Famalicão em Transição não desiste das hortas e continua com processo em tribunal

A Associação Famalicão em Transição não desiste do processo contra a construção dos edifícios do Centi, pelo Citeve, nas antigas hortas urbanas, no Parque da Devesa. A associação avançou, a 16 de dezembro, com uma ação principal no Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga (TAF), o mesmo que em novembro passado declarou improcedente a providência cautelar contra o município de Vila Nova de Famalicão e pela suspensão da construção dos edifícios.

Em conferência de imprensa, ao final da tarde desta quinta-feira, via Zoom, os responsáveis da associação deram conta do histórico deste processo, iniciado em março de 2021, para depois elencar os pontos essenciais da ação principal entregue do TAF Braga para fazer valer «a integridade do parque».

A ação principal baseia-se em sete pontos base, desde logo porque a construção, e segundo a Famalicão Transição, põe em causa os interesses ambientais e ecológicos do parque e viola a área verde classificada no Plano de Urbanização da Devesa e do Plano Diretor Municipal. É também colocado em causa o pedido de licenciamento da obra pelo Citeve, sem comprovativo da titularidade do terreno; a ausência de avaliação ambiental estratégica, tendo em conta a intervenção em causa; o alvará de construção classifica como serviços, mas projetos de especialidade, incluídos no processo, classificam-no como industrial. É esta, em suma, a base da ação principal que a Associação Famalicão em Transição entregou no TAF Braga, em dezembro passado.

Na conferência de imprensa, os representantes da associação – José Carvalho, Armindo Magalhães e Gil Pereira – dizem que «o principal mal está feito», mas mesmo que o processo seja demorado «pode ser corrigido». A luta legal avança «pelos interesses da comunidade e pela integridade do parque que está a ser atacado com esta construção.

As ações de informação e sensibilização junto da comunidade vão manter-se, bem como a angariação de fundos para suportar os custos desta ação judicial.

 

Famalicão: Aqueça a solidariedade com as meias da HumanitAve

Depois do sucesso da última campanha natalícia, a HumanitAVE – Associação Emergência Humanitária reedita o projeto solidário “Meias com Sonhos”.
Ao comprar as meias solidárias está a ajudar a associação a ajudar os outros.
Que este Inverno «seja amor e calor, com os pés bem quentinhos, iremos aquecer todos à nossa volta e ajudar os que mais precisam, caminhando em direção a um mundo mais justo e solidário», apela a HumaniTAVE.

Nova rede de transportes com 152 autocarros e mais de 1100 ligações diárias

A AVE Mobilidade disponibiliza, desde o primeiro dia deste mês, transportes públicos de passageiros ao serviço de Vila Nova de Famalicão, Cabeceiras de Basto, Fafe, Guimarães, Mondim de Basto, Póvoa de Lanhoso, Vieira do Minho e Vizela. São 152 autocarros para mais de 1100 ligações diárias.

A nova oferta representa uma aposta da Comunidade Intermunicipal do Ave na melhoria da mobilidade na região, caraterizando-se pela eficiência e modernidade. Toda a rede estará disponível na web e nas plataformas especializadas em mobilidade e no próprio site da Autoridade de Transportes da CIM do Ave.

O presidente desta Autoridade de Transportes, Domingos Bragança, afirma que «a nova concessão de transporte público rodoviário de passageiros no território da Comunidade Intermunicipal do Ave constitui um marco na promoção da sua coesão territorial e social. “Ligamos pessoas e lugares”, o que nos deixa muito satisfeitos e, sobretudo, nos responsabiliza por uma oferta de transporte público compatível com aquelas que são exigências atuais».

Sérgio Soares, CEO da Transdev Portugal (detentora do contrato) nota que «uma política de transporte público rodoviário que vise responder às verdadeiras necessidades das populações tem de passar por dar mais oferta de transporte às pessoas. Só com uma elevada densidade de circulações é que os transportes públicos podem cumprir todo o seu potencial em matéria de transição energética, descarbonização da economia e afirmar-se como verdadeira alternativa ao transporte individual. É esta a visão partilhada pela Autoridade de Transporte desta região, que fez um esforço assinalável para melhorar a sua rede de oferta rodoviária».

A nova operação AVE Mobilidade implica mais de 200 postos de trabalho e proporciona viagens a 1, 2 e 3 euros aos passageiros que viajem entre 17 e 31 de dezembro. Esta campanha promocional aplica-se aos bilhetes adquiridos a bordo e o valor é calculado pela origem e destino; as viagens com origem e destino no mesmo município terão um valor de 1€; as viagens com origem e destino nos diferentes municípios da CIM do Ave terão um valor de 2€; e as viagens com origem ou destino fora dos municípios da CIM do Ave terão um valor de 3€.

Famalicão: Colombatto quer vencer Tondela para continuar «com vida» da Taça da Liga (c/vídeo)

O médio Santiago Colombatto fez, ao início desta tarde, a antevisão ao jogo entre o Futebol Clube de Famalicão e Clube Desportivo Tondela, da 4.ª jornada do Grupo H da Allianz Cup.

Para o jogo, que decorre a partir das 20.45 horas desta sexta-feira, no Estádio Municipal de Famalicão, o argentino antecipa um jogo difícil, «mas temos de ganhar para continuar a lutar pelo apuramento». O médio vê a vitória como a única solução para que o clube tenha, como diz, «vida» nesta competição. Reconhece, ainda, que a equipa «tem de se apresentar diferente e temos que o demonstrar dentro da campo, por nós e pelos adeptos».

Famalicão: Francisco Zamith bate recorde nacional dos 1500m Livres

Francisco Zamith, do Grupo Desportivo de Natação, estabeleceu este sábado, um novo recorde nacional na prova dos 1500L Master – escalão C, cumprindo a distância em 18:09:40
O feito do nadador foi alcançado na Piscina Rota dos Móveis, em Paredes, onde decorre o Troféu Fundo Masters da Associação de Natação do Norte de Portugal.

Famalicão: “Saúde Mental nos Jovens vs A Juventude enquanto Futuro da Europa” na Camilo Castelo Branco

Decorreu, esta quarta-feira, mais uma sessão do Chá Europeu, na Escola Secundária Camilo Castelo Branco. A iniciativa foi dinamizada por alunos e professores, que integram os programas Escola Embaixadora do Parlamento Europeu, Clube Europeu e Parlamento dos Jovens.
O tema, “Saúde Mental nos Jovens vs A Juventude enquanto Futuro da Europa”, foi debatido com João Bessa (Psiquiatra), Sofia Fernandes (vereadora da Câmara Municipal), Isabel Baltazar (coordenadora Nacional Escola Embaixadora) e Carlos Teixeira (Diretor do Agrupamento de Escolas).
Eduardo Sá, Psicólogo Clínico e Psicanalista, por motivos pessoais, não esteve presente, mas fez chegar a sua mensagem relativamente ao tema.
O evento foi enriquecido, ainda, pelos alunos Carolina Castro, Marta Pires, Eduarda Dewasmes, grupo do 1º ao 3º ciclo, com dança, música, teatro e poesia, tendo sido apresentados por Álvaro Vieira de Castro e Maria João Barbosa.
A participação ativa de alunos e professores dos Cursos de Restauração e Audiovisuais também ajudou ao sucesso desta atividade que se afirma como um marco a nível local, nacional e europeu.

Famalicão: «É uma honra ser Juiz de Fora» das festas em honra da Imaculada Conceição

Terminam esta quinta-feira as festas em honra da Imaculada Conceição, em Antas.
Paulo Cunha, ex-presidente da Câmara Municipal, é o Juiz de Fora destas festividade, assumindo numa publicação na sua página do Facebook «que é um honra» tal distinção.
O ex-autarca, escreve que «Nossa Senhora da Conceição, associada à restauração da independência e, por isso, considerada Rainha de Portugal, mãe dos portugueses, razão pela qual ainda hoje muitos consideram ser dia de todas as nossas mães. Obrigado à Confraria da Nossa Senhora da Conceição e Almas pelas atividades em curso em São Tiago de Antas. É uma honra ser Juiz de Fora destas festividades».

As festas prosseguem esta tarde. Depois da oração do Terço, sai a procissão solene (15 horas) da igreja nova em direção ao quartel dos BV Famalicão, regressando ao local de partida, acompanhada pela Banda de Música de Famalicão. Uma quermesse de oferendas e sorteio do touro encerram as festividades deste ano, que são uma organização da Confraria de Nossa Senhora da Conceição e Almas.