Famalicão: Município quer continuar a combater a discriminação

O Município de Famalicão apresentou esta terça-feira, dia 27 de setembro, o Plano Municipal para a Igualdade e Não Discriminação, que aponta para a aplicação de três dezenas de medidas. A sessão, que decorreu na Casa das Artes, contou com representantes de escolas e instituições, juntas de freguesia, forças policiais e responsáveis municipais.

Esta sessão de apresentação do Plano foi acompanhada com tradução pela língua gestual. Aliás, o braile e a língua gestual são instrumentos de comunicação que o município de Famalicão quer tornar mais frequentes para combater a discriminação.

O Plano contém muitas outras medidas, desde campanhas de sensibilização, regulamentos, eliminação de barreiras físicas, ajudas técnicas para os cidadãos portadores de deficiência e prémios.

«Já vínhamos fazendo uma sensibilização para esta igualdade de oportunidades que tem que existir entre homens e mulheres. A única coisa a ser distinguida são as qualificações, tarefas e as funções e não o sexo ou a raça da pessoa», realça o presidente da Câmara, em declarações aos jornalistas no final da palestra de apresentação do Plano.

Além das medidas já referidas, o autarca famalicense defende o cumprimento da escolaridade obrigatória como um requisito importante para atingir a igualdade de oportunidades. «Vou estar atento a isso porque não quero que, por via da falta de escolaridade, as pessoas tenham menos oportunidades», referiu Mário Passos.

Ao nível da não discriminação, o edil quer também campanhas de sensibilização e medidas que ajudem a combater algum tipo de discriminação a nacionais ou estrangeiros. «O concelho tem que ser para todos», recordando que Famalicão conta já com cidadãos de 27 nacionalidades.

O presidente da Câmara considera que também na área da Igualdade e Não Discriminação o município de Famalicão é uma referência nacional. No entanto, apesar de reconhecer que muito já foi feito, reconhece que ainda há trabalho a fazer. «Não estamos satisfeitos porque não atingimos os 100%», por isso diz que é preciso continuar a trabalhar para melhorar. «Não entendo que avôs/avós, pais/mães, que temos filhos/filhas ou netos/netas, a quem damos a melhor educação que sabemos e podemos, e depois hajam outros que, porventura, os discriminem», frisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Famalicão: Riba d’Ave HC vence Torneio Abertura da AFSA

A equipa de futsal do Riba d’ Ave venceu, este sábado, o Torneio de Abertura da segunda divisão, prova promovida pela AFSA – Associação Futebol Salão Amador de Vila Nova de Famalicão.

A formação ribadavense levou a melhor sobre o Covense, numa final que apenas foi decidida nas grandes penalidades.

Foto Riba d’Ave

Famalicão: GD Natação fecha primeiro dia em segundo lugar

Terminado o primeiro dia de provas, os nadadores famalicenses somam 197 pontos, a 10 pontos do primeiro classificado e a 34 do quarto, posição que já não permite a subida de divisão.

Em femininos, a formação famalicense é 11.º classificada, com 146 pontos.

Da equipa famalicenses e em termos individuais, realce para Rodrigo Pereira, segundo nos 200m Mariposa, e a estafeta masculinos que foi terceira nos 4x100m Estilos.

No primeiro dia disputaram-se 18 das 38 provas que totalizam o programa do Campeonato Nacional de Clubes da 2.ª Divisão. A União Piedense, em masculinos, soma 207 pontos à frente do Grupo Desportivo Natação (197) e Vikings Sports Club (178), clubes que estão na linha de promoção à 1.ª divisão.

Em femininos, a Associação Louzan Natação/EFAPEL lidera com 214 pontos.

Ascendem à 1.ª Divisão, os 1.º, 2.º e 3.º classificados masculinos e femininos.

O Campeonato Nacional de Clubes da 2.ª Divisão é organizado pela Federação Portuguesa de Natação, em parceria com a Associação do Centro Norte de Portugal e a Câmara Municipal de Estarreja.

Famalicão: Jovem atropelada na Avenida 25 de abril

Uma jovem foi, na tarde deste sábado, atropelada no centro da cidade de Famalicão.

O acidente aconteceu por volta das 14h50 e para o local foram acionados as duas corporações de bombeiros do concelho.

A vítima deverá ser encaminhada para uma unidade hospitalar da região.

Não há informação sobre o seu estado de saúde.

Famalicão: Homem fica em estado grave depois de despiste em Oliveira S.Mateus

Um homem ficou, esta sexta-feira, em estado grave, depois do despiste da viatura que conduzia, em Oliveira São Mateus.

O acidente aconteceu em plena EN310, cerca das 18h00.

Para o socorro foram acionados os Bombeiros Voluntários de Riba d’Ave e a VMER.

A GNR tomou conta da ocorrência.

Famalicão: Brufe já exibe árvore enfeitada com crochê

Ao final da tarde desta sexta-feira foi inaugurada em Brufe uma árvore gigante feita de crochê. O desafio foi lançado à comunidade e o bonito resultado pode ser visto na Praceta dos Combatentes.

Na inauguração, com a presença de centenas de pessoas e cânticos de Natal, o autarca local, Carlos Gomes, enalteceu o espírito comunitário que permitiu concretizar este objetivo, assinalando que o projeto que é agora uma realidade faz prova da solidariedade e amizade, fazendo votos que esta quadra natalícia seja intensamente vivida por todos.

Famalicão: Alunos da EB de Delães exploram a Casa do Território

Os alunos do 3º ano da EB de Delães visitaram a Casa do Território, no Parque da Devesa, no dia 28 de novembro. As crianças tinham como objetivo conhecer melhor o território, as suas personalidades e principais atividades.

Num só espaço ficaram a conhecer Bernardino Machado, Alberto Sampaio, Camilo Castelo Branco e Soledade Malvar. Para além das personalidades, também perceberam que existem museus importantes, com um significativo espólio.

A visita só terminou depois de os alunos conhecerem as indústrias que levam o nome de Vila Nova de Famalicão a todo o mundo, como é o caso de Vieira de Castro, Riopele, Louropel, Continental Mabor e Leica.

Rafael Azevedo, Lara Sampaio e outros meninos, intitulados “Somos os Exploradores”, ficaram encantados com as surpresas deste espaço e, no final, demonstraram os conhecimentos adquiridos.