Famalicão: Tardes de Fado na Lagoa

A ACAFADO – Associação Cultural & Artística Famalicão Fado promove nos dias 1 e 8 de dezembro as “Tardes de Fado”, entre as 16 e as 19h30.

A iniciativa, que decorrerá no seu espaço, na Travessa de Cambães, número 17, na freguesia da Lagoa, é aberta a quem gosta de ouvir ou cantar fado.

Nesta atividade participam João Martins e Abílio Godinho, na guitarra portuguesa; João Araújo, na viola de fado; e Filipe Fernandes, na viola baixo. A entrada é gratuita até ao limite do espaço que será inaugurado na tarde deste sábado, às 16 horas.

Famalicão: “Saúde Mental nos Jovens vs A Juventude enquanto Futuro da Europa” na Camilo Castelo Branco

Decorreu, esta quarta-feira, mais uma sessão do Chá Europeu, na Escola Secundária Camilo Castelo Branco. A iniciativa foi dinamizada por alunos e professores, que integram os programas Escola Embaixadora do Parlamento Europeu, Clube Europeu e Parlamento dos Jovens.
O tema, “Saúde Mental nos Jovens vs A Juventude enquanto Futuro da Europa”, foi debatido com João Bessa (Psiquiatra), Sofia Fernandes (vereadora da Câmara Municipal), Isabel Baltazar (coordenadora Nacional Escola Embaixadora) e Carlos Teixeira (Diretor do Agrupamento de Escolas).
Eduardo Sá, Psicólogo Clínico e Psicanalista, por motivos pessoais, não esteve presente, mas fez chegar a sua mensagem relativamente ao tema.
O evento foi enriquecido, ainda, pelos alunos Carolina Castro, Marta Pires, Eduarda Dewasmes, grupo do 1º ao 3º ciclo, com dança, música, teatro e poesia, tendo sido apresentados por Álvaro Vieira de Castro e Maria João Barbosa.
A participação ativa de alunos e professores dos Cursos de Restauração e Audiovisuais também ajudou ao sucesso desta atividade que se afirma como um marco a nível local, nacional e europeu.

Famalicão: «É uma honra ser Juiz de Fora» das festas em honra da Imaculada Conceição

Terminam esta quinta-feira as festas em honra da Imaculada Conceição, em Antas.
Paulo Cunha, ex-presidente da Câmara Municipal, é o Juiz de Fora destas festividade, assumindo numa publicação na sua página do Facebook «que é um honra» tal distinção.
O ex-autarca, escreve que «Nossa Senhora da Conceição, associada à restauração da independência e, por isso, considerada Rainha de Portugal, mãe dos portugueses, razão pela qual ainda hoje muitos consideram ser dia de todas as nossas mães. Obrigado à Confraria da Nossa Senhora da Conceição e Almas pelas atividades em curso em São Tiago de Antas. É uma honra ser Juiz de Fora destas festividades».

As festas prosseguem esta tarde. Depois da oração do Terço, sai a procissão solene (15 horas) da igreja nova em direção ao quartel dos BV Famalicão, regressando ao local de partida, acompanhada pela Banda de Música de Famalicão. Uma quermesse de oferendas e sorteio do touro encerram as festividades deste ano, que são uma organização da Confraria de Nossa Senhora da Conceição e Almas.

Famalicão: Irmãs Gonçalves entram em estágio na próxima semana para preparar o Europeu

Está para breve o Campeonato da Europa de Equipas Mistas onde marcam presença as irmãs Gonçalves (Sónia e Adriana), integradas na na Seleção Nacional portuguesa de badminton. Antes da competição, as atletas do FAC entram em estágio na próxima semana, 13 e 14 de dezembro, no Centro de Alto Rendimento das Caldas da Rainha.

O Campeonato da Europa decorre em Glasgow, na Escócia, entre os dias 15 e 18 do mesmo mês, para a fase de qualificação no grupo 4, com partidas contra a Irlanda e a Suécia.

Sónia e Adriana Gonçalves evidenciam-se, mais uma vez, com o título nacional de pares, sendo Sónia também a campeã nacional da modalidade na vertente singular.

 

 

 

Famalicão: Cumprem-se hoje 50 anos da inauguração do edifício da Fundação

Completa-se esta quinta-feira, 8 de dezembro, 50 anos da inauguração do edifício da Fundação Cupertino de Miranda.
Bem no coração da cidade, na Praça D. Maria II, o edifício é, desde então, um dos ex-líbris do concelho, emblemático tanto pelo revestimento azulejar, da autoria de Charters de Almeida, que recentemente foi restaurado, como pela estrutura helicoidal da torre com 10 pisos, 21 salas e 34 metros de altura.
A primeira pedra foi lançada pelo fundador, Arthur Cupertino de Miranda, a 15 de setembro de 1967, em data do seu aniversário, e foi inaugurado a 8 de dezembro de 1972 com a 1.ª Bienal Nacional de Artistas Novos. Na altura, o momento teve um forte relevo público e social, contando com a presença, entre outras individualidades, do então Presidente da República, Almirante Américo Thomaz.

Famalicão: Pistas de 50 metros para melhorar as condições de treino e o contexto desportivo da natação

Na receção à equipa do GD Natação, que no passado fim de semana, subiu à 1.ª divisão e se sagrou vice-campeã nacional, o presidente da Câmara Municipal, para além das felicitações que apresentou aos jovens atletas, reiterou que as piscinas municipais serão reforçadas com pistas de 50 metros, «para melhorar condições de treino e potenciar o contexto desportivo». Mário Passos, tal como já havia anunciado em novembro passado, durante a Gala do Desporto, promete «um projeto comedido», com o aproveitamento do espaço ocupado pelas piscinas municipais, sendo seu objetivo que o projeto chegue ao terreno ainda neste mandato.

Mário Passos recebeu, ao final da tarde desta quarta-feira, nos Paços do Concelho, o Grupo Desportivo de Natação, cuja equipa masculina conseguiu o regresso ao convívio entre os principais emblemas nacionais da modalidade. O autarca, que teve a seu lado Pedro Oliveira, vereador do Desporto, felicitou a equipa pelo feito, elogiou o esforço coletivo, tanto de atletas, como dos treinadores e dirigentes que impulsionam o desporto «e ajudam a elevar o concelho de Famalicão».

Diogo Carneiro, presidente da direção, e Pedro Faia, responsável técnico, agradeceram as palavras do presidente da Câmara, destacando que o percurso desportivo do clube resulta, também, do apoio que o Município presta ao desporto, neste caso, à natação em particular.

Famalicão: Pode haver em breve novidades sobre o Estádio Municipal

Mário Passos comunicou, esta quarta-feira, no decurso da reunião da Câmara Municipal, que brevemente pode haver novidades sobre uma intervenção no Estádio Municipal.

A propósito da aprovação de um apoio financeiro para a recuperação do campo de futebol relvado, Paulo Folhadela, vereador socialista, questionou o presidente da Câmara Municipal sobre a intervenção no espaço desportivo. Mário Passos reiterou que a autarquia continua a trabalhar no processo, avançando que dentro de semanas poderá haver novidades sobre um estudo que está a ser feito.

Uma das dificuldades neste projeto tem a ver com a vertente jurídica, reconheceu o vereador Ricardo Mendes, que tutela esta pasta. Recorde-se que o estádio é propriedade do município, com o direito de superfície cedido ao Futebol Clube de Famalicão. No entanto, as instalações estão cedidas à SAD, que tutela o futebol profissional.

Ainda recentemente, no âmbito da Gala do Desporto, em novembro passado, Mário Passos manifestou a intenção de avançar, «de uma vez por todas», com vários projetos desportivos, nomeadamente, a reabilitação do Estádio Municipal. «Estamos a trabalhar no assunto, mas precisamos de evoluir ainda mais», referiu.

Um projeto de intervenção no Estádio Municipal foi apresentado em 2018. Eram oito milhões de euros. Mas o processo parou em 2020, quando ao concurso aberto apenas respondeu uma empresa que apresentou uma proposta superior ao valor base lançado pela autarquia. Na altura, a Câmara Municipal, liderada por Paulo Cunha, resolveu não adjudicar a obra e optou por fazer uma nova estimativa orçamental da requalificação do estádio.