Famalicão: Maria de Medeiros é a homenageada do Festival de Cinema Jovem

A atriz Maria de Medeiros é a homenageada da 9.ª edição do Ymotion – Festival de Cinema Jovem de Famalicão, que se realiza de 29 de novembro a 2 de dezembro. A distinção acontece no encerramento do festival, na Fundação Cupertino de Miranda.

«Há ícones e ícones. Maria de Medeiros é um dos nossos maiores. Uma atriz que também é um símbolo de resistência e de ativismo», refere o comissário do festival. Rui Pedro Tendinha salienta que a homenagem à atriz é «um reconhecimento mais do que justo, diria mesmo obrigatório, sobretudo como fonte de inspiração para todos os jovens que um dia sonhem em realizar ou protagonizar um filme».

Maira de Medeiros começou a sua carreira como atriz no teatro, mas foi o cinema que lhe deu maior notoriedade. Com 17 anos, estreou-se no grande ecrã com “Silvestre” (1982), de João César Monteiro, e participou em grandes produções americanas como “Henry & June” (1990), de Philip Kaufman ou “Pulp Fiction” (1994), de Quentin Tarantino, e produções espanholas como “Huevos de Oro” (1993) de Bigas Luna, “O detective e a morte” (1994) de Gonzalo Suarez ou “Airbag” (1997) de Juanma Bajo Ulloa, entre muitas outras.

Além de atriz, Maria de Medeiros tem trabalhos desenvolvidos como realizadora, sendo o mais conhecido o filme “Capitães de Abril” (2000), vencedor do Grande Prémio da Mostra Internacional de São Paulo no Brasil, e vários prémios do público em França. Para além desta longa-metragem, já realizou outras cinco, sendo “Aos Nossos Filhos” (2019), protagonizado pela atriz brasileira Marieta Severo, a sua mais recente obra cinematográfica.

Recorde-se que a competição de curtas-metragens da 9ª edição do Ymotion tem candidaturas abertas, para jovens dos 12 aos 35 anos, até dia 13 de outubro, através do site www.ymotion.org, onde também pode ser consultada a programação e mais informações sobre o festival de cinema jovem de Famalicão.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Vai ao hospital? Atualização do sistema informático pode causar demora no serviço

Este sábado poderão ocorrer constrangimentos no tempo de espera nas unidades hospitalares de Famalicão e Santo Tirso devido à instalação da nova versão do software SONHO – Sistema Integrado de Informação Hospitalar.

O objetivo passa por introduzir uma melhoria significativa na qualidade, acesso e segurança dos dados clínicos dos utentes. Uma vez que o SONHO v2 representa uma relevante evolução tecnológica nas bases de dados de informação clínica, viabilizando a interoperabilidade entre sistemas de informação, num sistema mais rápido, mais fiável, que reduz os circuitos suportados em papel.

No entanto, a migração da atual versão para o SONHO v2 é um processo de grande complexidade tecnológica, que implica a paragem dos sistemas de informação por algumas horas, mas que é imprescindível.

A Unidade Local de Saúde do Médio Ave diz estar a trabalhar para minimizar o impacto na prestação de cuidados de saúde aos utentes.

Famalicão: Despiste automóvel na Av. do Brasil

A noite desta sexta-feira na Avenida do Brasil, em Famalicão, fica marcada por um despiste automóvel.

O acidente aconteceu minutos antes das 21h00 e dele não terão resultado feridos, apenas danos materiais.

Por razões não apuradas, o condutor da viatura terá perdido o controlo do veículo tendo este embatido numa estrutura de iluminação pública.

Famalicão: Ibertrio e Duo Apassionato abrem Festival Cantos de Camilo

A primeira edição do Festival Cantos de Camilo começa esta sexta-feira e termina domingo. Pelo Centro de Estudos e Casa de Camilo, em Seide S. Miguel, vão passar vários músicos famalicenses.
Esta sexta-feira, às 21 horas, na sessão de abertura, marcam presença os grupos de teatro Grutaca e Amarcultura. Depois, pelas 21h30, o grupo “Ibertrio” abre o festival, seguindo-se a dupla “Duo Apassionato”, pelas 22h15. No sábado, a Casa-Museu de Camilo preenche-se com as atuações de Sandy Kilpatrick, Matilde Batista e de Sofia Machado, às 17h30, 18h30 e 19h15, respetivamente.
Inês Silva, Maria Gil e os The Cityzens animam o último dia do festival. O primeiro concerto começa às 17h30, o segundo às 18h30 e o terceiro momento musical começa às 19h15.

Consulte a programação do festival, que é de entrada gratuita, em: https://www.famalicao.pt/festival-cantos-de-camilo&mop=1203

O festival, que cruza o universo literário de Camilo Castelo Branco com a música, contempla, ainda, visitas guiadas à Casa-Museu, a partir das 17 horas, no sábado e domingo, antes do início dos concertos e nos intervalos entre performances musicais e teatrais.
O público é, assim, convidado a assistir a estes momentos culturais no auditório do Centro de Estudos Camilianos e na Casa de Camilo, na freguesia de Seide S. Miguel, num em formato Sunset, com comida e bebidas refrescantes.

Famalicão: Colisão entre viaturas junto à PSP

A tarde desta sexta-feira fica marcada por uma colisão entre duas viaturas, nas proximidades da PSP, em Famalicão.

Do sinistro, ocorrido antes das 16h00, não se registaram feridos, apenas danos materiais.

A Polícia de Segurança Pública tomou conta da ocorrência.

Famalicão: Equipa feminina joga com Braga, Sporting e Benfica no arranque da Liga BPI

Não vai ser fácil o início do campeonato para a equipa feminina do FC Famalicão. A edição 24/25 da Liga BPI, principal campeonato nacional feminino, começa a 1 de setembro com o FC Famalicão a visitar o vizinho SC Braga. Ainda segundo o sorteio, realizado esta sexta-feira, o conjunto famalicense estreia-se em casa, no dia 15, recebendo o Sporting, segundo classificado da edição anterior. Na terceira jornada visita o campeão nacional, Benfica.

Da próxima edição serão despromovidos, diretamente, os três últimos classificados. O nono classificado disputará o play-off de manutenção.

Famalicão: AD Oliveirense reúne em Assembleia Geral para dar posse ao novo presidente

Rui Marinho Pereira assume a direção da AD Oliveirense no dia 19 de julho. Nesse dia, pelas 19 horas, na sede do clube de Oliveira Santa Maria, realiza-se uma Assembleia Geral, para tomada de posse dos órgãos sociais para o biénio 24/26, sendo que os trabalhos começam com a apresentação e votação do relatório de contas da época finda.

Eleito em maio passado, Rui Marinho Pereira sucede a Marco Sousa que passa para a presidência da Assembleia Geral.

Da direção, entre outros, fazem parte, Daniel Leal e Francisco Antunes, como vice-presidentes. Augusto Machado e Luís Ferreira são, respetivamente, secretário e tesoureiro.

Na Assembleia Geral, com Vítor Pereira a cessar funções, Marco Sousa terá a seu lado José Faria e Ricardo Vieira, como vice-presidente e secretário, respetivamente. Albino Augusto Silva é o presidente do Conselho Fiscal, secundado por José Silva e Francisco Carvalho.