Famalicão: Unidade Local de Saúde está a ser criada “nas costas da Câmara Municipal”

O presidente da Câmara Municipal está «perplexo» com o facto do Município não ter sido, até ao momento, chamado para as reuniões de constituição da futura Unidade Local de Saúde (ULS) que entra em vigor em janeiro do próximo ano.

Recorde-se que as ULS vão promover a gestão integrada de cuidados de saúde primários e hospitalares agregando, numa só instituição, hospitais e centros de saúde de uma área geográfica.

«Acho que o processo está a começar mal», avisa Mário Passos. «A Câmara Municipal não foi ouvida nem pela tutela (Ministério da Saúde), nem pelo diretor-executivo do SNS». O autarca recorda que a partir de janeiro a Câmara Municipal de Famalicão vai assumir competências na área dos cuidados de saúde primários, ficando responsável pela gestão dos edifícios, entre outras responsabilidades. Por isso, «e até pelo que o Município tem investido no hospital de Famalicão», Mário Passos sente que a autarquia já devia estar inserida na criação da ULS. Nomeadamente, quem vai gerir, que equipa estará envolvida, sobre o apetrechamento de meios, etc.

«Está tudo a ser resolvido nas costas da Câmara de Famalicão», desabafa o edil que já solicitou uma reunião com os autarcas de Santo Tirso e Trofa, concelhos abrangidos pelo Centro Hospitalar do Médio Ave.

1 Comment

  1. Aí está uma guerra instalada entre o poder da Câmara que quer oferecer tachos às suas clientelas que são ppd,s, e os instalados na área da saúde e são ps.

    Estes gajos alguma vez pensaram nas pessoas?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Famalicão: BV Famalicenses chamados para incêndio em garagem

Os Bombeiros Voluntários Famalicenses foram chamados, esta sexta-feira, para um incêndio, ao que se presume numa garagem. Os efetivos estão, ainda, a tentar apurar qual o foco do fumo. No local estão três veículos e nove bombeiros.

O sinistro, cujo alerta foi dado às 10h14, localiza-se no Edifício Saza, em frente ao Parque de Sinçães.

Famalicão: CIOR avança com obras para o Centro Tecnológico Especializado

A Escola Profissional CIOR assinou o auto de consignação que permitirá o arranque das obras do CTE-Centro Tecnológico Especializado Industrial na área da metalurgia e metalomecânica. Um projeto/empreendimento financiado pelo PRR- Plano de Recuperação e Resiliência – no montante global de 1 700 000 euros, que deverá ser executado até final de 2024.

Esta moderna estrutura, a funcionar nas instalações da CIOR, ocupará uma área de 1200 m2, que será adaptada, recriando uma oficina multifuncional, com processos industriais reais e inovadores também ao nível da organização, com modernos equipamentos e automatização dos processos.

A reconversão do edifício contempla as seguintes áreas de formação: centro de maquinação industrial, laboratório de metrologia, espaço de serralharia e de soldadura e salas de desenho técnico/ informática, entre outras. Neste espaço altamente especializado serão lecionados os cursos de Técnico de Desenho de Construções Mecânicas e Técnico de Maquinação e Programação CNC.

Segundo Amadeu Dinis, diretor da CIOR, a importância desde CTE surge «em virtude dos cursos ligados ao setor da metalomecânica e afins serem uma escolha articulada e coerente no que diz respeito às necessidades de mão de obra especializada em défice nas empresas deste importante cluster em franca expansão no concelho de Vila Nova de Famalicão e na região». Amadeu Dinis, ainda a propósito da falta de técnicos nestes setores, alerta para a pertinência de se desenvolverem «ações de marketing promocional no sentido de se desmistificar e desconstruir preconceitos existentes nos jovens e nos pais em torno destes importantes, promissores e cada vez mais modernos e inovadores setores de atividade industrial».

Este CTE «será equipado com recursos educativos tecnológicos que asseguram a incorporação da indústria 4.0, mais produtiva e sustentável, no desenvolvimento da atividade formativa», assegura, por sua vez, José Paiva, diretor pedagógico, que refere ainda as relações de parceria firmadas entre a Escola e empresas de referência da região com base num novo paradigma de “empresa-âncora”.

Famalicão: Espetáculo de poesia e música sobre Abril em Avidos

Na noite deste sábado, às 21h30, o auditório António Gomes, em Avidos, recebe um recital poético-musical comemorativo dos 50 anos do 25 de Abril.

O espetáculo – Abril… Sempre! – conta com as participações de Rui Mesquita (piano), Carlos Carneiro (guitarra clássica), Mónica Mesquita, Sofia Oliveira e Flávio Ferreira (canto) e António Sousa (poesia).

Esta iniciativa tem o apoio da Junta de Freguesia de Avidos e Lagoa e a colaboração da Fraternidade Nuno Álvares.

Famalicão: Festa a S. Tiago em Outiz

Nos dias 27 e 28 de julho, Outiz estará em festa com as comemorações a S. Tiago.

O programa festivo começa pela manhã, com a entrada dos Zés P´reiras de Barcelinhos, com a noite reservada para a atuação da tuna académica Incognituna, às 21h30, do grupo Banda Docasião, às 22 horas, e uma sessão de fogo de artifício.

No domingo, dia 28, às 10h30, celebra-se missa solene; às 15h30, entrada da fanfarra dos escuteiros de Mouquim, seguindo-se atos religiosos com a procissão em honra de S. Tiago. Às 17 horas, atuação da Associação de Tocadores e Cantadores ao Desafio Famalicense.

Famalicão: Mafalda é campeã do mundo de Desporto Escolar

Mafalda Mesquita é a nova campeã do Mundo de natação de Desporto Escolar, nos 400 livres.

O feito foi conseguido esta quinta-feira, no decurso dos Mundiais de Desporto Escolar, que estão a decorrer na Roménia.

Mafalda é aluna da Secundária Camilo Castelo Branco e atleta do GD Natação.

Em representação de Portugal, Mafalda Mesquita e Tiago Costa, também do GDN, conseguiram, na quarta-feira, o segundo lugar nos 100 metros costas.

Famalicão: Mulher morre depois de ser atropelada

Na madrugada desta quinta-feira, uma mulher, com cerca de 60 anos, morreu depois de ser atropelada por uma viatura, em plena Avenida dos Descobrimentos, Famalicão.

Ao que a Cidade Hoje conseguiu apurar, o atropelamento aconteceu cerca das 02h20, em circunstâncias não apuradas.

A vítima, em estado grave, ainda foi transportada para o hospital pelos Bombeiros Voluntários de Famalicão mas acabou por falecer.

A PSP tomou conta da ocorrência.