Famalicão: Enfermeiros sentem-se «desrespeitados e desconsiderados»

Os vários centros e unidades de saúde de Famalicão continuam com muitas dificuldades para garantir o serviço de enfermagem aos utentes. Esta situação, já denunciada por Cidade Hoje, resulta da chamada, pelo ACES, de enfermeiros para serviço no Centro de Vacinação de Famalicão, em S. Cosme do Vale.

Esta deslocação dos profissionais compromete a prestação de cuidados de saúde a utentes, sendo relatadas situações em que, por vezes, as unidades de saúde ficam sem enfermeiros no seu interior, porque estão no Centro de Vacinação, ou a prestar cuidados ao domicílio, ou, então, por ausência devido a outros motivos (saúde). «Esta situação tem claras repercussões na saúde dos doentes», alerta um profissional.

Acresce que os enfermeiros «sentem-se desrespeitados e desconsiderados». Muitos ultrapassam o seu horário de trabalho no Centro de Vacinação sem qualquer compensação «ou reconhecimento. No mínimo uma palavra de agradecimento. Compreendemos as necessidades no atual contexto, estamos e sempre estivemos colaborantes, mas há limites», relatam-nos.

Esta situação é do conhecimento dos vários coordenadores dos centros e unidades de saúde de Famalicão, bem como das organizações sindicais. Tudo poderia ser resolvido «se o ACES, cumprindo a sua obrigação, contratasse pessoal para este trabalho suplementar, o que não tem feito, apesar de o prometer sempre que este problema lhe é colocado», relata fonte que fala de um «mal-estar».

Joane sem descanso: Novos focos de incêndio em zona florestal

A vila de Joane está novamente em alerta, pelo surgimento de pelo menos dois novos focos de incêndio.

O novo alerta surgiu na noite desta quinta-feira, por volta das 21h40, e foi dado por populares que começaram a avistar o fogo em dois pontos distintos mas bastante próximos um do outro.

Para o local foram acionados os Bombeiros Voluntários Famalicenses que já pediram o reforço de meios.

Recorde-se que a vila de Joane tem sido, este verão, fustigada por vários incêndios em zona florestal e que até já colocaram casas em risco.

Final feliz: Cão atirado e fechado em poço é salvo pelo CROA e adotado três meses depois por uma família

O Centro de Recolha Animal de Famalicão tem mais uma história com final feliz para contar.

O cão que a 18 de maio foi resgatado de um poço com quinze metros de profundidade, na freguesia de Landim, encontrou uma nova família.

O desfecho desta história dá-se exatamente três meses depois da dura operação de resgate. Recorde-se que o animal havia sido encontrado a latir, por populares que passavam no local e o ouviram num poço com pedras a bloquear o acesso, indiciando que terá sido atirado para a morte, por alguém que, depois, o tentou esconder.

Quis o destino que, nesta quinta-feira 18 de agosto, uma família da mesma freguesia onde havia sido resgatado (Landim), quisesse levar este amigo de quatro patas para casa.

Recorde a história deste animal:

 

A partir desta sexta-feira e até domingo: Festa do Senhor em Arnoso Santa Maria

Arnoso Santa Maria está em festa a partir desta sexta-feira e até domingo. A Festa do Senhor arranca com a celebração de uma eucaristia, seguindo-se um momento de animação musical com cantares ao desafio.

No sábado o destaque vai para a atuação do grupo “Toka & Dança” que antecede a sessão de fogo de artifício, agendada para as 00h00.

No último dia, domingo, pela manhã há eucaristia em honra do Santíssimo Sacramento e da parte da tarde a procissão com a Banda de Arnoso.

Cartaz completo:

Joane: Pres. da Junta denuncia falta de civismo da população junto aos ecopontos

O Presidente da Junta de Joane recorreu às redes sociais para reportar mais um episódio de falta de civismo relacionado com o lixo.

Segundo António Oliveira, é recorrente o uso do espaço em redor aos ecopontos para depositar lixo não doméstico e, por isso, incompatível para a recolha pela empresa responsável pelo tratamento dos resíduos.

O autarca utilizou uma imagem recolhida junto ao ecoponto da zona da ilha para ilustrar o problema.

António Oliveira apela, uma vez mais, para o uso adequado dos ecopontos.

Semana Europeia do Desporto passa por Famalicão

No mês em que se celebra a Semana Europeia do Desporto e integrado no Beactive Night em Família, Vila Nova de Famalicão recebe, na noite do dia 24 de setembro, uma corrida/caminhada de 5km, em simultâneo com igual iniciativa que decorre no Jamor.

A prova realiza-se a partir das 21 horas, no Parque da Devesa, com partida e chegada no parque de estacionamento do Citeve.

Inscrições gratuitas até 21 de setembro no site da Runporto.

Este fim de semana em Famalicão: Praça recebe festa do Melão Casca de Carvalho e do Vinho Verde

«Verde Melão» é o nome da iniciativa que celebra dois emblemáticos produtos da região: o vinho verde e o melão casca de carvalho. De 19 a 21 de agosto, a Praça – Mercado Municipal de Famalicão recebe perto de uma dezena de produtores, numa festa que inclui um dia dedicado ao emigrante famalicense.

Promovido pelo Município de Famalicão, «Verde Melão» conta com a presença de três produtores de melão casca de carvalho do concelho – Aires Mesquita, Augusto Martins e Joaquim Gonçalves -, um produto de características únicas muito dependente das condições climatéricas e da existência de um microclima favorável que só existe entre o Minho e Douro Litoral.

O certame contará ainda com três produtores de vinho – Casa Agrícola de Compostela, Vinhos Castro e Frutivinhos -, bem como produtores de fumeiro – Fumeiro do Fernando, Fumeiro Rosa Mendes e Talho Divino Salvador – do concelho.

Para além da venda e degustação dos produtos típicos da região, a iniciativa prevê ainda a realização do showcooking «Ideias de utilização do melão casca de carvalho e harmonizações», a cargo do Chef residente da Praça, Álvaro Costa, no sábado, dia 20, a partir das 16h00.

O segundo dia do certame é dedicado à comunidade emigrante que por esta altura do ano está de regresso às origens e com muita vontade de voltar a saborear os produtos da terra. A Festa do Emigrante acontece no sábado à tarde, com um momento de boas-vindas e sessão de networking.

Também não vai faltar animação musical no «Verde Melão», com o concerto de Maria do Sameiro, no dia 19, e de Costinha, no dia 21, ambos com início pelas 18h00, e DJ Sets nos dias 19 e 20 de agosto, a partir das 21h00.

Potenciar e valorizar os produtos tradicionais do concelho e da região junto dos famalicenses e da comunidade emigrante é o grande objetivo da iniciativa «Verde Melão», promovido pelos pelouros do Turismo e Relações Internacionais do Município de Vila Nova de Famalicão.

Mais informações e toda a programação em www.famalicao.pt .