Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Rede de Museus de Famalicão renova declaração de princípios

Uma década depois da criação da Rede de Museus, os onze espaços museológicos renovaram o compromisso de trabalho com a assinatura de uma nova “Declaração de Princípios”, que aconteceu no dia 26 de novembro, nos Paços do Concelho.

O objetivo desta renovação de compromisso é intensificar o caminho de cooperação, iniciados em 2012, entre os museus, as pessoas e o seu território.

Nesta renovação foi também atualizada a lista dos museus-membros (dez museus e uma coleção visitável). «Ao renovarmos este compromisso queremos dar continuidade e, se possível, intensificar este trabalho em rede, sem abdicar da identidade de cada um dos museus», afirmou o vereador da cultura, Pedro Oliveira. «A forte projeção do Município, do ponto de vista cultural, também se deve ao trabalho que tem sido desenvolvido por esta rede», acrescenta.

Esta assinatura de compromisso aconteceu no âmbito do VI Encontro da Rede de Museus de Famalicão que aconteceu nos dias 25 e 26 de novembro. Paralelamente, foi lançado, no Museu Nacional Ferroviário de Lousado, o 2.º volume da coleção “Ser e fazer museu no século XXI: definir um caminho…onde estamos, para onde vamos”.

O novo volume documenta todo o projeto “Museu de Famalicão. Desenvolvimento sustentável na prática”, iniciado em 2021, com a realização de duas conferências, e que teve continuidade em 2022, com a medição do Índice de Sustentabilidade dos Museus de Famalicão.

Recorde-se que a Rede de Museus é coordenada pelo Município de Famalicão através do pelouro da Cultura.