Festival de Concertinas e Cantares ao Desafio na Trofa

A 21ª edição do Festival de Concertinas e Cantares ao Desafio da Trofa realiza-se a 24 de setembro, numa iniciativa da Câmara Municipal da Trofa, integrada nas festas tradicionais em honra de Santa Eufémia. O Monte de Santa Eufémia, em Alvarelhos, recebe este festival, pelas 15h00.

A animação está a cargo de Bruno Duarte, Catarina Campos, Cátia Pereira, Cristiana Antunes, David Coimbra, Deolinda Paços, João Oliveira, Pedro Cachadinha, Peixoto de Braga, Sara Cristina e Simão Marques. A acompanhar os cantadores estarão José Pereira e Ângelo Veloso.

Recorde-se que o cantar ao desafio ou desgarrada é uma cantiga popular em que os cantadores vão improvisando, desafiando-se, normalmente ao som de concertina.

O autarca da Trofa refere que «é objetivo da Câmara Municipal da Trofa continuar a promoção e salvaguarda dos cantares enquanto património cultural imaterial português», garante Sérgio Humberto.

Tal como em edições anteriores, o Festival terá entrada livre e aberto ao público em geral.

 

 

 

4 Comments

  1. Olá, desculpe por esta maneira de contar minhas novidades, mas o tempo não me dá chance. Meu nome é kulik Birgit de origem alemã e moro na França, tenho 65 anos. Sofrendo de uma doença grave que me condena à morte certa, câncer de garganta, tenho uma quantia de 350.000 euros, que gostaria de entregar a uma pessoa confiável e honesta para enviar. Sou concessionária de carros usados ​​e perdi meu marido há três anos o que me emocionou muito e ainda não posso me casar, não tive filhos. Eu gostaria de dar um presente antes da minha morte, porque meus dias estão contados por causa desta doença da qual eu não poderia ser curado. E pela vontade de Deus procuro um beneficiário (Homem ou Mulher) que herde meus bens para realizar projetos humanitários (Orfanato, Hospital, rico, como pobre, etc.). Porque eu não quero morrer sem dar minha propriedade senão acho que seria um desperdício.
    Portanto, certifique-se de aceitar esta oferta, porque dar aos outros significa ganhar mais perdão e misericórdia de nosso Deus Todo-Poderoso.
    E se sim, gostaria especialmente que você confirmasse com uma mensagem no meu WhatsApp:
    +22955569986

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Famalicão celebra o Dia Mundial da Música

O Dia Mundial da Música é assinalado em Vila Nova de Famalicão, nos dias 1 e 2 de outubro, com três espetáculos, na Casa das Artes e no Teatro Narciso Ferreira (TNF).

As comemorações abrem no sábado, dia 1 de outubro, às 21h30, no grande auditório da Casa das Artes de Famalicão, com a miniópera Domitila, num ato, de João Guilherme Ripper (música e libreto), baseada nas cartas de D. Pedro I e da Marquesa de Santos.

Durante, cerca de uma hora, a soprano Sara Braga Simões, acompanha por Ricardo Alves (clarinete), Burak Ozkan (violoncelo) e Christina Margotto (piano), vai dar corpo à encenação concebida por Pedro Ribeiro. Produção Mestres Viajantes e coprodução Casa das Artes.

No mesmo dia 1 de outubro, às 21h30, no TNF, em Riba de Ave, é apresentado o Duo Arsis, um dueto de guitarras fundado em dezembro de 2016, composto por Nuno Jesus (Portalegre) e João Robim (Famalicão), que começou na Universidade de Évora. Do programa consta a interpretação de peças de T. Hamasyan, J. S. Bach, T. Quintas; C. Debussy, M. Castelnuovo-Tedesco e F. Chopin.

Entrada neste espetáculo é livre até à lotação da sala, com levantamento prévio de bilhete, na bilheteira do TNF, uma hora e meia antes do início do espetáculo.

No dia 2, domingo, às 11h30, as comemorações prosseguem na Casa das Artes com concertos para as Famílias 2022, no 5.º Ciclo de Concertos Promenade. O espetáculo incide sobre a temática: A Dança na Música Portuguesa, com a ARTEAM – Escola Profissional Artística do Alto Minho (Viana do Castelo).

Os Concertos para as Famílias 2022, adotam o formato dos Concertos Promenade, de maio a dezembro, aos domingos de manhã, em que a grande música, tocada pelas Orquestras das Escolas Profissionais, e explicada com interação multimédia, é usufruída por todas as idades num ambiente descontraído e de grande qualidade artística.

Famalicão: AM Lameiras lança concurso de fotografia que assinala o Dia Internacional da Erradicação da Pobreza

O Gabinete Social das Lameiras acaba de lançar o concurso de fotografia “Um Olhar, sobre o Mundo”, para assinalar o Dia Internacional da Erradicação da Pobreza.

O concurso é aberto à participação da comunidade em geral, a todos os utilizadores dos serviços, colaboradores, parceiros e prestadores de serviços, de todas as idades.

A iniciativa tem como principal objetivo sensibilizar a comunidade para questões que implicam a pobreza e exclusão social, promovendo um apelo à compreensão dos fenómenos provocados pela pobreza e exclusão social, como sendo violações dos direitos humanos e assinalar a data com um elemento simbólico.

Os interessados podem consultar o site da instituição ou dirigir-se ao Centro Social da AML para obter mais informações. A data limite de inscrição é 10 de outubro e a entrega dos trabalhos deve ser feita entre os dias 11 e 14 de outubro.

Famalicão: Já há programa para mais um Festival Teatro Construção

A ATC já tem definido o programa do trigésimo quinto Festival Teatro Construção. De 8 a 30 de outubro, o Centro Cultural de Joane vai receber vários espetáculos, sendo que a abertura, às 21h30 é pelo Chapitô (Lisboa), com “Antígona 3 por 3.5”. No dia seguinte, às 17h30, pela portuense Historioscópios pode ver “A Caixa dos Nove Lados”.

Depois, e até 30 de outubro, o programa é o seguinte:

15 de outubro, 21.30, Curiosidade dos Anjos – Bruxa Teatro (Évora)

16 de outubro, 17.30h, Mãos de Sal – Mandrágora (Espinho)

22 de outubro, 21.30, Primavera – Fértil Cultural (Vila Nova de Famalicão)

23 de outubro, 17.30h, Germinação – Teatro de Montemuro (Castro Daire)

29 de outubro, 21.30, A Visita – Teatro Invisível (Lisboa)

30 de outubro, 17.30h, Lobo Mau – Red Cloud (Aveiro)

O festival também contempla oficinas. No dia 9 de outubro, às 10 horas, Histórias de pais e filhos; na tarde, 15 horas, do dia 19, Dramatização de histórias infantis para profissionais; e, por último, às 10 horas do dia 23 de outubro, há uma oficina Do Pé pra Mão.

 

Braga: Idosa em estado grave depois de ser atropelada no estacionamento do lar

Uma mulher, com 92 anos de idade, ficou gravemente ferida depois de ser atropelada por um carro, no estacionamento do lar que frequenta, em Nogueira, Braga.

Segundo avança o Correio da Manhã, a idosa estava, por motivos que ainda não foram explicados, deitada no chão, no momento em que foi atropelada por uma viatura.

O alerta para a ocorrência foi dado pouco depois das 11h00 e o socorro esteve a cargo dos Bombeiros Sapadores de Braga, acompanhados pela VMER local.

 

Mais de 800 bombeiros são desafiados a subir os 566 degraus do Bom Jesus carregados de material

825 bombeiros são desafiados, na manhã deste sábado, a subir os 566 degraus do escadório do Bom Jesus do Monte, em Braga, em mais uma edição da prova “Escadórios da Humanidade”, numa organização da Associação Família de Elite e da ADN – Eventos Desportivos.

Os soldados da paz vão percorrer o escadório em contrarrelógio, com equipamento completo de proteção individual e um desnível de 116 metros, tratando-se este um desafio de enorme complexidade e dificuldade para quem o enfrenta.

Este ano, já da parte da tarde, haverá uma Bênção Nacional de Capacetes, presidida por um padre que também é bombeiro.

Imagem: Sandra Antunes / Braga TV

Famalicão: Rosinha canta em Seide S. Miguel na noite deste sábado

Estão a decorrer, desde esta sexta-feira, as festas em honra de S. Miguel que têm como cabeça de cartaz Rosinha, que dá concerto na noite deste sábado, às 22h30.

As festividades em S. Miguel de Seide começam hoje com a atuação de Liliana Oliveira, às 21h30, e o DJ Assis Martim, às 23 horas. No sábado, às 14 horas, entrada da fanfarra dos escuteiros de Seide e, às 20 horas, decorre uma cerimónia religiosa, seguida de procissão de velas. A noite será, ainda, preenchida, com o espetáculo de Rosinha, terminando com uma sessão de fogo de artifício.

No domingo, dia 25, às 11 horas, celebra-se a missa solene; às 14 horas, decorrem mais cerimónias religiosas, incluindo uma procissão eucarística. Às 17 horas, atuam os 4 Mens. No dia 29, às 19 horas, celebra-se missa em honra de S. Miguel.