Famalicão: Jazz Ensemble toca pela liberdade nos Paços do Concelho

Desde novembro do ano passado, Vila Nova de Famalicão está a comemorar os 50 anos do 25 de Abril, celebração que terá como momento alto, como é tradição, o próprio dia, com a sessão solene da Assembleia Municipal. Nesse dia está, também, agendado um concerto pelo Eixo do Jazz Ensemble, inspirado em canções de José Mário Branco, Sérgio Godinho e Zeca Afonso, marcado para as 16 horas, em frente aos Paços do Concelho, sendo de entrada gratuita.

O espetáculo resulta «num grito à liberdade com música», promete António Pedro Neves, conhecido como ‘AP’, um dos grandes nomes do jazz português. Nesta proposta musical «a palavra ‘liberdade’ tem tudo a ver com a maneira como concebi os arranjos e como os pensei (…) tentei não desvirtuar as canções originais, mas dar-lhes uma nova roupagem, à base de improvisação e solos, em torno do tema da liberdade”, explica AP durante um dos ensaios do grupo que estão a decorrer na Fundação Cupertino de Miranda.

Já Diego Alonso, diretor artístico do Eixo do Jazz Ensemble, promete um concerto «bastante emocionante, porque assinala os 50 anos de uma data muito importante para os portugueses. Acredito que vá tocar no coração de quem estiver a assistir», acredita. Ao longo do espetáculo haverá, ainda, a projeção de imagens da revolução de Abril em Famalicão e no país pela Whale’s Mouth (Nuno Meneses e Gabriela Almeida).

O concerto será precedido pela recitação do poema “As Portas que Abril Abriu” de Ary dos Santos, pela voz de António Sousa, seguindo-se uma homenagem a Ivo Machado, que declamará um poema de sua autoria, acompanhado à guitarra pelo músico famalicense, Tiago Machado.

O Eixo do Jazz Ensemble é uma fusão luso-galaica constituída por nove artistas, entre eles: AP, na guitarra; Clara Lacerda, no piano; Teresinha Sarmento e Joana Raquel Alhau, nas vozes; Diego Alonso, no saxofone tenor; Rafael Gomes, no saxofone barítono; João Pedro Dias, no trompete; Yudit Almeida, no contrabaixo; e Gonçalo Ribeiro, na bateria.

Recorde-se que Famalicão está a comemorar os 50 Anos do 25 de Abril com uma programação cultural diversificada que arrancou em novembro último. O programa municipal foi desenvolvido pelo Município de Famalicão, através da Comissão de Honra e Científica das celebrações municipais, em articulação com a comissão nacional, e pode ser consultado no site oficial da autarquia, em www.famalicao.pt .

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Famalicão: GD Joane vai a votos e Custódio Batista recandidata-se

No dia 10 de junho, às 9h30, o GD Joane reúne em Assembleia Geral para, entre outros pontos, eleger os órgãos sociais. Na sede do clube, e após o ato eleitoral, será dada posse aos novos órgãos sociais. A sessão encerra com outros assuntos de interesse para a coletividade.

O atual presidente, Custódio Batista, vai recandidatar-se a um novo mandato, continuando na liderança do clube que, na próxima época, vai competir no Campeonato de Portugal, após a conquista da Pró Nacional da AF Braga.

Famalicão: AC Vermoim em destaque nas Taças da Associação de Andebol de Braga

A jovem formação de iniciadas ACV, recém-formada e contando, ainda, com atletas infantis, deu provas de grande qualidade e jogou a final da Taça Manuel Novais Ferreira.

Já a equipa de iniciados venceu, no domingo, a oitava edição da Taça Hélder Machado.

Estas competições marcaram as fases finais das taças 2024 da Associação de Andebol de Braga.

Associação Cultural & Artística Famalicão Fado celebrou terceiro aniversário

Na noite do passado sábado, no Espaço Acafado, houve jantar comemorativo para a Associação Cultural & Artística Famalicão Fado assinalar o seu terceiro aniversário.

A festa teve Fado nas vozes de Joaquim Macedo, Sara Sousa, Mónica Jarimba, Lurdes Silva, Júlio Pereira, João Aranha, Elizabete Tecas, Maria José, Humberto Capelo e, ainda os convidados, Diogo Aranha e Patrícia Costa. O acompanhamento musical foi de Pedro Martins, na guitarra portuguesa; Costa Pereira e José Cunha, na viola de fado; Filipe Fernandes, no contrabaixo.

Foram entregues lembranças alusivas, cantados os parabéns e cortado o bolo de aniversário, na presença dos diretores e de Mário Passos, presidente da Câmara Municipal de V. N. Famalicão, que se regozijou por o concelho ter uma associação que promove e ensina Fado. Também presentes, Estela Veloso, presidente da União de Freguesias de Famalicão e Calendário, onde a associação está sediada e António Gomes, presidente da União de Freguesias de Avidos e Lagoa, onde está localizado o Espaço Acafado.

 

 

Associação de Dadores de Famalicão realiza colheita de sangue em Rebordões

No próximo domingo, a Associação de Dadores de Sangue de V. N. de Famalicão promove uma colheita no Pavilhão Gimnodesportivo de Rebordões – Santo Tirso, com o apoio do Grupo Afrikan Runners e do Agrupamento do CNE nº339.

Aberta à população em geral, a colheita decorre entre as 09h00 e as 12h30 pelo Instituto Português do Sangue e da Transplantação.

Famalicão: Joaquim Silva vence 2.º Open de Damas António Dâmaso

Joaquim Silva, do CCD São João da Madeira, foi o grande vencedor do 2º Open de Damas António Dâmaso “O eterno amigo”, que decorreu no passado sábado. A prova, organizada pela Casa do Povo de Lousado, teve a participação de 60 damistas e fez parte das competições do circuito nacional da Federação Portuguesa de Damas. Por equipas, triunfou o CCD S.J. da Madeira.

A cerimónia de entrega de troféus teve a presença dos filhos de António Dâmaso e, em representação do vereador do Desporto da Câmara Municipal de Famalicão, esteve Luís Teixeira, e, ainda, o presidente da Junta de Freguesia de Lousado, Jorge Ferreira.

Todos os damistas tiveram um prémio de participação e. após a entrega dos troféus, seguiu-se um jantar/convívio.

Na foto, da esquerda para a direita: José Mesquita (Casa do Povo), Joaquim Silva (vencedor), Graça Couto (filha António Dâmaso), Luís Teixeira (CMVNF) e Jorge Ferreira (presidente da Junta)

Famalicão: Ballas Júnior foi segundo em Paços de Ferreira

Paulo Ballas Júnior foi segundo classificado na segunda prova do Campeonato Nacional de Trial que decorreu, este domingo, em Paços de Ferreira. A etapa ficou marcada pela chuva do dia anterior e pelas zonas muito longas que criaram dificuldades ao jovem piloto famalicense.

Numa análise à prova, Ballas Júnior considerou que «temos que continuar a trabalhar para chegar aos objetivos pretendidos». Elogiou, ainda, a presença do muito público que ajudou «a colorir o dia».