Legislativas: Jorge Paulo Oliveira diz que Governo esqueceu Famalicão em matéria de saúde

Jorge Paulo Oliveira, candidato do PSD às eleições legislativas, defende a necessidade de uma «verdadeira e efetiva transferência de competências do Estado para as autarquias locais» na área dos cuidados de saúde primários. Mas, apela a uma transferência acompanhada de meios financeiros, «o que não se tem verificado», diz.

Por isso, realça a importância da municipalização dos cuidados de saúde, visando «a continuidade dos serviços próximos das populações e a resposta às suas necessidades».

O candidato social-democrata à Assembleia da República pelo círculo eleitoral de Braga garante que «o Município de Famalicão sempre manifestou disponibilidade para assumir competências na área da saúde, sobretudo ao nível da gestão dos equipamentos e do pessoal administrativo, garantindo os cuidados de que a população necessita. Contudo, é por demais evidente o desinteresse e, pior, o desinvestimento do Governo Central».

Jorge Paulo Oliveira dá como exemplo a USF de Requião, que será em breve requalificada e ampliada, mas a Câmara Municipal vai assumir os custos da intervenção com o apoio de fundos comunitários. «Nesta obra não há qualquer financiamento por via do Orçamento do Estado, apenas financiamento comunitário e uma comparticipação de cerca de 15% pelo orçamento municipal, assim como todo o trabalho relacionado com a execução dos projetos e acompanhamento da obra», sublinha o parlamentar.

O social-democrata aponta outros exemplos recentes de investimentos no setor da saúde que avançaram em Famalicão sem apoio do Estado. Destacou as medidas de combate à pandemia, num total superior a sete milhões de euros do orçamento municipal, com a aquisição de equipamentos de proteção individual, a criação de uma urgência temporária no Hospital de Famalicão e o Centro de Vacinação de Vale S. Cosme. Também a Clínica da Mulher e da Criança da unidade de Vila Nova de Famalicão do Centro Hospitalar do Médio Ave (CHMA) resulta de um investimento de 300 mil euros da autarquia e de empresários do concelho.

Lembrando a falta de recursos humanos e outros problemas na área da saúde, o deputado diz que «descentralizar não é só passar para as Câmaras Municipais a gestão dos edifícios; é preciso que as autarquias tenham uma real influência na melhoria dos cuidados de saúde», remata.

Em matéria de saúde, Jorge Paulo Oliveira garante que o PSD, no seu programa eleitoral, entre outras medidas, pugna por um Serviço Nacional de Saúde com médicos de família, consultas e cirurgias para todos e a tempo, valorizando médicos, enfermeiros e auxiliares.

 

Famalicão: A última subida à Torre de Tiago Machado

O ciclista famalicense, que em junho passado assumiu que finda esta época deixará a caravana velocipédica, subiu este domingo, pela última vez, ao alto Torre. Mítica etapa da Volta a Portugal.

Em jeito de nostalgia escreveu nas redes sociais: “A minha última subida ao alto da Torre enquanto ciclista profissional.
Obrigado a todos pelo apoio, em especial à minha família e amigos mais próximos por mais este última ” valeta” da Torre”, agradeceu Tiago Machado.

O famalicense é um dos ícones do ciclismo nacional, tendo cumprido ao longo da sua profícua carreira três edições da Volta a França, cinco à Espanha e duas a Itália. Em representação de Portugal participou em cinco Campeonatos do Mundo. Mas os seus créditos e currículo é bem mais vasto…

Atualmente, e na Volta a Portugal, Tiago Machado corre pela Rádio Popular – Paredes – Boavista.

Foto: Facebook Tiago Machado

Famalicão: Sistema do Museu Bernardino Machado disparou alerta de incêndio que não se confirmou

Os Bombeiros Voluntários Famalicenses foram, na manhã deste domingo, alertados para uma possível situação de incêndio no Museu Bernardino Machado, no centro de Vila Nova de Famalicão.

O alerta terá chegado através do sistema de deteção de incêndio daquele espaço, avançam os soldados da paz.

Chegados ao local, e depois dos trabalhos de reconhecimento, não foi detetado nenhum foco de incêndio, pelo que a Rua Adriano Pinto Basto, no coração da cidade, foi reaberta e a ocorrência dada como concluída.

É de Famalicão jovem que morreu num trágico acidente de viação em Guimarães

É de Vila Nova de Famalicão o jovem que, esta madrugada, faleceu na sequência de um trágico acidente de viação, na vila de Brito, em Guimarães.

A vitima seguia numa viatura que, por razões desconhecidas, entrou em despiste e acabou por ser travada metros depois, na sequência de ter embatido contra um muro e um poste.

Deste sinistro resultaram ainda outros três feridos, considerados ligeiros.

No socorro estiveram Bombeiros de Guimarães e das Taipas, bem como a equipa da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Guimarães.

A GNR tomou conta da ocorrência.

Famalicão: Ciclista Rui Sabino é campeão nacional

Rui Sabino, ciclista famalicense que alinha na União Ciclismo da Trofa, sagrou-se este sábado Campeão Nacional de Juvenis, nos Campeonatos Nacionais que decorrem no Bombarral.

Rui Sabino foi mais forte no sprint final na prova de 21km e fica para a história como o primeiro Campeão Nacional da categoria.

Rui Sabino não poderia estar mais feliz com a vitória. “A sensação de conseguir esta vitória é muito boa. Só posso agradecer à minha família que esteve aqui hoje a apoiar-me. É muito bom conseguir esta vitória e ser recompensado pelo esforço. É a minha primeira vitória este ano e logo num campeonato nacional. É maravilhoso”.

Famalicão: Miguel Rocha vence concurso internacional de violino

O ribeirense Miguel Rocha venceu, recentemente, o Concurso Internacional de Violino, na Cidade do Porto, no âmbito do CONVIMUS – Convívios Internacionais de Música, no escalão de jovens adultos.

Miguel Rocha, atualmente a estudar violino com Esther Hoppe, na Universidade Mozarteum, em Salzburgo, na Áustria, iniciou a sua aprendizagem no Clube de Cultura e Desporto de Ribeirão, com a professora Cátia Sá. Frequentou, ainda, o Centro de Cultura Musical, quando era aluno da Escola EB 2,3 de Ribeirão, prosseguindo os estudos na Artave, com a professora Raquel Costa.
O jovem ribeirense já foi premiado em vários concursos.