Jovem que assaltou e agrediu vizinho que acabou por morrer vai conhecer a sentença

O Tribunal Judicial de Guimarães marcou para 17 de julho a leitura do acórdão de um jovem de Famalicão acusado de agredir e assaltar um idoso, que viria a morrer menos de um mês depois.

O jovem, que na altura dos factos tinha 17 anos, está acusado de um crime de roubo, agravado pelo resultado morte. No processo, é também arguida a mãe do jovem, acusada de um crime de recetação, por alegadamente ter vendido o ouro que o filho roubou ao idoso. Nas alegações finais, o procurador do Ministério Público limitou-se a pedir “justiça”, enquanto os advogados de defesa pediram a absolvição.

Os factos remontam à madrugada de 19 de outubro de 2016, na casa do idoso, de 85 anos, no centro de Vila Nova de Famalicão. Segundo a acusação, o idoso foi agredido comum barrote de madeira na cabeça e bateu contra uma lareira, acabando por morrer cerca de um mês depois.

Na altura, ter-lhe-ão roubado cerca de 885 euros em notas e objetos em ouro que alegadamente foram vendidos no dia seguinte pela mãe do jovem arguido, numa loja especializada, por 2.950 euros.

Em julgamento, o jovem negou a autoria do crime, alegando que na altura estava a dormir. A mãe não prestou declarações. O caso foi inicialmente investigado pela PSP e arquivado, mas acabaria por ser reaberto, depois de uma denúncia anónima que apontava uma sobrinha da vítima como sendo a autora do crime.

Face a essa denúncia, o Ministério Público pediu a exumação do cadáver da vítima, para autópsia. A investigação concluiria que o autor do crime foi um jovem vizinho. A advogada de defesa do jovem alegou hoje que a autópsia foi “inconclusiva” quanto às causas da morte. Alegou ainda que não há qualquer prova de que o jovem tenha sido o autor do assalto e, consequentemente, das agressões. Já o advogado da mãe defendeu que não é possível provar que tenha sido a arguida a vender o ouro, apesar de terem sido usados os seus documentos pessoais.

Famalicão: Bike Tour Tiago Machado é no dia 20 de novembro

A décima segunda edição do Bike Tour Tiago Machado, iniciativa que inclui uma caminhada também aberta à participação de todos os interessados, realiza-se na manhã do dia 20 de novembro, com o apoio da Associação de Ciclismo do Minho. O passeio decorre a partir da freguesia de Vale S. Martinho, assumindo um cariz solidário e com a presença de atletas de renome. As inscrições devem ser formalizadas em www.acm.pt.

Este passeio de bicicletas é uma oportunidade para pedalar com o ciclista Tiago Machado (Rádio Popular / Paredes / Boavista) que anunciou o fim da carreira profissional este ano e que em 2023 assumirá o cargo de coordenador da academia de ciclismo da Efapel Cycling.

O percurso tem uma extensão de cerca de 18 quilómetros (dificuldade baixa), enquanto a caminhada tem cerca de 6 kms (dificuldade baixa). Os participantes no Bike Tour habilitam-se ao sorteio de vários prémios, sendo que brevemente será anunciada a instituição para qual reverterá a verba angariada.

Fotos: Pedro Sarmento – Lusa

 

Famalicão: Desfolhada tradicional em Mogege

O Rancho Folclórico Santa Marinha de Mogege realiza na noite do próximo sábado, a partir das 21 horas, uma desfolhada tradicional.

De entrada livre, a desfolhada decorre na eira dos irmãos Freitas, junto ao Café Águia, no lugar da Portela.

Famalicão: Jovens partilham ideias e desafios para o seu futuro profissional

Mais de 30 jovens famalicenses, que procuram um novo desafio profissional, participaram, na semana passada, em dois Creativity Camp, com duração de dois dias, promovidos pelo programa Contrato Local de Desenvolvimento Social 4G/Comunidades Incubadoras.

Esta ação de formação, que decorreu na Casa da Juventude, tem objetivos e metodologias de trabalho específicos e contou com o apoio do Movimento Transformers, sendo «um espaço e momento de partilha, criatividade, desafios e procura de soluções», conforme referiu Ana Carvalho, coordenadora da equipa do CLDS.

Sonhos, objetivos, propósito, forças e fraquezas, análise e foco, foram alguns dos conceitos que se debateram nesta ação. A identificação de áreas de interesse e o pensamento criativo para o desenho de novas soluções foi uma constante ao longo dos dois dias de formação.

No decorrer desta iniciativa surgiram projetos com potencial de serem incubados com o apoio da equipa do CLDS 4G no território do Município.

O CLDS 4G é um programa do Instituto da Segurança Social, promovida pela Câmara Municipal e que tem a ENGENHO, como entidade coordenadora e executora do projeto.

Famalicão: “Manta de Afetos” no Dia Internacional da Pessoa Idosa

“Manta dos Afetos” é muito mais do que uma tapeçaria, representa convívio e interação entre centenas de pessoas de mais idade. Estes trabalhos foram mostrados no dia 1 de outubro, nas comemorações do Dia Internacional da Pessoa Idosa, assinaladas no concelho famalicense com uma festa convívio que decorreu no Parque do Quinteiro, em Oliveira São Mateus.

Perto de três centenas de seniores famalicenses associaram-se à festa que contou com vários momentos de animação, protagonizados pelos alunos dos cursos técnicos de desporto, geriatria e restauração da Didáxis de Riba de Ave e pela Tuna ARRA, Associação de Reformados da freguesia, e com uma ação de sensibilização para os direitos da pessoa idosa pela PSI-ON.

O município de Famalicão já anunciou a intenção de criar Academias Seniores, um programa descentralizado de promoção de uma vida ativa junto dos seniores. Presente no convívio de Oliveira S. Mateus, o presidente da Câmara Municipal, Mário Passos, falou «na importância de se trabalhar a problemática do isolamento social, de reforçar os laços de pertença dos seniores à comunidade e de potenciar uma vida mais ativa através do trabalho criativo e da partilha de atividades e de experiências, conforme são objetivos deste projeto».

 

 

Famalicão: Casal apanhado pela GNR a roubar combustível do depósito de duas viaturas

A GNR deteve hoje um homem, de 40 anos, e uma mulher, de 30, por furto de combustível no concelho de Barcelos, no distrito de Braga, anunciou aquela força.

Em comunicado, a GNR refere que se trata de uma investigação envolvendo mais de uma dezena de furtos de combustível nos concelhos de Barcelos, Vila Nova de Famalicão, Santo Tirso e Vila do Conde.

Os suspeitos foram detidos em flagrante, quando se encontravam a furtar gasóleo do depósito de duas viaturas, num estaleiro de obras.

No seguimento da ação policial, foi realizada uma busca domiciliária que permitiu apreender 175 litros de gasóleo, 17 bidões para transporte de combustível, uma viatura, um telemóvel e diverso material associado àquele tipo de furto.

Os suspeitos vão ser presentes na terça-feira ao Tribunal de Barcelos, para primeiro interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação.