Futebol: Árbitro Francês arbitra jogo da Liga portuguesa

O jogo entre o Paços de Ferreira e o Braga, da 5.ª jornada da Liga Bwin, será dirigido por uma equipa de arbitragem francesa. Esta situação resulta do intercâmbio entre os conselhos de arbitragem das federações de futebol dos dois países.

Para este jogo, que se disputa sábado, o árbitro Willy Delajod, de 28 anos, internacional desde 2018, será assistido por Banjamin Pages e Philippe Jeanne. O vídeo-árbitro ficará ao encargo de Eric Wattelier.

Este intercâmbio leva o árbitro Luís Godinho a apitar o Bordéus x Lens, da Ligue 1, tendo como assistentes Rui Teixeira e Bruno Jesus. Já o VAR e o AVAR vão ser Bruno Esteves e Miguel Nogueira.

F.C.Famalicão anuncia que o Diretor Desportivo está suspenso

O Futebol Clube de Famalicão anunciou, na manhã deste sábado, a suspensão de funções, por mútuo acordo, do diretor desportivo Samuel Costa.

A decisão prende-se com as denúncias por assédio sexual que Samuel Costa tem sido alvo nas últimas horas, num caso que estará relacionado com as queixas apresentadas pelo mesmo grupo de atletas sobre o atual treinador famalicense Miguel Afonso.

Os casos terão ocorrido na época desportiva 2020/2021, quando os dois elementos agora suspensos representavam outros clubes que não o Famalicão.

 

Assédio no futebol: Federação abre processo disciplinar a Samuel Costa do F.C.Famalicão por denúncias

O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) decidiu instaurar um processo disciplinar contra o diretor desportivo do FC Famalicão feminino, Samuel Costa, por denúncia, disse à Lusa fonte do organismo.

De acordo com a mesma fonte, será ainda instaurado um processo de averiguações no âmbito de denúncias de assédio recebidas, mas nas quais não estão identificados os denunciados.

Esta medida acontece num dia em que o CD da FPF também suspendeu preventivamente o treinador da equipa feminina do Famalicão, Miguel Afonso, a quem foi instaurado um processo disciplinar urgente, também segundo avançou à Lusa fonte oficial da FPF.

A mesma fonte avançou igualmente que o organismo disciplinar da FPF também decidiu criar uma equipa especial para se dedicar com urgência à instauração dos processos criados na sequência de denúncias de assédio, constituída por membros do Conselho de Disciplina e da Comissão de Instrução Disciplinar da FPF.

Famalicão: Treinador Miguel Afonso suspenso de funções

Em comunicado emitido ao final da manhã desta sexta-feira, o Futebol Clube Famalicão anuncia a suspensão de funções do treinador Miguel Afonso, com efeitos imediatos. Uma decisão tomada por «mútuo acordo».

O técnico Renato Lobo e restante equipa técnica asseguram a condução do plantel de forma interina «até que a verdade dos factos seja apurada».

Recorde-se que o treinador da equipa feminina, é alvo de denúncias de assédio sexual a atletas do Rio Ave, equipa que treinou na época 2020/21.

Leia o comunicado:

«O Futebol Clube Famalicão com o interesse máximo de salvaguardar os seus valores, as suas pessoas e o seu emblema, vem comunicar, face aos acontecimentos ocorridos no dia de ontem, a suspensão de funções, por mútuo acordo e com efeitos imediatos, do treinador Miguel Afonso até que a verdade dos factos seja apurada.

De momento, assumirá as funções de treinador principal, de forma interina, o técnico Renato Lobo e restante equipa técnica.

O FC Famalicão renova que não se revê em nenhuma atitude de teor abusivo ou de desigualdade de género, seguindo o seu caminho assente nos valores em que acredita e com o objetivo único de dignificar cada vez mais este emblema.

Mais uma vez, o FC Famalicão manifesta total disponibilidade a todas as partes envolvidas e às entidades competentes para coadjuvar no alcance da verdade».

Famalicão: Árbitro da AF Porto no Famalicão x Boavista

Gustavo Correia, árbitro da AF Porto, é o escolhido para dirigir o jogo entre o FC Famalicão e o Boavista, da oitava jornada da Liga Bwin, na noite de domingo, no Estádio Municipal.

Tiago Costa e Inácio Pereira são os assistentes, enquanto que Carlos Macedo é o quarto árbitro.

André Narciso e André Campos estão no VAR/AVAR

FC Famalicão toma posição sobre as denúncias de assédio de que é acusado o treinador Miguel Afonso

O FC Famalicão reagiu, na tarde desta quinta-feira, às notícias que envolvem o seu treinador. Miguel Afonso é acusado de assédio sexual, pelo envio de mensagens, a jogadoras do Rio Ave, clube que treinou na época 2020/21.

O clube assinala que desde que contratou Miguel Afonso, no início do mês de setembro, não teve conhecimento de nenhuma acusação ou denúncia às entidades competentes que recaiam sobre o técnico, revelando-se, mesmo assim, «totalmente disponível para colaborar com as entidades competentes» para «estabelecer a verdade dos acontecimentos». No entanto, garante que caso seja comprovada a existência de algum facto praticado pelo treinador «que atente ou tenha atentado na liberdade de alguma atleta, tomará todas as providências ao seu alcance para as sancionar».

Assinalando que o clube pauta-se «por valores como a igualdade, respeito pelos outros e pela ética desportiva», o emblema famalicense garante que «censurará sempre qualquer forma de abuso, violência ou desrespeito pelo outro».

Famalicão: Miguel Afonso vai defender-se «com calma e alma do esquema criado»

Miguel Afonso não presta, por enquanto declarações, sobre as acusações de que é alvo. No entanto, numa publicação no Instagram, o treinador escreveu uma breve declaração, na qual agradece «a todos aqueles que manifestaram apoio durante esta noite, pois sabem como sou e quem sou». Miguel Afonso refere, ainda, que «continuo focado e com calma e alma» vai defender-se «do esquema criado».

Recorde-se que, esta quinta-feira, foi tornado público, que várias jogadoras da equipa sénior de futebol feminino do Rio Ave acusam o ex-técnico Miguel Afonso de assédio sexual, casos que terão ocorrido na temporada 2020-21. A notícia é do jornal Público.

Segundo o diário, o técnico terá trocado mensagens íntimas com várias jovens, entre os 18 e os 20 anos, do plantel feminino do Rio Ave, uma situação negada pelo técnico, que acabou por sair do clube e está agora a treinar o Famalicão.

O Público escreve que as mensagens terão começado logo na pré-temporada 2020-21, com a chegada de Miguel Afonso para orientar a recém-formada equipa sénior de futebol feminino do Rio Ave.

O Público diz que são “muitas as mensagens escritas e orais trocadas entre Miguel Afonso e algumas das jogadoras envolvidas” e que o treinador, contactado pelo jornal, se recusou a comentar, dizendo apenas: “Não sei onde querem chegar com isso e que tipo de conversas são essas”.