Famalicão: Casa das Artes consegue apoio do Estado no valor de 200 mil euros

A Casa das Artes de Famalicão vai passar a contar com um apoio anual direto à sua programação no valor de 200 mil euros, como resultado da candidatura apresentada ao primeiro Concurso de Apoio à Programação da Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses (RTCP).

É o primeiro apoio estatal conseguido para a programação do teatro municipal de Vila Nova de Famalicão nos seus 20 anos de existência e de programação artística regular.

A candidatura da Casa das Artes foi a terceira mais bem classificada do país, algo que o município vê como reflexo da sua política cultural e da qualidade da equipa multidisciplinar da Casa das Artes.

Segundo o presidente da Câmara Municipal de Famalicão, «em termos culturais, o investimento que é feito nem sempre resulta em algo imediato e palpável. A Casa das Artes levou 20 anos a poder contar com um apoio direto tão elevado e só a qualidade da candidatura apresentada bem como todo o histórico da sua atividade colocaram o nosso teatro municipal com as condições para aceder a estes financiamentos». Mário Passos realça o «esforço constante e ininterrupto do Orçamento Municipal para assegurar a qualidade artística da programação da Casa das Artes».

Esta segunda-feira, a Direção Geral das Artes (DGArtes) comunicou às entidades concorrentes a proposta de decisão que prevê a atribuição de apoios a 38 equipamentos culturais, com valores entre os 50 mil e os 200 mil euros anuais, em 2022, 2023, 2024 e 2025, em 35 NUTS III do país. O objetivo principal destes apoios é promover uma oferta cultural regular e contínua em todo o território.

O Concurso de Apoio à Programação da Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses (RTCP), o primeiro a ser promovido no país, recebeu 61 candidaturas; destas foram excluídas 4 em fase de verificação, pelo que a comissão apreciou um total de 57 candidaturas.

As entidades que concorreram foram avaliadas tendo em conta a apresentação de um plano de programação dedicado às artes performativas (circo, dança, música, ópera e teatro), podendo ainda incluir outras áreas, como o cruzamento disciplinar, artes visuais, cinema, residências e ações de mediação e de formação. A apresentação de, pelo menos, 15% de obras que tenham recebido apoio da DGARTES, no domínio da criação, e a realização de, no mínimo, 10% de coproduções originais, foram outros dos critérios considerados na análise das candidaturas.

 

Famalicão: Autarquia conta com equipamento para tratar do novo piso do centro da cidade

Para fazer face a todas as exigências em termos de limpeza do renovado centro urbano, a Câmara Municipal de Famalicão passa a contar com um novo equipamento, um Aspirador Urbano Elétrico.

Numa nota publicada nas redes sociais, a autarquia refere que este é um equipamento amigo do ambiente, com capacidade de armazenamento de 240 litros, apto para lavagens de manchas e sujidade, bem como aspiração de resíduos sólidos de pequena dimensão.

Famalicão: Ana Marinho vence prova em Espanha

Na manhã deste sábado, a atleta da Escola de Atletismo Rosa Oliveira venceu a décima primeira edição da Carreira Pola Praia, na Galiza.

Ana Marinho venceu a geral, cumprindo os 6kms na Praia América à frente de quatrocentos participantes e repete o triunfo da edição anterior.

Ainda da escola joanense Bruna Ortiga venceu em sub-23.

Rosa Oliveira foi a mais rápida entre as veteranas 55.

 

Chuva está de volta na terça-feira

A chuva estará de regresso na próxima terça-feira, avança a previsão do Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

Ainda segundo o IPMA, até quinta-feira as temperaturas em Famalicão não deverão ultrapassar os 28 graus.

Terça-feira será o dia mais fresco da semana, com uma máxima de 22 graus.

Veja a previsão ao detalhe aqui

Continental: Pneus produzidos em Famalicão a partir de garrafas já começaram a ser vendidos

Já começaram a ser comercializados os pneus da Continental, produzidos na unidade de Vila Nova de Famalicão, a partir de garrafas de plástico.

A novidade foi anunciada pela empresa que refere que “desenvolveu a chamada tecnologia ContiRe.Tex, que permite substituir a totalidade do poliéster convencional no pneu e que está em produção em série desde abril de 2022. O novo material de alto desempenho já está disponível em algumas dimensões dos pneus PremiumContact 6 e EcoContact 6”.

Neste tipo de pneus o poliéster utilizado é fabricado a partir de garrafas de água e sumos de plástico PET.

F.C.Famalicão perde em casa com o S.C. Braga (0 – 3)

O Futebol Clube de Famalicão estreou-se esta época em casa com uma derrota, diante do S.C. Braga.

Os golos foram somente apontados pela equipa visitante, aos minutos 13, 19 e 79.

Na classificação, ao fim de duas jornadas, o Futebol Clube de Famalicão continua sem pontuar no campeonato.