Gaia: Assaltam carro e levam cinzas de criança, mãe desesperada faz apelo na internet

Uma mãe recorreu à internet, na tarde deste sábado, num apelo desesperado para recuperar as cinzas da sua filha recentemente falecida.

A urna onde se encontravam as cinzas desapareceu depois de desconhecidos terem partido um dos vidros do carro e remexido em tudo o que estava no seu interior.

O carro estava estacionado na Rua General Torres, no centro de Vila Nova de Gaia.

Famalicão: PSP detém quatro pessoas por tráfico de droga

Na tarde desta quarta-feira, no âmbito de um processo de investigação de tráfico de estupefacientes, a PSP, dando cumprimento a vários mandados de busca domiciliária e a viaturas, deteve quatro pessoas (3 homens e uma mulher) com idades compreendidas entre os 42 e 51 anos.

A operação, que decorreu na cidade de Famalicão, pelas 17h30, resultou, ainda, na apreensão de heroína para cerca de 320 doses; cocaína para 200 doses; liamba suficiente para 10 doses; 899 euros em dinheiro, uma pistola e duas viaturas.

Os detidos, que já estavam referenciados pela prática de vários ilícitos da mesma natureza, foram presentes esta quinta-feira, no Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão para aplicação das respetivas medidas de coação.

Famalicão: Homem que incendiou casa de vizinha é condenado a pena suspensa

O Tribunal de Braga condenou o homem que ateou fogo à casa de uma vizinha, na freguesia de Vale S. Cosme, a quatro ano e um mês de prisão, com pena suspensa. Segundo o acórdão a que a Lusa teve acesso, o arguido, de 48 anos, sentia-se «fisicamente atraído» pela vizinha e «não aceitou a posição que esta logo assumiu de não corresponder a tais anseios».

O arguido foi condenado por dois crimes de incêndios, explosões e outras condutas especialmente perigosas. O homem foi ainda condenado por um crime de maus-tratos a animais de companhia, já que o incêndio resultou na morte de uma cadela intoxicada pelas chamas. O arguido estava ainda acusado de quatro crimes de dano, um crime de introdução em lugar vedado ao público e um crime de perseguição. No entanto, a vítima acabou por retirar a queixa associada a estes crimes.

Segundo o acórdão, ao ser «rejeitado», o homem «movido por um crescente sentimento de frustração, que não conseguia debelar, e por impulsos de desforço, decidiu criar condições de fragilidade e inquietação à ofendida, prevalecendo-se do conhecimento que tinha dos hábitos e rotinas instalados na vida desta».

O incêndio aconteceu no dia 24 de agosto de 2020. O homem ateou fogo a papéis e cartões e colocou-os no interior da habitação. O arguido já tinha tentado incendiar a casa da vizinha no dia 17 do mesmo mês, abrindo a boca do gás do fogão. A vítima conseguiu aperceber-se do cheiro a gás e fechou a boca do fogão.

O arguido não esclareceu os motivos dos seus comportamentos, negou que tivesse agido segundo sentimentos de frustração, resultantes da sua rejeição pela vítima. O homem revelou ainda que não nutria sentimento de afeto ou atração física pela vizinha. O homem, que afirmou que «não estava bem da cabeça», terá de pagar 5.600 euros à vítima e vai ter de realizar um tratamento ao alcoolismo e à depressão.

GNR detém dois homens por tráfico de droga em Famalicão e Guimarães

Dois homens, de 28 e 37 anos, foram detidos esta terça-feira, por tráfico de estupefacientes em Guimarães, Famalicão e Cantanhede, informou a GNR.

A detenção – resultado de uma investigação que decorria há cerca de dois meses -, foi realizada pelo Comando Territorial de Braga, através do Núcleo de Investigação Criminal de Guimarães. Os militares deram cumprimento a três mandados de busca domiciliárias e numa viatura, que culminou na apreensão de duas doses de canábis, 39 gramas de ecstasy, uma balança, sete telemóveis, três tablet/ipad, cinco facas, três computadores e uma ‘pen drive’.

Dois discos externos, 23 cartões “Bitcoins”, no valor individual de 100 euros cada cartão, frascos com estupefaciente em estado líquido, documentos e sacos de acondicionamento de droga também foram apreendidos no decurso desta operação.

Famalicão: Suspeito de violar uma jovem detido pela Polícia Judiciária

A Polícia Judiciária de Braga comunicou, esta quarta-feira, a detenção de homem, de 41 anos, suspeito de violar, há cerca de quatro meses, uma jovem em Vila Nova de Famalicão.

O homem foi detido pela prática do crime de violação na forma agravada, em cumprimento de mandado de detenção fora de flagrante delito, emitido pelo Ministério Público.

A violação terá acontecido ao final do dia 4 de fevereiro deste ano. Sob ameaça de uma arma branca, o arguido levou a vítima, uma jovem de 21 anos, para um local ermo, onde a violou, consta da nota de imprensa.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial e foi-lhe aplicada prisão preventiva.

Ataque de cão a casal em Joane: Novas Informações

Um casal ficou ferido, ao final da tarde desta terça-feira, depois de terem sido atacados pelo cão.

Ao que a Cidade Hoje conseguiu apurar, e segundo o relato de pessoas próximas, o animal terá atacado os seus donos assim que estes se preparavam para sair de casa, sem que nada fizesse prever o sucedido.

O homem ficou com ferimentos considerados mais graves, nomeadamente ao nível de um dos braços, já a mulher sofreu ferimentos ligeiros.

Fonte do socorro avançou à nossa equipa que os soldados da paz só conseguiram socorrer as vítimas depois da intervenção das autoridades locais.

Ambos foram transportados para a unidade de Vila Nova de Famalicão do Centro Hospitalar do Médio Ave depois de assistidos no local pelos B.V.Famalicenses e a SIV de Santo Tirso.

O cão, de raça Fila de São Miguel, foi levado pelo Centro de Recolha Oficial Animal de Famalicão.

 

Famalicão: Homem detido por violência doméstica

Esta segunda-feira, a PSP deteve um homem, de 42 anos, por violência doméstica.

A detenção aconteceu na cidade de Vila Nova de Famalicão, depois da PSP ter tomado conhecimento da ocorrência e, já no local, verificou que o suspeito tinha agredido a sua companheira.

O homem foi detido e presente, esta terça-feira, no Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão.