Famalicão: Bandeira da Ucrânia hasteada nos Paços do Concelho

Cumpre-se, esta sexta-feira, um ano da invasão russa à Ucrânia. A 24 de fevereiro do ano passado o mundo acordou com a notícia da guerra que a Rússia levou a um país soberano, provocando, desde então, milhares de mortos, e o êxodo de milhões de ucranianos para outros países.

Desde o primeiro momento, o mundo desenvolveu uma campanha de auxílio e solidariedade para com este povo alvo da invasão e Famalicão foi um dos municípios que abriu as suas portas acolhendo perto de duas centenas de ucranianos. Maioritariamente mulheres, acompanhadas por filhos, e que representam já uma das maiores comunidades estrangeiros no concelho.

Para assinalar o primeiro ano da guerra, o Município hasteou, esta sexta-feira, a bandeira ucraniana nos Paços do Concelho.

Dos 197 cidadãos ucranianos que chegaram a Famalicão, 29 decidiram regressar à Ucrânia e à Polónia, 35 deslocaram-se para outros municípios e países e 133 continuam no território famalicense.

A inserção profissional continua a ser uma prioridade – 32 cidadãos já retomaram a atividade laboral – assim como as respostas ao nível do ensino para os mais novos – 28 crianças já regressaram às aulas e 17 foram inseridas em creches e instituições pré-primárias do concelho.

A aprendizagem e o reforço da língua portuguesa é outra das preocupações ao nível do acolhimento e integração desta comunidade. A este nível a autarquia, através do Centro Qualifica de Famalicão, e a Escola Secundária Camilo Castelo Branco, têm já proporcionado aulas de Português Língua de Acolhimento.

Recorde-se que a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão tem disponível uma linha direta de apoio à comunidade ucraniana residente e aos ucranianos que cheguem a Famalicão por força do conflito militar, criando condições para lhes fazer chegar as medidas de apoio lançadas pelo município ao nível da solidariedade, acolhimento e integração.

Logo no início do conflito militar, a autarquia ativou um vasto conjunto de respostas solidárias devidamente concertadas com as entidades representativas da Ucrânia, com a comunidade ucraniana residente em Famalicão e com o tecido institucional e cívico do território para uma resposta sólida e eficaz às reais necessidades desta comunidade.

A Câmara Municipal aprovou a alteração ao seu Código Regulamentar sobre Concessão de Apoios para dar uma resposta social imediata aos cidadãos ucranianos que cheguem ao concelho por força da ofensiva russa no país.

Toda esta ação está a ser coordenada e dinamizada pelo pelouro da Interculturalidade e Integração, com uma linha de apoio direta – 932 018 305, 911 758 036 e 911 733 495 – e o email ucrania@famalicao.pt.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ribeirão: Junta construiu mais de 50 novos gavetões no cemitério

A Junta de Freguesia de Ribeirão, construiu 57 novos gavetões no cemitério local. Esta medida visa evitar a falta de espaço para sepultar os falecidos da comunidade.

Além dos gavetões, foi construído mais um bloco de ossários, devido ao aumento da procura, especialmente com a popularidade da cremação e o depósito de ossadas após os cinco anos de utilização gratuita das campas.

A obra dos gavetões está concluída, e a Junta está agora a regularizar os passeios ao redor do novo bloco. Dois espaços sobrantes serão utilizados para jazigos duplos, que serão colocados em oferta pública após a sua conclusão. A concessão de 17 gavetões já foi aprovada pela Junta.

Famalicão: Ciclista ferido em despiste na N206

Um ciclista ficou ferido, na manhã deste domingo, na sequência do despiste da bicicleta onde seguia, em plena N206.

O acidente aconteceu na Avenida João XXI, na freguesia de Vermoim, tendo sido acionada para o local uma equipa dos Bombeiros Voluntários Famalicenses e a GNR.

A vítima, depois de socorrida no local, foi transportada para o hospital de Famalicão com ferimentos ligeiros.

Famalicão: Praça / Mercado com transmissão do Turquia x Portugal em ecrã gigante

A Praça-Mercado é um dos palcos do campeonato da Europa de futebol que está a decorrer na Alemanha, exibindo todos os jogos, em ecrã gigante. Este sábado, a partir das 17h00, será transmitido em ecrã gigante o Turquia x Portugal.

Nos dias de jogos da seleção são sorteadas duas camisolas de Portugal por todos os que fizerem compras na Praça-Mercado.

Hoje há Marcha LGBTQIAP+ em Famalicão

A marcha do Orgulho LGBTQIAP+ sai à rua na tarde deste sábado, a partir das 15h00, da Praça D. Maria II.

O percurso definido para a 3ª Marcha pelos Direitos LGBTQIAP+ passa pela Praça Dona Maria II, Rua de Santo António, Praça 9 de Abril, Rua Barão da Trovisqueira, Rua Adolfo Casais Monteiro, Avenida 25 de Abril, Rua São João de Deus, Rua Adriano Pinto Basto e Praça Álvaro Marques.

A Câmara Municipal vai associar-se ao movimento pela defesa dos Direitos Humanos Universais ao iluminar o edifício dos Paços do Concelho com as cores da bandeira arco-íris.

Famalicão: Décima meia maratona faz parte do calendário de competições da World Athetics

A Q8 Meia Maratona de Famalicão vai para a estrada no dia 20 de outubro e faz parte do calendário de competições da World Athetics e, por isso, segue as regras técnicas e de competição mundial de atletismo. Os resultados publicados serão reconhecidos pela World Athletics para todos os seus fins estatísticos, incluindo rankings mundiais e qualificação para campeonatos.

A prova vai iniciar-se às 9h30, na Avenida Brasil, e terminará no parque de estacionamento junto ao Citeve. Para além da distância de 21 km há, novamente, uma corrida/caminhada de 10 km. Esta prova mais pequena é, também, cronometrada; contudo, a pensar em todos os que gostariam de participar, a distância poderá também ser feita a caminhar.

O percurso da 10º edição da Q8 Meia Maratona de Famalicão será o mesmo do ano anterior, sendo assim um trajeto mais plano, o que permitirá a obtenção de novos recordes.

As inscrições para a Meia Maratona de Famalicão já estão disponíveis no site da organização www.runporto.com