Famalicão: Francisco Rodrigues e Vanessa Carvalho segundos na S. Silvestre de Lisboa

Os famalicenses Francisco Rodrigues e Vanessa Carvalho, atletas do SC Braga, foram segundos na S. Silvestre de Lisboa, prova disputada este sábado.

Mariana Machado, também atleta do Braga e vencedora em 2021, venceu com 32.53 minutos, à frente de Vanessa Carvalho e Dulce Félix.

Na prova masculina, o vencedor foi Miguel Marques, com 29.10 minutos. O atleta do Sporting superou a concorrência do famalicense Francisco Rodrigues e de David Silva, ambos atletas do Sporting de Braga, que foram segundo e terceiro classificados.

 

7 Comments

  1. Fico muito feliz e faço votos de um continuo progresso e sucesso destes enormes FAMALICENSES,mas fico triste que representem outra cidade que não a nossa… 💪💙🤍💙

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ribeirão: Junta construiu mais de 50 novos gavetões no cemitério

A Junta de Freguesia de Ribeirão, construiu 57 novos gavetões no cemitério local. Esta medida visa evitar a falta de espaço para sepultar os falecidos da comunidade.

Além dos gavetões, foi construído mais um bloco de ossários, devido ao aumento da procura, especialmente com a popularidade da cremação e o depósito de ossadas após os cinco anos de utilização gratuita das campas.

A obra dos gavetões está concluída, e a Junta está agora a regularizar os passeios ao redor do novo bloco. Dois espaços sobrantes serão utilizados para jazigos duplos, que serão colocados em oferta pública após a sua conclusão. A concessão de 17 gavetões já foi aprovada pela Junta.

Famalicense Pedro Almeida é sexto no Rali de Castelo Branco

O piloto famalicense Pedro Almeida terminou o Rali de Castelo Branco na sexta posição, prova a pontuar para o Campeonato de Portugal de Ralis(CPR), quinta do calendário mas a primeira da fase de asfalto.

Num Rali que foi disputado a um ritmo muito elevado e com as diferenças entre os pilotos a serem sempre muito curtas, Pedro Almeida acabou por ser penalizado por um mau começo de prova. “Na sexta feira não entramos bem no rali, não elevamos o ritmo e o nível muito elevado de andamento acabou por nos penalizar, porque perdemos logo aí qualquer oportunidade de chegar perto e estar na luta por lugares mais acima” explica Pedro Almeida. “Na classificativa feita no dia de sexta feira, que repetimos no sábado, retiramos quase uma dúzia de segundos na segunda passagem, ao passo que os nossos adversários rodaram praticamente no mesmo tempo. Por aqui dá para perceber este mau começo, que foi determinante no resultado final, porque por mais que tenhamos tentado, nunca mais conseguimos estar próximos da frente” acrescentou o piloto.

É verdade que os resultado foram melhores no segundo dia de corrida “melhoramos muito nas classificativas e estivemos já no ponto em que queremos estar. Naturalmente saímos daqui com uma boa lição para o futuro” anotou ainda Pedro Almeida.

Depois de Castelo Branco o CPR prossegue no inicio de Agosto com a realização do Rali da Madeira, também em pisos de asfalto.

Famalicão: Ciclista ferido em despiste na N206

Um ciclista ficou ferido, na manhã deste domingo, na sequência do despiste da bicicleta onde seguia, em plena N206.

O acidente aconteceu na Avenida João XXI, na freguesia de Vermoim, tendo sido acionada para o local uma equipa dos Bombeiros Voluntários Famalicenses e a GNR.

A vítima, depois de socorrida no local, foi transportada para o hospital de Famalicão com ferimentos ligeiros.

Famalicão: Praça / Mercado com transmissão do Turquia x Portugal em ecrã gigante

A Praça-Mercado é um dos palcos do campeonato da Europa de futebol que está a decorrer na Alemanha, exibindo todos os jogos, em ecrã gigante. Este sábado, a partir das 17h00, será transmitido em ecrã gigante o Turquia x Portugal.

Nos dias de jogos da seleção são sorteadas duas camisolas de Portugal por todos os que fizerem compras na Praça-Mercado.

Hoje há Marcha LGBTQIAP+ em Famalicão

A marcha do Orgulho LGBTQIAP+ sai à rua na tarde deste sábado, a partir das 15h00, da Praça D. Maria II.

O percurso definido para a 3ª Marcha pelos Direitos LGBTQIAP+ passa pela Praça Dona Maria II, Rua de Santo António, Praça 9 de Abril, Rua Barão da Trovisqueira, Rua Adolfo Casais Monteiro, Avenida 25 de Abril, Rua São João de Deus, Rua Adriano Pinto Basto e Praça Álvaro Marques.

A Câmara Municipal vai associar-se ao movimento pela defesa dos Direitos Humanos Universais ao iluminar o edifício dos Paços do Concelho com as cores da bandeira arco-íris.