. Não a convidam porquê. Só pimbas. Tragam também o Malhoa, Toy, Marante. Como somos Tones, vamos gostar de certeza.

  5. Isto aqui não está a bater certo então o senhor Presidente da câmara de Famalicão no sábado passado estava a decorrer o espetáculo do cantor famalicenses Costinha em Antas Famalicão e o Senhor Presidente da câmara por quem eu tenho muito respeito fez questão de dar os parabéns ao Costinha pelo grande espetáculo que ali estava a dar e disse que no dia 2de Setembro o Costinha que estará no Artesanato em V ‘ N ‘ de Famalicão qual o meu espanto hoje aparece nas redes sociais todos os artistas menos o Costinha por favor Senhor Presidente afinal em que ficamos esto é muito grave é uma falta de respeito por favor Senhor Presidente esto não se faz alguém precisa de se corrigido obrigada

  6. Vergonha Vergonha VERGONHA..respeitem todos os cantores da mesma forma aonde informa k o Costinha cantor famalicense vai dar um concerto unico…no dia 2 Setembro às 22h…ao município de Famalicão só tenho dizer 🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Famalicão: Jéssica tem 23 anos, está desaparecida e com o telemóvel desligado

Jéssica Salazar (na imagem) está desaparecida desde a noite deste sábado. A jovem, de 23 anos, residente na Urbanização das Lameiras, terá estado até cerca das 23h50 em casa de uma prima, tendo desaparecido quando estaria de regresso a casa.

A família, contactada pela Cidade Hoje, diz estar muito preocupada uma vez que a jovem está com o telemóvel desligado e sem acesso à sua medicação.

Jéssica, na última vez em que foi vista, estava de vestido preto e descalça.

Se avistou a jovem da imagem ou tem informações sobre o seu paradeiro, entre em contacto de imediato com as autoridades locais.

Ribeirão: Junta construiu mais de 50 novos gavetões no cemitério

A Junta de Freguesia de Ribeirão, construiu 57 novos gavetões no cemitério local. Esta medida visa evitar a falta de espaço para sepultar os falecidos da comunidade.

Além dos gavetões, foi construído mais um bloco de ossários, devido ao aumento da procura, especialmente com a popularidade da cremação e o depósito de ossadas após os cinco anos de utilização gratuita das campas.

A obra dos gavetões está concluída, e a Junta está agora a regularizar os passeios ao redor do novo bloco. Dois espaços sobrantes serão utilizados para jazigos duplos, que serão colocados em oferta pública após a sua conclusão. A concessão de 17 gavetões já foi aprovada pela Junta.

Famalicão: Ciclista ferido em despiste na N206

Um ciclista ficou ferido, na manhã deste domingo, na sequência do despiste da bicicleta onde seguia, em plena N206.

O acidente aconteceu na Avenida João XXI, na freguesia de Vermoim, tendo sido acionada para o local uma equipa dos Bombeiros Voluntários Famalicenses e a GNR.

A vítima, depois de socorrida no local, foi transportada para o hospital de Famalicão com ferimentos ligeiros.

Famalicão: Praça / Mercado com transmissão do Turquia x Portugal em ecrã gigante

A Praça-Mercado é um dos palcos do campeonato da Europa de futebol que está a decorrer na Alemanha, exibindo todos os jogos, em ecrã gigante. Este sábado, a partir das 17h00, será transmitido em ecrã gigante o Turquia x Portugal.

Nos dias de jogos da seleção são sorteadas duas camisolas de Portugal por todos os que fizerem compras na Praça-Mercado.

Hoje há Marcha LGBTQIAP+ em Famalicão

A marcha do Orgulho LGBTQIAP+ sai à rua na tarde deste sábado, a partir das 15h00, da Praça D. Maria II.

O percurso definido para a 3ª Marcha pelos Direitos LGBTQIAP+ passa pela Praça Dona Maria II, Rua de Santo António, Praça 9 de Abril, Rua Barão da Trovisqueira, Rua Adolfo Casais Monteiro, Avenida 25 de Abril, Rua São João de Deus, Rua Adriano Pinto Basto e Praça Álvaro Marques.

A Câmara Municipal vai associar-se ao movimento pela defesa dos Direitos Humanos Universais ao iluminar o edifício dos Paços do Concelho com as cores da bandeira arco-íris.