Famalicão joga em Barcelos na próx. segunda-feira e os bilhetes já começaram a ser vendidos

Na terceira jornada da I Liga de futebol o Famalicão vai até ao Estádio Cidade de Barcelos para defrontar a equipa local.

A partida está marcada para as 20h15 e já há ingressos disponíveis.

Os interessados podem comprar o bilhete por 10 euros ou o pack bilhete + transporte por 15 euros.

A venda dos bilhetes irá decorrer até às 16.30 horas de segunda-feira, e a reserva de lugar no autocarro terá de ser efetuada até sábado às 18 horas.

Famalicão: Rali passa por várias freguesias com a especial noturna em Esmeriz

O Rali de Famalicão vai para a estrada este fim de semana. Prova pontuável para o Campeonato Start Norte de Ralis, Troféu kumho e Troféu de Ralis Team Baia.

No primeiro dia, sábado, há dupla passagem na pec de Arnoso Santa Eulália, Nine, Jesufrei e Lemenhe (14h15/15h55); e tripla passagem em Calendário, Vilarinho das Cambas e Fradelos (15, 16h50 e 18h10). A terminar o primeiro dia a novidade é a Super Especial com dupla passagem em Esmeriz (19h50, 20h05), seguindo-se para o Pódio Start, no átrio do Município (23H).

O domingo começa com mais uma novidade, a dupla passagem na pec de Vale de São Martinho, Santiago da Cruz, Vale de São Cosme e Sezures (10h55, 12h41), prosseguindo com pec de Outiz Vilarinho das Cambas e Ribeirão (11h35, 13h20), também com dupla passagem, terminado com o pódio extra nos Paços do Concelho (15h30).

As ruas por onde vão passar os cerca de 90 competidores encerram para circulação 1h30 antes dos horários dos percursos atrás descriminados.

Em 2021, a prova foi ganha Adruzilio Lopes / Paulo Silva, em Mitsubishi Lancer Evolution IX; no segundo lugar ficou Fernando Peres/José Pedro Silva, em Mitsubishi Lancer Evo IX, fechando o pódio com Filipe Silva/Joana Silva, em Mitsubishi Lancer Evolutions VI.

Está tudo «afinado» para o Rali de Famalicão

«Está tudo pronto» para o Rali de Famalicão, a afirmação é de Sérgio Aguiar da direção do Team Baia, organizador deste evento desportivo que promete um grande espetáculo para a alegria dos muitos aficionados famalicenses e de toda a região.

Há 90 equipas inscritas, «muito acima das expectativas», garante Sérgio Aguiar. Depois do adiamento de julho para 1 e 2 de outubro, devido ao tempo, o responsável do Team Baia garante que não foi um revés e que o Rali não perdeu qualidade.

A prova é que há mais equipas inscritas, afirma. Chegam de vários pontos de Portugal, «o que prova a importância do nosso Rali», acrescenta. O responsável do Team Baia diz que há, naturalmente, muitas equipas famalicenses porque esta é uma prova a que ninguém quer faltar, a não ser por imperativos de agenda.

Sérgio Aguiar não destaca o nome de um piloto ou navegador, porque, na sua perspetiva, todos «são importantes», de pilotos, a navegadores, passando pelos mecânicos e outros assistentes.

Os últimos pormenores é o reforço da segurança, o maior requisito para um espetáculo desta natureza. «Temos muita sinalização, não olhamos a meios nesta matéria», descreve. Além disso, estão a contactar a população residente nas zonas das classificativas para tomar todas as cautelas nas horas das provas. E não são apenas as pessoas que importam, há também a preocupação com os animais que possam andar errantes. «As nossas classificativas são muito urbanas, há casas quase de 50 a 50 metros», regista Sérgio Aguiar. Isto apesar de muitas pessoas pensarem que a prova só atravessa montes em Fradelos, Vilarinho, S. Martinho ou Sezures.

Para que tudo funcione na perfeição, o Team Baia conta com quase 300 pessoas, entre forças policiais, bombeiros, médicos, staff da organização e outros voluntários.

Sérgio Aguiar reconhece que Famalicão tem muitos e bons pilotos, navegadores e mecânicos experientes; tem um Rali que «é uma imagem de marca do concelho e que ajuda a projetar a imagem de Famalicão»; e que, por isso, o Rali é um produto que ajuda o desporto, a economia e o turismo. Se um dia o Rali de Famalicão vai contar para outros prémios nacionais, Sérgio Aguiar não tem dúvidas de que vai acontecer porque «tem condições», mas não sabe ainda quando será. O importante agora, «é está tudo pronto».

João Pedro Sousa leva uma semana de trabalho para preparar receção ao Boavista

João Pedro Sousa cumpre, esta quinta-feira, uma semana de trabalho no FC Famalicão. No regresso ao clube, o treinador prepara a estreia, já este domingo, diante do Boavista, equipa que treinou depois de sair do Famalicão, em 2021.

Depois do sucesso em 2019/2020, com o sexto lugar na primeira liga, o treinador saiu em janeiro de 2021, seguiu-se uma passagem pelo Al Raed, da Arábia Saudita, até ao regresso a Famalicão, que aconteceu no passado dia 22 de setembro

Na conferência de imprensa de apresentação, João Pedro Sousa logo avançou que «não gosta de vender sonhos», reconheceu que o momento da equipa «é difícil», mas, doravante, «vamos jogar para ganhar». Do plantel que agora treina, João Pedro Sousa disse que o conhece bem e está «identificado com o seu valor». Voltar a ser «feliz» em Famalicão, motivar e trabalhar os jogadores «para jogarem com alegria» e inverter o ciclo negativo já no próximo jogo (em casa, com o Boavista), são as suas primeiras premissas. E tudo isto para «dar alegrias aos nossos adeptos».

Foto: FC Famalicão

Governo anuncia: Linha de alta velocidade vai permitir viagens Porto – Lisboa em cerca de 1 hora

O governo lançou, esta quarta-feira, o projeto da nova linha de alta velocidade entre Porto e Lisboa.

Os primeiros dados revelados dão conta que vai ser possível viajar entre as duas principais cidades do país em apenas 1 hora e 15 minutos, no serviço direto, ou seja, sem paragens.

A construção / implementação deste serviço acontecerá por partes. A primeira, que passa pela construção do troço entre Porto e Soure, deve arrancar em 2028.

A ligação entre Porto e Lisboa só deverá estar pronta depois de 2030.

 

Famalicão: Câmara da Trofa homenageia campeões na V Gala do Desporto

A Câmara Municipal da Trofa homenageia todos os campeões desportivos do concelho da Trofa, naquela que será a V Gala de Desporto. Está marcada para o dia 1 de outubro, pelas 21 horas, no pavilhão da Escola Secundária da Trofa.

O objetivo passa por premiar todos aqueles e aquelas que tiveram um papel preponderante no desenvolvimento do Desporto no Concelho da Trofa nas últimas 3 épocas, 2019/2020, 2020/2021 e 2021/2022, uma vez que nos últimos dois anos não houve gala, devido à pandemia.

Entre as categorias a concurso destaque para a entrega do Prémio Carreira, um troféu que assinala e destaca uma personalidade como uma referência na prossecução da excelência desportiva e um modelo para os mais novos.

Segundo Sérgio Humberto, presidente da Câmara Municipal da Trofa, este será um «um momento de convívio e de reconhecimento da comunidade desportiva do Concelho, que sirva também de estímulo para que cada vez mais jovens pratiquem desporto na Trofa, nas mais diversas modalidades».

O evento será, ainda, pautado por diversos momentos musicais com a participação de artistas locais e inúmeros convidados.

Portugal perde com Espanha em Braga e está afastado da Liga das Nações

A seleção portuguesa de futebol foi hoje afastada da ‘final four’ da Liga das Nações, ao perder por 1-0 com a Espanha, em encontro da sexta e última jornada do Grupo A2, no Estádio Municipal de Braga.

Um golo de Álvaro Morata, aos 88 minutos, selou o triunfo da ‘roja’, finalista vencida em 2021, que ganhou o agrupamento, com 11 pontos, contra 10 de Portugal e nove da Suíça, que venceu em casa a República Checa (2-1), regelada à Liga B, com quatro.

Portugal, vencedor em 2019, só precisava de empatar com a Espanha para selar um lugar na ‘final four’ da terceira edição da Liga das Nações, que se disputará de 14 a 18 de junho de 2023, com Espanha, Croácia, Itália e Países Baixos.