Famalicão: Edgar Reis em busca de um lugar «na primeira parte do pelotão»

Edgar Reis vai alinhar na Baja de Loulé, prova do Campeonato de Portugal de TodooTerreno, a realizar entre 27 e 29 de maio, em Loulé.
Desta vez, o piloto vai ser acompanhado pelo navegador Filipe Martins e pretende «
voltar ao registo que tivemos nas primeiras provas do campeonato, fazendo a prova no nosso ritmo e procurando tirar o máximo proveito do carro» aponta o famalicense.
«Na última prova tivemos de abandonar ao segundo dia e queremos retomar o que havíamos delineado para esta temporada, evoluindo na condução, melhorando os nossos registos e fazendo uma prova que nos posicione na primeira parte do pelotão do CPTT».

A Baja de Loulé decorre este fim de semana, na serra Algarvia.

Famalicão: Conferência sobre “Inteligência Artificial: Desafios na Educação”

A próxima sessão do VI Ciclo de Conferências em Educação é sobre “Inteligência Artificial e os Desafios na Educação”. Vai ter lugar na Escola Padre Benjamim Salgado, em Joane, no dia 20 de março, pelas 21 horas. A participação é gratuita, mas as inscrições são obrigatórias e devem ser feitas no site www.famalicaoeducativo.pt.

Dalila Durães, da Universidade do Minho, é a convidada da sessão, que falará do tema da Inteligência Artificial (IA) como algo que entrou no quotidiano das pessoas e está a promover mudanças rápidas e significativas.

De acordo com os organizadores do evento, no campo da educação há muitas questões que se levantam e suscitam debate como por exemplo se a IA pode tornar o processo de ensino/aprendizagem mais acessível, autónomo e eficaz, ou como ensinar o uso destas novas tecnologias e ferramentas.

O Ciclo de Conferências em Educação é promovido pelo Município de Vila Nova de Famalicão em parceria com a Federação Concelhia das Associações de Pais, Escola Superior de Saúde do Vale do Ave e Centro Formação de Escolas de Vila Nova de Famalicão.

Famalicão: Edição 2024 do festival de cinema sobre ecologia é apresentada na próxima semana

A décima terceira edição do Bgreen – Ecological Film Festival será apresentada ao final da manhã, 11h30, do dia 6 de março, na Oficina – Escola Profissional do INA (Colégio das Caldinhas).

O Bgreen é um festival de vídeo ecológico que tem como principal objetivo sensibilizar os jovens para as questões ambientais através de spots de vídeo. A competição é dirigida a estudantes do ensino básico e secundário (ou equivalente), de qualquer parte do mundo, com idades compreendidas entre os 13 e os 21 anos (inclusive).

Famalicão: Abertas inscrições para o campo de férias “Páscoa Aventura”

Estão abertas as candidaturas para o Campo de Férias “Páscoa Aventura”, que vai decorrer de 25 a 28 de março, destinado a jovens dos 12 aos 16 anos. Esta é uma organização do município de Famalicão, através do Pelouro da Juventude.

As inscrições decorrem até quarta-feira, dia 6 de março, através do site www.juventudedefamalicao.org , havendo um limite máximo de 25 participantes.

A iniciativa tem o custo de 30 euros e inclui transportes, atividades, visitas e almoços. No caso de existirem participantes com um ou mais irmãos a inscreverem-se nesta iniciativa, o valor final da inscrição, a partir do segundo filho, diminui para metade.

Segundo a organização, o campo de férias “Páscoa Aventura” pretende estimular a criatividade, proporcionar aprendizagens e desenvolver a curiosidade nas gerações mais jovens, através de um conjunto de atividades lúdico-pedagógicas diversas.

Famalicão: Equipa feminina quer «fazer um bom jogo e somar os três pontos» diante do Torreense

A Liga BPI está de regresso, depois de uma pausa para compromissos da Seleção, para a jornada 15 do principal campeonato nacional feminino. Na tarde deste sábado, o FC Famalicão recebe o Torrense, às 15 horas, no campo n.º 2 do Estádio Municipal.

A equipa famalicense, com 10 pontos (menos um jogo) ocupa o nono lugar, enquanto que o adversário está um posto acima, com 15 pontos. Deste modo, o conjunto treinado por Rui Baptista está focado «em fazer um bom jogo e somar os três pontos».

O treinador famalicense não quer que o Torrense se afaste na classificação. «Temos de encurtar distâncias pontuais. Sabemos que a eventualidade de pontuar aqui dá ao Torreense uma certa tranquilidade. Como não queremos correr atrás do prejuízo, as jogadoras estão muito focadas na busca do resultado que nos interessa, que é a vitória», garante Rui Batista em declarações a CIDADE HOJE.

Famalicão: Exposição de Jorge Curval prolongada até final de março

A Casa das Artes prolongou a exposição “Iluminações”, de Jorge Curval, até ao final do presente mês. A decisão decorre «da elevada procura pela exposição e o seu enquadramento da programação do teatro municipal, concretamente, com o 6º Capítulo da Poética da Palavra», são as principais razões que levaram a estender a oportunidade de o público apreciar uma parte da obra de Jorge Curval, cuja exposição devia terminar no último dia de fevereiro.

“Iluminações” integra duas importantes vertentes temáticas do artista: Florestas e Livros.

Recorde-se que de 8 a 27 de março decorre o 6.º Capítulo da Poética da Palavra – Encontros de Teatro – onde se evidencia o texto, a palavra, a voz e o trabalho de ator.

Jorge Curval é um artista português nascido no Porto e residente na Junqueira, Vila do Conde. Atualmente, para além da exposição na Casa das Artes de Famalicão, tem outra a decorrer na Póvoa de Varzim.

 

Famalicão: IP lança concurso de 10 milhões para a requalificação da Estrada Nacional 206

Em despacho publicado em Diário da República, a Infraestruturas de Portugal (IP) dá conta do lançamento do concurso público para a requalificação da Estrada Nacional 206, que liga Famalicão e Guimarães.

O valor do concurso é de 10 milhões de euros, com compromisso plurianual, repartido por 2025 (três milhões de euros) e 2026 (sete milhões de euros).

A aprovação desta requalificação remonta à reunião de 25 de fevereiro do Conselho de Administração Executivo da IP.

Recorde-se que a requalificação da Estrada Nacional 206 vem sendo reclamado há anos, pelos autarcas dos dois concelhos, das freguesias envolvidas e, sobretudo, pelos condutores e peões, além dos comerciantes e industriais das proximidades da via.

Recentemente foi, inclusive, lançada uma petição, assinada por populares e autarcas, que apela a uma intervenção urgente no piso, na criação de passeios e rotundas, na sinalização e iluminação.