Famalicão: Lojas na Central de Camionagem sem interessados

Os espaços sobrantes destinados ao comércio e serviços no Centro Coordenador de Transportes/Central de Camionagem não tiveram interessados, pelo que o concurso público fica sem efeito.

Recorde-se que os estabelecimentos comerciais/serviços que já lá estavam instalados tiveram direito de preferência e vão continuar, mas havia espaços a mais que foram lançados a concurso e não tiveram interessados.

O presidente da Câmara Municipal desdramatiza. Mário Passos disse, no final da reunião de Câmara desta quinta-feira, que quando as obras terminarem e as pessoas «perceberem a mais-valia daquele espaço vão querer investir». Até lá, avança que o município vai continuar a fazer «diligências» para que apareçam interessados, seja «por via do concurso público ou por ajuste direto».

Enquanto isso, o Centro Coordenador de Transportes poderá abrir normalmente, o que deve acontecer só no final do ano de 2022. A parte exterior está revestida, faltam acabamentos no interior.

67 Comments

  1. Nem sei que diga. 😮 Mas melhor não ter ocupação do que ter má e fraca ocupação. Seleccionem bem.
    Na Praça o comércio de lojas não parece ser o tradicional.

  2. Nem sei que diga. 😮 Mas melhor não ter ocupação do que ter má e fraca ocupação. Seleccionem bem.
    Na Praça o comércio de lojas não parece ser o tradicional.

  3. Quando o maior interesse são as grande superfícies, não há lugar para o mercado local.

  4. Quando o maior interesse são as grande superfícies, não há lugar para o mercado local.

  5. Quando o maior interesse são as grande superfícies, não há lugar para o mercado local.

  6. Vou ser sincera Famalicão não puxa para passeios,há uns anos atrás falou se que ia se construir um centro comercial à entrada de Ribeirão,mas até hoje o projecto nunca foi avante. Só vou a Famalicão por causa da feira semanal, ou porque tenho que ir ao hospital,ou tratar de assuntos,ou quando tem as festas,só isso. Vamos mais depressa a Guimarães,do que a Famalicão,porque não cativa.

  7. Vou ser sincera Famalicão não puxa para passeios,há uns anos atrás falou se que ia se construir um centro comercial à entrada de Ribeirão,mas até hoje o projecto nunca foi avante. Só vou a Famalicão por causa da feira semanal, ou porque tenho que ir ao hospital,ou tratar de assuntos,ou quando tem as festas,só isso. Vamos mais depressa a Guimarães,do que a Famalicão,porque não cativa.

  8. Vou ser sincera Famalicão não puxa para passeios,há uns anos atrás falou se que ia se construir um centro comercial à entrada de Ribeirão,mas até hoje o projecto nunca foi avante. Só vou a Famalicão por causa da feira semanal, ou porque tenho que ir ao hospital,ou tratar de assuntos,ou quando tem as festas,só isso. Vamos mais depressa a Guimarães,do que a Famalicão,porque não cativa.

  9. Vou ser sincera Famalicão não puxa para passeios,há uns anos atrás falou se que ia se construir um centro comercial à entrada de Ribeirão,mas até hoje o projecto nunca foi avante. Só vou a Famalicão por causa da feira semanal, ou porque tenho que ir ao hospital,ou tratar de assuntos,ou quando tem as festas,só isso. Vamos mais depressa a Guimarães,do que a Famalicão,porque não cativa.

  10. Obras que nunca mais se vê o fim. Supermercados em tudo que é canto. Nao se admirem que o comércio local, esteja cada vez mais a definhar… vão ter essas lojas às moscas, as do mercado e muitas mais espalhadas pela cidade. A loja do cidadão foi para aquele centro comercial nao se percebe, porquê. A entrada é horrível. Alias, percebe se. Ja sabemos como funciona a máquina. Na central de facto ficava bem. Perto dos transportes e com muito estacionamento.

  11. Obras que nunca mais se vê o fim. Supermercados em tudo que é canto. Nao se admirem que o comércio local, esteja cada vez mais a definhar… vão ter essas lojas às moscas, as do mercado e muitas mais espalhadas pela cidade. A loja do cidadão foi para aquele centro comercial nao se percebe, porquê. A entrada é horrível. Alias, percebe se. Ja sabemos como funciona a máquina. Na central de facto ficava bem. Perto dos transportes e com muito estacionamento.

  12. Obras que nunca mais se vê o fim. Supermercados em tudo que é canto. Nao se admirem que o comércio local, esteja cada vez mais a definhar… vão ter essas lojas às moscas, as do mercado e muitas mais espalhadas pela cidade. A loja do cidadão foi para aquele centro comercial nao se percebe, porquê. A entrada é horrível. Alias, percebe se. Ja sabemos como funciona a máquina. Na central de facto ficava bem. Perto dos transportes e com muito estacionamento.

  13. É pá, que mau feitio sempre a dizer mal da câmara, a câmara não tem culpa ? O presidente, os vereadores, os fiscais , os encarregados , estes não são de certeza,,tudo gente competente e responsável???? É caso de polícia toca descobrir os responsáveis,se descobrirem digam-me gostava de saber quem são?????? Boa noite.

  14. É pá, que mau feitio sempre a dizer mal da câmara, a câmara não tem culpa ? O presidente, os vereadores, os fiscais , os encarregados , estes não são de certeza,,tudo gente competente e responsável???? É caso de polícia toca descobrir os responsáveis,se descobrirem digam-me gostava de saber quem são?????? Boa noite.

  15. É pá, que mau feitio sempre a dizer mal da câmara, a câmara não tem culpa ? O presidente, os vereadores, os fiscais , os encarregados , estes não são de certeza,,tudo gente competente e responsável???? É caso de polícia toca descobrir os responsáveis,se descobrirem digam-me gostava de saber quem são?????? Boa noite.

  16. De certeza que querem alugar, mas levar tanto dinheiro como se estejam a vender!
    O comércio em Famalicão já viu melhores dias! O que estão a fazer a Famalicão, vai acabar por “enxotar” os clientes. Falta de estacionamentos e com as obras no antigo parque da feira onde cabiam muitos carros, reduziu para menos de metade, o mesmo notros lugares da cidade. Eu ia muitas vezes às compras à cidade, mas ultimamente vou a centros comerciais com estacionamento, como eu outras pessoas.

  17. De certeza que querem alugar, mas levar tanto dinheiro como se estejam a vender!
    O comércio em Famalicão já viu melhores dias! O que estão a fazer a Famalicão, vai acabar por “enxotar” os clientes. Falta de estacionamentos e com as obras no antigo parque da feira onde cabiam muitos carros, reduziu para menos de metade, o mesmo notros lugares da cidade. Eu ia muitas vezes às compras à cidade, mas ultimamente vou a centros comerciais com estacionamento, como eu outras pessoas.

  18. De certeza que querem alugar, mas levar tanto dinheiro como se estejam a vender!
    O comércio em Famalicão já viu melhores dias! O que estão a fazer a Famalicão, vai acabar por “enxotar” os clientes. Falta de estacionamentos e com as obras no antigo parque da feira onde cabiam muitos carros, reduziu para menos de metade, o mesmo notros lugares da cidade. Eu ia muitas vezes às compras à cidade, mas ultimamente vou a centros comerciais com estacionamento, como eu outras pessoas.

  19. Irá ficar como sempre com cabos de fora e com fita branca e vermelha á volta. Só no ano de são nunca. Kkk

  20. Irá ficar como sempre com cabos de fora e com fita branca e vermelha á volta. Só no ano de são nunca. Kkk

  21. Irá ficar como sempre com cabos de fora e com fita branca e vermelha á volta. Só no ano de são nunca. Kkk

  22. E o tal pavilhão multiusos prometido pelo homem dos sapatos de seu nome Armindo Costa nos idos anos de 2001.
    Já nessa altura ele dizia que Famalicão era a única cidade do distrito de Braga que não tinha tal pavilhão…. Até Hoje!!

  23. E o tal pavilhão multiusos prometido pelo homem dos sapatos de seu nome Armindo Costa nos idos anos de 2001.
    Já nessa altura ele dizia que Famalicão era a única cidade do distrito de Braga que não tinha tal pavilhão…. Até Hoje!!

  24. E o tal pavilhão multiusos prometido pelo homem dos sapatos de seu nome Armindo Costa nos idos anos de 2001.
    Já nessa altura ele dizia que Famalicão era a única cidade do distrito de Braga que não tinha tal pavilhão…. Até Hoje!!

  25. Para além de muita coisa que falta para atrair turistas, uma delas é um local de merendeiro . Espaço para isso não falta

  26. Para além de muita coisa que falta para atrair turistas, uma delas é um local de merendeiro . Espaço para isso não falta

  27. Para além de muita coisa que falta para atrair turistas, uma delas é um local de merendeiro . Espaço para isso não falta

  28. Só abrem hipermercados uns ao lado do outro. Bastava haver um de cada e construírem um centro comercial. Cá não existe nada para passar um tempo no inverno.

  29. Só abrem hipermercados uns ao lado do outro. Bastava haver um de cada e construírem um centro comercial. Cá não existe nada para passar um tempo no inverno.

  30. Só abrem hipermercados uns ao lado do outro. Bastava haver um de cada e construírem um centro comercial. Cá não existe nada para passar um tempo no inverno.

  31. Pudera renovar a cidade por fora …mas investir num shoping moderno com salas de cinema, jogos e restauração ect… para chamar jovens à cidade não é preciso pois eles fogem para outras cidades vizinhas e nem morar aqui querem o que é triste ver a cidade onde nasceram ficar uma cidade fantasma….pensem nisso

  32. Pudera renovar a cidade por fora …mas investir num shoping moderno com salas de cinema, jogos e restauração ect… para chamar jovens à cidade não é preciso pois eles fogem para outras cidades vizinhas e nem morar aqui querem o que é triste ver a cidade onde nasceram ficar uma cidade fantasma….pensem nisso

  33. Então era só mais doismeses agora é no final do ano !!!!! Esta é mesmo uma obra da s. Ingracia nunca mais acaba …

  34. Então era só mais doismeses agora é no final do ano !!!!! Esta é mesmo uma obra da s. Ingracia nunca mais acaba …

  35. Engraçado não se ter um shopping digno desse nome por causa do comércio tradicional, e ele estar a morrer pois a gente vai deixar o dinheiro às cidades vizinhas….
    Vila Nova de Famalicão é uma cidade boa para dormir, andar de bicicleta, correr, já lazer braga Guimarães, Porto agradece aos autarcas que temos que não tem dois dedos de testa…

  36. Engraçado não se ter um shopping digno desse nome por causa do comércio tradicional, e ele estar a morrer pois a gente vai deixar o dinheiro às cidades vizinhas….
    Vila Nova de Famalicão é uma cidade boa para dormir, andar de bicicleta, correr, já lazer braga Guimarães, Porto agradece aos autarcas que temos que não tem dois dedos de testa…

  37. Em primeiro lugar, de que ano estamos a falar???
    Não é possível projectar, em consciência, um investimento sem saber, minimamente, quando o mesmo poderá laborar. Pelo que se tem constatado, prazos não são prioridade para a Câmara, daí não ser de espantar que ninguém queira arriscar investir em lojas nesse edifício. Se tivessem construído, como eu sempre defendi, a Loja do Cidadão por cima da central de camionagem, aposto que as lojas já estariam todas alugadas.

  38. Em primeiro lugar, de que ano estamos a falar???
    Não é possível projectar, em consciência, um investimento sem saber, minimamente, quando o mesmo poderá laborar. Pelo que se tem constatado, prazos não são prioridade para a Câmara, daí não ser de espantar que ninguém queira arriscar investir em lojas nesse edifício. Se tivessem construído, como eu sempre defendi, a Loja do Cidadão por cima da central de camionagem, aposto que as lojas já estariam todas alugadas.

  39. Quem ficou com as lojas no mercado , pode sempre ficar com mais uma na central de camionagem .

  40. Quem ficou com as lojas no mercado , pode sempre ficar com mais uma na central de camionagem .

  41. Eu não me admiro nada? Por este andamento, vai ficar muito mais às moscas!!! O dinheiro não cai do ceu .E muitas coisas mais infelizmente 😪😪

  42. Eu não me admiro nada? Por este andamento, vai ficar muito mais às moscas!!! O dinheiro não cai do ceu .E muitas coisas mais infelizmente 😪😪

  43. Ainda estamos á espera de um parque radical como existe em todas as cidades menos nesta para juventude poder passar tempo de formas saudáveis, um processo e um pedido feito inúmeras vezes á câmara, entretanto já se passaram mais de 30 anos e nada.

  44. Ainda estamos á espera de um parque radical como existe em todas as cidades menos nesta para juventude poder passar tempo de formas saudáveis, um processo e um pedido feito inúmeras vezes á câmara, entretanto já se passaram mais de 30 anos e nada.

  45. De que adianta obras e mais obras se as mesmas não trazem sustentabilidade! Enfim… Dinheiro público

  46. De que adianta obras e mais obras se as mesmas não trazem sustentabilidade! Enfim… Dinheiro público

  47. São essas, são as do Shopping Town, são as do Vinova… enquanto não apoiarem os comerciantes locais, não vão existir interessados, nem vão existir novos postos de trabalho! O parque D. Maria II está muito lindo, no entanto quem entrar no Shopping Town assustasse, parece o “shopping” de uma cidade abandonada! Não queiram tornar a cidade só bonita para os que vêm de fora, têm de dar qualidade aos que lutam por ficar cá! Invistam nisso em vez de ponderarem construir um estádio novo!

Famalicão: EARO com bons resultados no nacional de Corta-Mato Longo

No campeonato Nacional de Corta-Mato Longo, disputado na manhã deste domingo, na cidade de Amora, os atletas da Escola de Atletismo Rosa Oliveira conseguiram bons desempenhos

Em juvenis, Ana Faria foi sétima e Leandro Gonçalves terminou no décimo terceiro lugar. Francisco Rodrigues e João Rodrigues conseguiram, respetivamente, iguais classificações em juniores.

Em seniores participaram Rui Oliveira e Nélson Oliveira, contribuindo também, com bons resultados.

PJ deteve em Famalicão homem de 28 anos que violou menor de 16 numa discoteca

Um homem de 28 anos foi encontrado e detido pela Polícia Judiciária, em Famalicão, depois de no início de outubro ter violado uma jovem de 16 anos, numa discoteca de Ourém, no distrito de Santarém.

Segundo avança o Jornal de Notícias, a violação terá acontecido na zona das casas de banho do estabelecimento de diversão noturna. O homem, de nacionalidade brasileira e operário de construção civil, conseguiu escapar dos funcionários da discoteca que tentaram travar a sua fuga.

O autor do crime, ter-se-á deslocado na mesma noite para casa de familiares em Vila Nova de Famalicão, onde acabou por ser detido. Foi presente a tribunal e vai aguardar julgamento no estabelecimento prisional.

Famalicão: Meia Maratona de 2023 será em outubro

A edição 2023 da Meia e Mini Maratona de Famalicão será disputada no mês de outubro. A novidade foi avançada por Jorge Teixeira, diretor-geral da Runporto. No final da prova que se disputou na manhã deste domingo, o dirigente deu conta desta novidade, acreditando que o novo percurso, acrescido da prova de 10km, será um chamariz para que mais atletas venham correr na prova famalicense.

Nesta edição, Hélio Gomes (Sporting) e Dulce Félix (Benfica) foram os vendedores da Meia Maratona de Famalicão. Na prova dos 10km, uma novidade, Hugo Daniel Santos (Salgueiros) e a famalicense Jéssica Pontes (Team El Comandante) cortaram a meta em primeiro lugar. A chuva intensa que caiu durante a prova não afastou os cerca de 2700 atletas.

Famalicão: Ana Marinho é vice-campeã nacional

A atleta famalicense Ana Marinho sagrou-se, na manhã deste domingo, vice-campeã nacional de corta-mato longo. Na prova disputada na cidade de Amora, a atleta do S. Salvador do Campo, mostrou o seu bom momento de forma.

O Corta-Mato Cidade de Amora, que vai na 32.ª edição, decorreu em simultâneo com o 99.º Campeonato Nacional de Corta-Mato Longo, prova que serviu de observação dos atletas para o Campeonato da Europa, com Ana Marinho a reunir, atualmente, todas as condições e resultados para ser chamada.

 

Famalicão: Tomás e Gabriela vencem Taça de Portugal

O par Tomás Gomes e Gabriela Teixeira venceram, este sábado, a Taça de Portugal de Dança Desportiva.

Em Braga, na grande final da Taça de Portugal, o par da Academia Gindança foi o grande vencedor em Juniores II Open Standart.

Famalicão: FAC e Riba d’Ave derrotados

As duas equipas famalicenses que competem no nacional da primeira divisão de hóquei em patins perderam, este sábado, os respetivos jogos.

Na sexta jornada, a tarefa do FAC era a mais difícil, dado que jogava em casa do Benfica, um dos líderes da classificação. Dois golos de Joca Guimarães levaram o Famalicense empatado para o intervalo, mas na segunda parte os visitados estabeleceram o 5-2 final.

O Riba d’Ave/Sifamir jogou em casa do Murches, equipa da zona de Cascais, e perdeu por 4-1. A equipa da casa marcou logo a abrir, mas Nery empatou o jogo para os ribadavenses. O intervalo chegou com um 3-1 para os locais.

O campeonato prossegue já na próxima quarta-feira, com a sétima jornada. O FAC recebe o Sporting no Pavilhão Municipal. O Riba d’Ave Sifamir também joga em casa, na quinta-feira, diante do Paredes.