Famalicão: Refeições escolares ficam (muito) mais caras ao município

No próximo ano letivo, a Câmara Municipal de Famalicão vai pagar mais pelo serviço de refeições escolares. Por ausência de propostas no concurso anterior, a Câmara teve que subir o preço por refeição que foi adjudicado por 2,79 euros, mais IVA.

O valor global para as refeições no próximo ano letivo é superior a 6 milhões 307 mil euros.

No âmbito do novo acordo de descentralização de competências, assinado na semana passada, o valor a transferir pelo Estado é de 2,75, mais IVA. O diferencial de quatro cêntimos terá que ser assumido pelo município de Famalicão, «mas também vamos desenvolver diligências, com outros municípios, para que, tal como o acordo com o Estado prevê, possamos ainda ser ressarcidos destes quatro cêntimos», ambiciona Mário Passos. O autarca lembra que estão em causa muitos milhares de refeições, o que perfaz muito dinheiro.

Ainda assim, e recordando o acordo de descentralização de competências, o presidente da Câmara recorda que houve uma melhoria significativa da proposta do Governo, uma vez que inicialmente propôs pagar aos municípios 1,46 cêntimos por refeição.

Só o orçamento de 2023 trará vertidos estes valores agora acordados com o Estado.

50 Comments

  1. A câmara gasta muito dinheiro mal gasto e não estão preocupados, só não ve quem anda dormir…

  2. A câmara gasta muito dinheiro mal gasto e não estão preocupados, só não ve quem anda dormir…

  3. A câmara gasta muito dinheiro mal gasto e não estão preocupados, só não ve quem anda dormir…

  4. A câmara gasta muito dinheiro mal gasto e não estão preocupados, só não ve quem anda dormir…

  5. A câmara gasta muito dinheiro mal gasto e não estão preocupados, só não ve quem anda dormir…

  6. É mais fácil a câmara gastar 7 milhões do erário público,e as refeições na maioria das vezes serem mal confecionadas e são servidas frias às crianças,,,e trabalhar organizar e responsabilizar,, da trabalho e trabalhar cansa ,,,, a minha imaginação que às vezes divaga em cenários que não são reais ??pensa, será que o responsável municipal e câmara ??? É melhor ficar por aqui????? e é esta gente eleita para resolver os problemas dos seus munícipes, sim no dia da festa da eleição são, no dia a seguir esquecem, políticos são como os melões,,, eu não gosto de melões!

  7. É mais fácil a câmara gastar 7 milhões do erário público,e as refeições na maioria das vezes serem mal confecionadas e são servidas frias às crianças,,,e trabalhar organizar e responsabilizar,, da trabalho e trabalhar cansa ,,,, a minha imaginação que às vezes divaga em cenários que não são reais ??pensa, será que o responsável municipal e câmara ??? É melhor ficar por aqui????? e é esta gente eleita para resolver os problemas dos seus munícipes, sim no dia da festa da eleição são, no dia a seguir esquecem, políticos são como os melões,,, eu não gosto de melões!

  8. É mais fácil a câmara gastar 7 milhões do erário público,e as refeições na maioria das vezes serem mal confecionadas e são servidas frias às crianças,,,e trabalhar organizar e responsabilizar,, da trabalho e trabalhar cansa ,,,, a minha imaginação que às vezes divaga em cenários que não são reais ??pensa, será que o responsável municipal e câmara ??? É melhor ficar por aqui????? e é esta gente eleita para resolver os problemas dos seus munícipes, sim no dia da festa da eleição são, no dia a seguir esquecem, políticos são como os melões,,, eu não gosto de melões!

  9. É mais fácil a câmara gastar 7 milhões do erário público,e as refeições na maioria das vezes serem mal confecionadas e são servidas frias às crianças,,,e trabalhar organizar e responsabilizar,, da trabalho e trabalhar cansa ,,,, a minha imaginação que às vezes divaga em cenários que não são reais ??pensa, será que o responsável municipal e câmara ??? É melhor ficar por aqui????? e é esta gente eleita para resolver os problemas dos seus munícipes, sim no dia da festa da eleição são, no dia a seguir esquecem, políticos são como os melões,,, eu não gosto de melões!

  10. Na televisão disseram que ia ter mais comparticipação do estado as refeições dos alunos, ja não entendo!!

  11. Na televisão disseram que ia ter mais comparticipação do estado as refeições dos alunos, ja não entendo!!

  12. Na televisão disseram que ia ter mais comparticipação do estado as refeições dos alunos, ja não entendo!!

  13. Na televisão disseram que ia ter mais comparticipação do estado as refeições dos alunos, ja não entendo!!

  14. Aqui está algo que têm de mudar com urgência. Sendo mãe de um aluno que têm de almoçar na cantina da escola diariamente em tempo de aulas, que paga as refeições e que todos os dias ou muito raramente não houve queixas da refeição que lhes é apresentada. Não consigo perceber como a grande maioria das escolas têm uma cantina equipada, existem pessoas qualificadas no fundo de desemprego e ainda assim servem se refeições em estilo “take way”. A maioria das vezes sem sabor, frias e mal confeccionadas. Estamos a dar de comer a crianças e não a animais… Será que quem têm obrigação de vigiar e exigir qualidade nestas coisas seria capaz de se sentar e comer o que é servido? Dúvido muito… Nem os directores e coordenadores das escolas se sentam e provam…. Uma tristeza para aqueles pais e neste caso crianças que não tendo outra opção têm de se sujeitar e ainda assim levar de casa a maioria dos dias lanche reforçado não vá apenas só poderem comer a sopa ou a sobremesa… Miséria de país….

  15. Aqui está algo que têm de mudar com urgência. Sendo mãe de um aluno que têm de almoçar na cantina da escola diariamente em tempo de aulas, que paga as refeições e que todos os dias ou muito raramente não houve queixas da refeição que lhes é apresentada. Não consigo perceber como a grande maioria das escolas têm uma cantina equipada, existem pessoas qualificadas no fundo de desemprego e ainda assim servem se refeições em estilo “take way”. A maioria das vezes sem sabor, frias e mal confeccionadas. Estamos a dar de comer a crianças e não a animais… Será que quem têm obrigação de vigiar e exigir qualidade nestas coisas seria capaz de se sentar e comer o que é servido? Dúvido muito… Nem os directores e coordenadores das escolas se sentam e provam…. Uma tristeza para aqueles pais e neste caso crianças que não tendo outra opção têm de se sujeitar e ainda assim levar de casa a maioria dos dias lanche reforçado não vá apenas só poderem comer a sopa ou a sobremesa… Miséria de país….

  16. Aqui está algo que têm de mudar com urgência. Sendo mãe de um aluno que têm de almoçar na cantina da escola diariamente em tempo de aulas, que paga as refeições e que todos os dias ou muito raramente não houve queixas da refeição que lhes é apresentada. Não consigo perceber como a grande maioria das escolas têm uma cantina equipada, existem pessoas qualificadas no fundo de desemprego e ainda assim servem se refeições em estilo “take way”. A maioria das vezes sem sabor, frias e mal confeccionadas. Estamos a dar de comer a crianças e não a animais… Será que quem têm obrigação de vigiar e exigir qualidade nestas coisas seria capaz de se sentar e comer o que é servido? Dúvido muito… Nem os directores e coordenadores das escolas se sentam e provam…. Uma tristeza para aqueles pais e neste caso crianças que não tendo outra opção têm de se sujeitar e ainda assim levar de casa a maioria dos dias lanche reforçado não vá apenas só poderem comer a sopa ou a sobremesa… Miséria de país….

  17. Aqui está algo que têm de mudar com urgência. Sendo mãe de um aluno que têm de almoçar na cantina da escola diariamente em tempo de aulas, que paga as refeições e que todos os dias ou muito raramente não houve queixas da refeição que lhes é apresentada. Não consigo perceber como a grande maioria das escolas têm uma cantina equipada, existem pessoas qualificadas no fundo de desemprego e ainda assim servem se refeições em estilo “take way”. A maioria das vezes sem sabor, frias e mal confeccionadas. Estamos a dar de comer a crianças e não a animais… Será que quem têm obrigação de vigiar e exigir qualidade nestas coisas seria capaz de se sentar e comer o que é servido? Dúvido muito… Nem os directores e coordenadores das escolas se sentam e provam…. Uma tristeza para aqueles pais e neste caso crianças que não tendo outra opção têm de se sujeitar e ainda assim levar de casa a maioria dos dias lanche reforçado não vá apenas só poderem comer a sopa ou a sobremesa… Miséria de país….

  18. Pelo valor, até parece que os crianças comem marisco , comida é tão boa que 80% dos alunos vai almoçar a casa 🤢

  19. Pelo valor, até parece que os crianças comem marisco , comida é tão boa que 80% dos alunos vai almoçar a casa 🤢

  20. Pelo valor, até parece que os crianças comem marisco , comida é tão boa que 80% dos alunos vai almoçar a casa 🤢

  21. Nunca vou conseguir entender. Escolas com cantinas próprias, equipadas e fechadas. Gente no desemprego. E comida levada em carrinhas até às crianças, fria, de mau sabor, má qualidade e por aí fora. Não está na altura de algo mudar?

  22. enquanto as refeições dos senhores doutores que trabalham nas câmaras são uma pechincha… comem do bom e do melhor e pagam uma miseria …😠

Famalicão: Jéssica tem 23 anos, está desaparecida e com o telemóvel desligado

Jéssica Salazar (na imagem) está desaparecida desde a noite deste sábado. A jovem, de 23 anos, residente na Urbanização das Lameiras, terá estado até cerca das 23h50 em casa de uma prima, tendo desaparecido quando estaria de regresso a casa.

A família, contactada pela Cidade Hoje, diz estar muito preocupada uma vez que a jovem está com o telemóvel desligado e sem acesso à sua medicação.

Jéssica, na última vez em que foi vista, estava de vestido preto e descalça.

Se avistou a jovem da imagem ou tem informações sobre o seu paradeiro, entre em contacto de imediato com as autoridades locais.

Ribeirão: Junta construiu mais de 50 novos gavetões no cemitério

A Junta de Freguesia de Ribeirão, construiu 57 novos gavetões no cemitério local. Esta medida visa evitar a falta de espaço para sepultar os falecidos da comunidade.

Além dos gavetões, foi construído mais um bloco de ossários, devido ao aumento da procura, especialmente com a popularidade da cremação e o depósito de ossadas após os cinco anos de utilização gratuita das campas.

A obra dos gavetões está concluída, e a Junta está agora a regularizar os passeios ao redor do novo bloco. Dois espaços sobrantes serão utilizados para jazigos duplos, que serão colocados em oferta pública após a sua conclusão. A concessão de 17 gavetões já foi aprovada pela Junta.

Famalicão: Ciclista ferido em despiste na N206

Um ciclista ficou ferido, na manhã deste domingo, na sequência do despiste da bicicleta onde seguia, em plena N206.

O acidente aconteceu na Avenida João XXI, na freguesia de Vermoim, tendo sido acionada para o local uma equipa dos Bombeiros Voluntários Famalicenses e a GNR.

A vítima, depois de socorrida no local, foi transportada para o hospital de Famalicão com ferimentos ligeiros.

Famalicão: Praça / Mercado com transmissão do Turquia x Portugal em ecrã gigante

A Praça-Mercado é um dos palcos do campeonato da Europa de futebol que está a decorrer na Alemanha, exibindo todos os jogos, em ecrã gigante. Este sábado, a partir das 17h00, será transmitido em ecrã gigante o Turquia x Portugal.

Nos dias de jogos da seleção são sorteadas duas camisolas de Portugal por todos os que fizerem compras na Praça-Mercado.

Hoje há Marcha LGBTQIAP+ em Famalicão

A marcha do Orgulho LGBTQIAP+ sai à rua na tarde deste sábado, a partir das 15h00, da Praça D. Maria II.

O percurso definido para a 3ª Marcha pelos Direitos LGBTQIAP+ passa pela Praça Dona Maria II, Rua de Santo António, Praça 9 de Abril, Rua Barão da Trovisqueira, Rua Adolfo Casais Monteiro, Avenida 25 de Abril, Rua São João de Deus, Rua Adriano Pinto Basto e Praça Álvaro Marques.

A Câmara Municipal vai associar-se ao movimento pela defesa dos Direitos Humanos Universais ao iluminar o edifício dos Paços do Concelho com as cores da bandeira arco-íris.