FNA lança livro que retrata a história dos escuteiros adultos da região de Braga

Na noite desta sexta-feira, pelas 21h30, o auditório da Universidade do Minho, em Guimarães, decorre a apresentação do livro “A Região de Braga da FNA – Dinâmica Imparável”, que narra a história da FNA nesta região, da autoria de José Luís Silva, Escuteiros Adulto.
Durante dois anos, José Luís Silva recolheu testemunhos e procurou descobrir mais sobre a FNA na região e, deste modo, retratar a sua história. A apresentação do livro vai decorrer na presença de representantes de cada um dos 73 Núcleos existentes na região de Braga, convidados da Igreja, do escutismo e da sociedade civil.
José Luís Silva ingressou na FNA em 2000 e, desde então, que se dedica e contribui para o crescimento de «um movimento extraordinário que tem envolvido milhares de jovens e adultos». Foi presidente Regional durante 6 anos e é atualmente Secretário Nacional na Direção Nacional, integrando as estruturas de Direção da FNA – Escutismo Adulto. Durante os dois anos trabalhou na elaboração e construção desta narrativa histórica, sendo sua motivação preservar as memórias daqueles que ajudaram a construir a história da Fraternidade.

Já abriu: Nova circular na zona industrial a sul de Famalicão

A nova via estruturante do Parque Empresarial Terra Negra, que abrange as freguesias de Ribeirão e Lousado, já se encontra aberta à circulação de veículos em toda a sua extensão. Com perto de dois quilómetros, a Rua de Montoito liga a rotunda de Santana, em Ribeirão, na Estrada Nacional 14, e o Loteamento Industrial da Carvalhosa, na freguesia de Lousado, até ao entroncamento com a Estrada Municipal 508/1, tendo resultado de um investimento municipal superior a um milhão de euros.

O obra resultou de uma parceria entre o Município de Vila Nova de Famalicão e a empresa multinacional Continental Mabor, que beneficiou um dos mais importantes polos industriais do Norte do país, onde pontuam empresas como a Continental, a Leica e a Rsteel, entre muitas outras, e faz parte do processo de melhoria de acessibilidades para a zona industrial, incluído no processo de criação de alternativas à Nacional 14, entre Famalicão, Trofa e Maia, e para a zona residencial de Lousado.

A primeira fase da obra do novo troço viário – desde a rotunda de Santana até à zona industrial onde está implantada a Continental Mabor – foram executados pelo Município de Famalicão, sendo que o restante arruamento ficou a cargo da multinacional, estando atualmente em curso trabalhos de colocação de marcas rodoviárias, passeios e iluminação pública.

A empreitada inclui ainda a criação de um acesso público entre a Rua da Circulação e a Rua de Montoito, que ainda não está concluído, através de um viaduto que existe no local e que passou para o domínio público por acordo concretizado no início deste mês entre o Município e a Continental Mabor.

“Foi dado um passo importante no que refere à melhoria da gestão rodoviária a sul do concelho” destaca o Presidente da Câmara Municipal, Mário Passos, demonstrando-se ciente da importância deste troço. “É uma nova estrada, segura e eficiente, que permitirá às empresas crescer ainda mais, sem prejuízo para os que residem nesta parte do concelho”, acrescenta.

ASAE apreendeu 650kg’s de carne e doa 400 ao Jardim Zoológico da Maia

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica doou cerca de 400kg’s de carne ao Zoo da Maia.

O produto é proveniente de um entreposto frigorífico localizado no Porto, alvo de uma fiscalização desta entidade. A carne não estava em condições para a venda ao público mas apta para ser consumida por animais e, por isso, acabou por ser distribuída pelo Jardim Zoológico da Maia.

Ao responsável pelo espaço fiscalizado, a ASAE procedeu à instauração de um processo contraordenacional, por falta de rastreabilidade e recondicionamentos e manipulações abusivas, no caso, a passagem do estado de refrigerado para o estado de congelado dos produtos.

Tenha atenção: PSP lança alerta para esquema de burla com falsos acidentes

A Polícia de Segurança Pública recorreu às redes sociais para difundir um alerta, relacionado com um esquema de burla que tem por base um suposto acidente de viação.

Segundo a autoridade, a ação dos burlões começa nas estradas, quando estes selecionam vítimas e as perseguem de carro a buzinar insistentemente com o objetivo de que os condutores parem o carro.

Conseguindo o primeiro passo, os burlões abordam as pessoas acusando-as de lhes terem provocado danos na viatura (por distração ou durante a realização de manobras). O golpe dá-se logo depois com os burlões a tentarem um acordo, que passa sempre com o pagamento em dinheiro dos estragos, evitando ao máximo a intervenção das autoridades.

Neste seguimento, os alertas da PSP são:

  • Não entre em acordo com alguém que pede dinheiro. Em caso de dúvida, chame as autoridades;
  • Tome sempre nota dos dados da viatura (matrícula, marca, modelo e cor) em que o(s) suspeito(s) se faz(em) transportar (quando em situações de burla, os suspeitos abandonam o local quando é referido que se vai chamar a polícia;
  • Denuncie sempre que seja vítima de burla ou de tentativa de burla”.

 

Vaga de calor anunciada pelo governo não se sentirá de forma tão intensa no norte

O governo anunciou, ao início da manhã desta quarta-feira, uma vaga de calor para os próximos dias que se deverá estender pelo mês de setembro.

Analisados alguns dados relativos à previsão da meteorologia pode-se concluir a vaga de calor anunciada não se sentirá de forma tão intensa na zona norte do país.

Até ao dia 26, e tendo por base a previsão para Vila Nova de Famalicão, a temperatura mais alta que se deverá registar será de 34 graus nos dias 19, 20 e 22 deste mês.

A situação acaba por ser ligeiramente diferente com máximas a rondar os 37 e os 40 graus já este fim de semana em algumas regiões do centro do país.

Este fim-de-semana há Mel – Piquenique das Artes em Famalicão

O Mel – Piquenique das Artes está de regresso nos dias 19 e 20 de agosto, tendo como palco o Parque da Devesa. O festival, que vai na 6.º edição, arranca esta sexta-feira pelas 16h00 com a «Câmara Obscura», serviço de aprendizagem que vai funcionar durante os dois dias do evento, e termina no sábado com a atuação da banda Killimanjaro, pelas 23h15. A entrada é gratuita.

“Evento artístico, multicultural, interdisciplinar e inclusivo, tendo a consciência, ecologia e cidadania como valores centralizadores de todo o projeto”, é assim que o Mel – Piquenique das Artes é descrito pela organização, a associação cultural famalicense, Elogio Vádio.

Fazendo jus à sua denominação, haverá piquenique em ambos os dias do evento a partir das 20h00, seguido de programação cultural heterógena nas duas noites do festival.

Na sexta-feira, a programação arranca com a projeção do documentário «Às de Espadas» de Rúben Marques, pelas 21h30, seguido do concerto de Luiz Caracol, pelas 22h30. Já no sábado, dia 20, há a apresentação do projeto audiovisual «Bem-Vindos ao Antropoceno», pelas 21h, seguido do grupo musical Baleia, Baleia, Baleia , que atua às 22h, terminando com o concerto dos Killimanjaro, pelas 23h15, que fecha a edição deste ano.

Destaque também para o serviço de aprendizagem «Câmara Obscura», que funcionará durante todo o festival, uma atividade em torno da experimentação do fenómeno do aparelho ótico que está na base da fotografia e que propõe uma viagem ao interior de uma câmara escura.

Refira-se que o Mel – Piquenique das Artes conta com o apoio do Município de Vila Nova de Famalicão desde a primeira edição, que aconteceu no primeiro fim-de-semana de agosto de 2017, tendo-se repetido nos mesmos períodos de 2018 e 2019. Este ano marca o regresso do festival ao seu formato original após duas edições (2020 e 2021) integradas na programação do ANIMA- TE, o programa de animação sociocultural de verão promovido pela autarquia.

MEL :: PIQUENIQUE DAS ARTES – Programa

Sexta-feira, 19’agosto

16:00 | Serviço de Aprendizagem: CÂMARA OBSCURA | (fotografia)

20:00 | Piquenique

21:00 | ÁS DE ESPADAS, de Rúben Marques (cinema)

22:30 | LUÍZ CARACOL (música)

Sábado, 20’agosto

16:00 | Serviço de Aprendizagem: CÂMARA OBSCURA (fotografia)

20:00 | Piquenique

21:00 | BEM-VINDOS AO ANTROPOCENO (música e vídeo)

22:00 | BALEIA, BALEIA, BALEIA (música)

23:15 | KILIMANJARO (música)

Mais informações em www.melpiquenique.com .