Famalicão: Fica sem carro depois de ir a uma loja e ter deixado a chave na ignição

Um homem ficou sem a viatura em que seguia depois desta ter sido levada por um desconhecido. O furto aconteceu no início desta semana, segunda-feira, cerca das 19h00, na Avenida João XXI, na freguesia de Vermoim, em Famalicão.

O condutor parou o veículo para se deslocar a um estabelecimento comercial naquela avenida e, por esquecimento, deixou a chave na ignição do carro. Sem que nada fizesse prever, um indivíduo aproximou-se da viatura e, em poucos instantes, abandonou o local ao volante da mesma.

O lesado, só deu conta do sucedido assim que saiu do estabelecimento comercial. Para compreender o que terá acontecido, solicitou o acesso a um sistema de vigilância próximo, acabando por ver toda a atuação do assaltante, embora não tenha sido possível identificar a pessoa em causa.

Até ao momento, o carro, de marca Skoda, com a matrícula 64 – FN – 00, ainda não foi localizado.

Governo decide: Luzes de natal nos espaços públicos só até às 00h00

Neste natal e ano novo, a iluminação pública alusiva à quadra natalícia terá que ser ajustada aos horários definidos pelo governo, como medida para a poupança de energia.

Assim, as luzes de natal só poderão funcionar das 18h00 às 24h00.

A medida faz parte de uma resolução do Conselho de Ministros, publicada esta terça-feira em Diário da República. Dela fazem parte outras regras relacionadas, por exemplo, com a climatização dos espaços.

Fonte: O Minho

Famalicão: Homem detido por condução ilegal

A PSP deteve, esta segunda-feira, pelas 17H15, um homem, de 43 anos, que conduzia veículo automóvel sem carta de condução.

A detenção ocorreu na Rua da Estação, na cidade de Famalicão.

Luto: Faleceu o Professor famalicense Álvaro Vasconcelos

Faleceu, nesta segunda-feira, vítima de doença súbita, aos 83 anos, o Professor Álvaro Vasconcelos.

O docente, nos últimos anos, deu aulas da disciplina de história na Escola Secundária Camilo Castelo Branco. Foi professor e investigador com uma das carreiras mais longas em Vila Nova de Famalicão, tendo marcado várias gerações de famalicenses.

Não haverá cerimónia religiosa, no entanto, o corpo estará em câmara ardente esta quinta-feira das 9h às 14h na capela da antiga Matriz.

 

Famalicão: Bombeiros recebem alerta para incêndio habitacional

Os Bombeiros Voluntários Famalicenses foram, na tarde desta terça-feira, alertados para uma situação de incêndio habitacional.

O alerta para a ocorrência, na Rua do Príncipe Real, foi dado cerca das 13h30 e para o local foram mobilizadas duas viaturas com oito operacionais.

De acordo com fonte do socorro, a situação ficou circunscrita a um utensílio de cozinha, localizado num anexo de habitação.

Braga: Homem sequestra mulher e filhas ameaçando-as com faca

Um homem sequestrou esta terça-feira, durante duas horas, a mulher e as duas filhas menores em casa em Figueiredo, concelho de Amares, mas acabou por se entregar às autoridades, disse fonte da GNR.

Segundo a fonte, o homem estava munido de uma faca e ameaçava de morte a mulher e as filhas.

O sequestro durou entre as 07:00 e as 09:00, hora a que o suspeito se entregou, após conversa com uma psicóloga do INEM. Ainda segundo a GNR, o homem sofre de perturbações do foro mental, pelo que foi transportado ao hospital, sob detenção, para tratamento.

Do incidente, não resultaram quaisquer feridos. Para o local, foram mobilizados os meios habituais para uma intervenção tático-policial

Famalicão celebra o Dia Mundial da Música

O Dia Mundial da Música é assinalado em Vila Nova de Famalicão, nos dias 1 e 2 de outubro, com três espetáculos, na Casa das Artes e no Teatro Narciso Ferreira (TNF).

As comemorações abrem no sábado, dia 1 de outubro, às 21h30, no grande auditório da Casa das Artes de Famalicão, com a miniópera Domitila, num ato, de João Guilherme Ripper (música e libreto), baseada nas cartas de D. Pedro I e da Marquesa de Santos.

Durante, cerca de uma hora, a soprano Sara Braga Simões, acompanha por Ricardo Alves (clarinete), Burak Ozkan (violoncelo) e Christina Margotto (piano), vai dar corpo à encenação concebida por Pedro Ribeiro. Produção Mestres Viajantes e coprodução Casa das Artes.

No mesmo dia 1 de outubro, às 21h30, no TNF, em Riba de Ave, é apresentado o Duo Arsis, um dueto de guitarras fundado em dezembro de 2016, composto por Nuno Jesus (Portalegre) e João Robim (Famalicão), que começou na Universidade de Évora. Do programa consta a interpretação de peças de T. Hamasyan, J. S. Bach, T. Quintas; C. Debussy, M. Castelnuovo-Tedesco e F. Chopin.

Entrada neste espetáculo é livre até à lotação da sala, com levantamento prévio de bilhete, na bilheteira do TNF, uma hora e meia antes do início do espetáculo.

No dia 2, domingo, às 11h30, as comemorações prosseguem na Casa das Artes com concertos para as Famílias 2022, no 5.º Ciclo de Concertos Promenade. O espetáculo incide sobre a temática: A Dança na Música Portuguesa, com a ARTEAM – Escola Profissional Artística do Alto Minho (Viana do Castelo).

Os Concertos para as Famílias 2022, adotam o formato dos Concertos Promenade, de maio a dezembro, aos domingos de manhã, em que a grande música, tocada pelas Orquestras das Escolas Profissionais, e explicada com interação multimédia, é usufruída por todas as idades num ambiente descontraído e de grande qualidade artística.