Famalicão: Deputado do PSD volta a apelar para a instalação das Instâncias Centrais no Tribunal (c/vídeo)

No âmbito da apreciação na especialidade da Proposta do Orçamento do Estado para 2023, o deputado Jorge Paulo Oliveira voltou a apelar à Ministra da Justiça para criar as Instâncias Cível e Criminal, bem como o Juízo de Instrução Criminal no Tribunal de Famalicão. «A Senhora Ministra da Justiça conhece bem esta justíssima pretensão, repito-a para que a mesma não esmoreça», afirmou Jorge Paulo Oliveira, dirigindo-se a Catarina Sarmento e Castro, a titular da pasta da Justiça.

Jorge Paulo Oliveira, eleito pelo PSD no Círculo Eleitoral de Braga, lembra que esta é uma pretensão da Delegação da Ordem dos Advogados de Vila Nova de Famalicão, da Câmara Municipal e da Assembleia Municipal, traduzida por todas as forças políticas que integram aqueles órgãos autárquicos.

Na resposta, a Ministra anunciou que o Governo vai introduzir algumas mudanças na Mapa Judiciário, «mas numa lógica integrada, olhando para o conjunto», sendo nessa lógica a pretensão de Vila Nova de Famalicão será equacionada.

Jorge Paulo Oliveira renovou os argumentos que têm sido aduzidos pela Delegação da Ordem dos Advogados na defesa da criação daquelas instâncias. Segundo o deputado social-democrata, a realidade veio mostrar que «o número de pendências nos juízos centrais de processos oriundos de Vila Nova de Famalicão, são de ordem numérica muito substancial que justificam a instalação de tais valências, sendo de notar que o edifício do Tribunal em Famalicão tem dimensão e capacidade de espaço disponível para as receber».

Como vem sendo defendido pela Delegação da Ordem dos Advogados, Jorge Paulo Oliveira voltou a referir que a criação destas valências corresponderá «a um enorme contributo para uma melhor administração da justiça e para a aproximação da mesma aos cidadãos a que acrescem ganhos de otimização e eficácia da gestão dos recursos da Comarca de Braga, circunstância que contribuirá, igualmente, para desonerar e libertar os órgãos de Polícia Criminal (PSP e GNR), para aquilo que são mais necessários».

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Atualização: Condutor responsável por atropelamento mortal em Famalicão fugiu

Colocou-se em fuga o condutor da viatura que, na madrugada desta sexta-feira, atropelou mortalmente uma jovem, na Avenida Marechal Humberto Delgado, em Famalicão.

O acidente aconteceu aos primeiros minutos do dia, nas proximidades do túnel existente naquela via.

Assim que os meios de socorro chegaram ao local, o condutor já se havia colocado em fuga.

A PSP tomou conta da ocorrência e investiga.

Famalicão: Jovem morre atropelada no centro da cidade

Uma jovem morreu, na madrugada deste sexta-feira, depois de ter sido atropelada por uma viatura, em plena Avenida Marechal Humberto Delgado, no centro de Vila Nova de Famalicão.

Ao que a Cidade Hoje conseguiu apurar, a vítima, com idade entre os 25 e os 30 anos, estaria a atravessar a via quando se deu o acidente.

Para o socorro, aos primeiros minutos desta sexta-feira, foram acionados os Bombeiros Voluntários de Famalicão, acompanhados pela VMER do Centro Hospitalar do Médio Ave.

O óbito foi declarado no local.

Famalicão: Homem morre subitamente enquanto trabalhava nas obras junto ao tribunal em Gavião

Um homem com cerca de 50 anos morreu, na tarde desta quinta-feira, de forma súbita, enquanto trabalhava nas obras que decorrem nos terrenos ao lado do tribunal de Famalicão.

Ao que a Cidade Hoje conseguiu apurar, o trabalhador sentiu-se indisposto e teve convulsões. Após a chegada dos meios de socorro entrou em paragem cardiorrespiratória e o óbito veio a ser declarado momentos mais tarde.

Para o local foram acionados os Bombeiros Voluntários Famalicenses, acompanhados pela VMER da unidade de Vila Nova de Famalicão do Centro Hospitalar do Médio Ave.

O corpo foi transportado para a morgue do hospital local.

Famalicão recebeu hoje a décima bandeira de autarquia amiga das famílias

O Município de Vila Nova de Famalicão recebeu, na tarde desta quinta-feira, em Coimbra, a distinção, pela décima vez consecutiva de autarquia ‘Mais Familiarmente Responsáveis’. Esta foi a décima primeira vez que a distinção foi atribuída pelo Observatório dos Municípios Familiarmente Responsáveis à autarquia famalicense.

Recorde-se que o Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis é uma iniciativa da Associação Portuguesa de Famílias Numerosas, em parceira com Instituto da Segurança Social. Tem como principais objetivos acompanhar, galardoar e divulgar as melhores práticas das autarquias portuguesas em matéria de responsabilidade familiar.

A entrega da bandeira de ‘Autarquia + Familiarmente Responsável 2022’ decorreu no Auditório da Fundação para os Estudos e Formação nas Autarquias Locais (FEFAL), em Coimbra. O Município famalicense esteve representado na cerimónia por Sofia Fernandes, vereadora da Família, Igualdade, Interculturalidade e Integração.

O número de municípios distinguidos com as bandeiras verdes de “Autarquia Familiarmente Responsável”, por práticas efetivas de apoio às famílias, aumentou para 95, registando-se algumas estreias na 14.ª edição, através da qual os municípios que investem na construção de uma política integrada de apoio à família com dados reportados a 2021 são reconhecidos.

Famalicão: FAC recebe o Tomar e Riba d´Ave joga em Barcelos

O campeonato nacional da 1.ª divisão de hóquei em patins prossegue este fim de semana, com a jornada 15.

O FAC recebe, este sábado, o SC Tomar, às 18 horas, no Pavilhão Municipal. O conjunto orientado por Jorge Ferreira soma 14 pontos e ocupa o oitavo lugar, logo atrás do seu adversário que tem, no entanto, 20 pontos.

O Riba d´Ave/Sifamir joga no domingo, às 16 horas, no Pavilhão Municipal de Barcelos, tendo como adversário o Óquei Clube local, um dos candidatos ao título nacional, que ocupa o quarto lugar, com 32 pontos. Já a equipa de Raul Meca é nona, com 13 pontos.

Recorde-se que na jornada anterior, a primeira da segunda volta, as duas equipas encontraram-se em Riba d´Ave e o jogo terminou com uma igualdade a dois golos.

Foto: Riba d´Ave/Sifamir

Famalicão: Didáxis começa segunda fase do campeonato de andebol a 4 de fevereiro

A equipa sénior feminina da AA Didáxis inicia a segunda fase da 2.ª divisão nacional de andebol no dia 4 de fevereiro, em casa do Académico de Viseu.

Segunda classificada da fase regular do campeonato, a equipa da Didáxis vai agora discutir o acesso à fase final tendo como adversários, para além do Académico de Viseu, o Xico Andebol, EA Beira Douro, Santa Joana, Almeida Garrett