Futebol feminino: Liga BPI reduzida a 12 equipas na próxima época

A próxima temporada da Liga BPI, campeonato nacional de futebol feminino, atualmente com 16 equipas, será reduzida para 12 formações.

Segundo o regulamento aprovado esta quinta-feira pela Federação Portuguesa de Futebol, a principal competição nacional feminina de futebol, na qual compete o FC Famalicão, vai contar com 12 equipas e, ao contrário do atual formato, será disputada numa única série e a duas voltas.

No formato para 2022/2023, desce diretamente o último classificado, enquanto que o 10º e o 11º vão disputar um play-off com o 2º e o 3º da 2.ª Divisão. Como já estava previsto no regulamento para a época em curso, são despromovidas à 2.ª Divisão sete das oito equipas que vão disputar o play-off: 3º,4º,5º,6º e 7º da fase de manutenção da Liga BPI, bem como o 2º,3º e 4º classificados da fase de subida do segundo escalão.

A Supertaça feminina também foi alterada, passando a ser disputada por quatro equipas. Além do campeão nacional e do vencedor da Taça, junta-se o segundo classificado da Liga BPI e o vencedor da Taça da Liga. Se os vencedores das várias competições coincidirem, as equipas serão escolhidas segundo a classificação no campeonato.

Luís Godinho arbitra Famalicão x Braga

O arbitro da AF Évora é o escolhido para o jogo desta sexta feira, entre o FC Famalicao e o SP Braga.

Luís Godinho terá como assistentes Rui Teixeira e João Bessa Silva. João Pinho é o quarto arbitro. VAR: Vítor Ferreira AVAR: Luís Costa

GD Joane joga em Freamunde para a Taça de Portugal

Realizou-se, na tarde desta quinta-feira, o sorteio da primeira eliminatória da Taça de Portugal. Ainda sem equipas dos escalões principais, ao GD Joane coube uma deslocação ao reduto do Freamunde, equipa da principal divisão da AF Porto.

Já a equipa famalicense milita, também, no principal escalão da AF Braga.

A jornada está marcada para o dia 11 de setembro.

Famalicão: Restaurante Barão organiza fim de semana solidário a favor de Ass. Portuguesa de Autismo

O Restaurante Barão, localizado na Rua Barão da Trovisqueira, em Vila Nova de Famalicão, organiza nos próximos dias um fim de semana solidário, a favor da Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo.

Esta associação, com a delegação norte a funcionar em Vila Nova de Gaia, apoia famílias com autistas que possam estar a passar por carências de vários níveis e que impeçam, por exemplo, o pagamento das terapias.

Sensibilizada com esta causa, a gerência do Restaurante Barão decidiu “abrir portas” e, durante este fim de semana, receber donativos que revertem na totalidade para a APPDA Norte.

Os interessados só precisam de se deslocar até ao restaurante e deixar o seu donativo numa caixa fechada que, na próxima segunda-feira, será recolhida pelos responsáveis da associação.

A participação nesta iniciativa solidária não tem como condição obrigatória o consumo no Restaurante Barão.

Quem estiver no estrangeiro, ou não tiver a possibilidade de se descolar ao Barão, pode fazer o seu donativo por transferência bancária, através do iban 0036 0051 99100339962 12.

 

 

Vídeo: Transporte insólito de bicicleta por estradas famalicenses torna-se viral nas redes sociais

O transporte insólito de uma bicicleta, em plena N206, na freguesia de Cavalões, ficou registado em vídeo e já se tornou-se viral nas redes sociais.

Conforme é possível ver nas imagens, a bicicleta foi transportada pela estrada nacional com o apoio da mão do passageiro de uma viatura que seguia a par dela.

Apesar de perigosa, o método utilizado para o transporte do veículo de duas rodas mereceu a atenção de quem ali passava.

Famalicão: Auchan prepara-se para aumentar a galeria comercial

O Auchan de Vila Nova de Famalicão está a preparar a expansão da galeria comercial. O espaço, para além de albergar o hipermercado, conta atualmente com mais de 20 lojas.

Para além da expansão da galeria, os responsáveis da Auchan Retail Portugal comprometem-se a realizar as intervenções necessárias para a adaptação da rede viária e a criar mecanismos para uma utilização mais eficiente do estacionamento, como é exemplo a colocação de placas informativas com o número de lugares disponíveis.

O projeto de expansão vai esta quinta-feira a reunião do executivo municipal.