Famalicão: GRAL repudia afirmações da Câmara Municipal

A direção do Grupo Recreativo de Avidos e Lagoa «repudia» as afirmações produzidas no comunicado da Câmara Municipal de Famalicão relativamente à utilização do pavilhão de Delães e continua a afirmar que «há falta de diálogo da parte do município».

Em comunicado, a direção do clube lembra que a equipa de futsal feminina foi apenas dada a conhecer no dia 24 de julho aquando da inauguração do seu complexo desportivo, pelo que «nunca poderíamos cumprir com o pedido de manifestar interesse na ocupação do pavilhão nas datas de 1 a 15 de julho».

Recorde-se que a Câmara afirmou que as equipas tinham que se inscrever (para ocupação dos pavilhões até 15 de julho). Avança a direção que, na altura do anúncio da criação da equipa, «o presidente em exercício e o vereador de desporto mostraram total disponibilidade para ajudar visto tratar-se de uma modalidade nova no clube».

O GRAL, que continua a dizer que ainda não recebeu uma comunicação por escrito, «lamenta a atitude de quem de direito em proibir a nossa equipa de utilizar o Pavilhão de Delães» e «lamenta a falta de vontade da Câmara Municipal em arranjar uma solução», lembrando que a equipa está a competir e a «defender e a honrar o município». Por isso, «apelamos ao diálogo e à resolução do problema, visto que a equipa vai entrar na segunda semana sem treinar».

Em ação de protesto, no jogo da 5.ª jornada frente ao Nespereira, a equipa permaneceu imóvel em campo, durante um minuto, após o apito inicial do árbitro. A formação adversária, em solidariedade com o clube não atacou, mantendo a bola a circular entre todas.

Ao fim desse minuto, foi pedido um desconto de tempo para a equipa agradecer as inúmeras manifestações de solidariedade vindas da bancada com cartazes.

Vaga de calor anunciada pelo governo não se sentirá de forma tão intensa no norte

O governo anunciou, ao início da manhã desta quarta-feira, uma vaga de calor para os próximos dias que se deverá estender pelo mês de setembro.

Analisados alguns dados relativos à previsão da meteorologia pode-se concluir a vaga de calor anunciada não se sentirá de forma tão intensa na zona norte do país.

Até ao dia 26, e tendo por base a previsão para Vila Nova de Famalicão, a temperatura mais alta que se deverá registar será de 34 graus nos dias 19, 20 e 22 deste mês.

A situação acaba por ser ligeiramente diferente com máximas a rondar os 37 e os 40 graus já este fim de semana em algumas regiões do centro do país.

Este fim-de-semana há Mel – Piquenique das Artes em Famalicão

O Mel – Piquenique das Artes está de regresso nos dias 19 e 20 de agosto, tendo como palco o Parque da Devesa. O festival, que vai na 6.º edição, arranca esta sexta-feira pelas 16h00 com a «Câmara Obscura», serviço de aprendizagem que vai funcionar durante os dois dias do evento, e termina no sábado com a atuação da banda Killimanjaro, pelas 23h15. A entrada é gratuita.

“Evento artístico, multicultural, interdisciplinar e inclusivo, tendo a consciência, ecologia e cidadania como valores centralizadores de todo o projeto”, é assim que o Mel – Piquenique das Artes é descrito pela organização, a associação cultural famalicense, Elogio Vádio.

Fazendo jus à sua denominação, haverá piquenique em ambos os dias do evento a partir das 20h00, seguido de programação cultural heterógena nas duas noites do festival.

Na sexta-feira, a programação arranca com a projeção do documentário «Às de Espadas» de Rúben Marques, pelas 21h30, seguido do concerto de Luiz Caracol, pelas 22h30. Já no sábado, dia 20, há a apresentação do projeto audiovisual «Bem-Vindos ao Antropoceno», pelas 21h, seguido do grupo musical Baleia, Baleia, Baleia , que atua às 22h, terminando com o concerto dos Killimanjaro, pelas 23h15, que fecha a edição deste ano.

Destaque também para o serviço de aprendizagem «Câmara Obscura», que funcionará durante todo o festival, uma atividade em torno da experimentação do fenómeno do aparelho ótico que está na base da fotografia e que propõe uma viagem ao interior de uma câmara escura.

Refira-se que o Mel – Piquenique das Artes conta com o apoio do Município de Vila Nova de Famalicão desde a primeira edição, que aconteceu no primeiro fim-de-semana de agosto de 2017, tendo-se repetido nos mesmos períodos de 2018 e 2019. Este ano marca o regresso do festival ao seu formato original após duas edições (2020 e 2021) integradas na programação do ANIMA- TE, o programa de animação sociocultural de verão promovido pela autarquia.

MEL :: PIQUENIQUE DAS ARTES – Programa

Sexta-feira, 19’agosto

16:00 | Serviço de Aprendizagem: CÂMARA OBSCURA | (fotografia)

20:00 | Piquenique

21:00 | ÁS DE ESPADAS, de Rúben Marques (cinema)

22:30 | LUÍZ CARACOL (música)

Sábado, 20’agosto

16:00 | Serviço de Aprendizagem: CÂMARA OBSCURA (fotografia)

20:00 | Piquenique

21:00 | BEM-VINDOS AO ANTROPOCENO (música e vídeo)

22:00 | BALEIA, BALEIA, BALEIA (música)

23:15 | KILIMANJARO (música)

Mais informações em www.melpiquenique.com .

Famalicão: Campicarn compra duas fábricas no centro do país

A Campicarn, indústria de carnes, sediada em Vila Nova de Famalicão, adquiriu duas fábricas em Torres Novas.

As unidades fabris agora adquiridas têm uma área coberta total de cerca de 11 mil metros quadrados e ficam situadas na zona industrial e logística da Zibreira.

Este investimento irá resultar num claro aumento da capacidade produtiva da marca famalicense.

 

Gondifelos com a tradicional e secular Feira das Cebolas

Gondifelos volta a receber, no último fim de semana de agosto, a Feira das Cebolas que integra a Mostra Associativa da Freguesia.

É o Parque de Lazer de Gondifelos que, uma vez mais, recebe esta tradicional e secular feira.

O programa inicia-se às 14h00 de sábado, 27 de agosto.

Famalicão: GNR deteve condutor de 31 anos por posse de droga

Agentes da GNR detiveram em Famalicão, no último sábado, um homem de 31 anos por tráfico de estupefacientes.

No decorrer de uma ação de fiscalização rodoviária de prevenção e combate à criminalidade, os militares da Guarda abordaram um veículo suspeito e verificaram que os seus ocupantes demonstravam um comportamento nervoso. No seguimento da ação, os militares da Guarda efetuaram uma revista pessoal de segurança, bem como uma busca ao veículo, tendo verificado que um dos suspeitos tinha na sua posse 103,76 doses de haxixe.

No decurso desta ação policial, foi ainda elaborado um auto de contraordenação por consumo de estupefacientes a outro ocupante do veiculo, um homem de 27 anos, que tinha na sua posse 6,28 doses de haxixe.

O detido foi constituído arguido, e os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão.