Mais de 10 milhões receberam alerta da Proteção Civil por SMS

Mais de 10,5 milhões de pessoas em Portugal receberem, na quinta-feira, a mensagem de telemóvel (SMS) sobre as restrições especiais de circulação e a situação de risco devido à covid-19, anunciou a Proteção Civil.

Em comunicado, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) refere que a mensagem sobre a situação de risco relacionada com a pandemia de covid-19, e em particular quanto às restrições especiais de circulação a adotar até a próxima segunda-feira, foi recebida por 10 milhões de clientes nacionais e os restantes por clientes internacionais que se encontram em Portugal Continental.

“COVID19: Especiais restrições de circulação 9 a 13 abril. Nesta Pascoa fique em casa. Previna contagio. Info em covid19estamoson.gov.pt / www.prociv.pt / ANEPC”, foi o conteúdo do SMS recebido em português e em inglês.

As novas restrições de circulação impostas na renovação do estado de emergência estipulam que entre as 00:00 de quinta-feira e as 24:00 do dia 13, as deslocações não poderão fazer-se para fora do concelho de residência, salvo em situações autorizadas, como as relacionadas com o trabalho.

A operação conjunta de fiscalização da PSP e da GNR conta com 35 mil elementos no terreno.

Greve dos trabalhadores da IP vai afetar circulação de comboios nos dias 1, 3 e 5 de agosto

A organização sindical representativa dos trabalhadores da IP – Infraestruturas de Portugal (gestor da infraestrutura ferroviária) convocou uma greve para os dias 1, 3 e 5 de agosto e a Comboios de Portugal (CP) prevê «fortes perturbações» na circulação.

Em comunicado, a CP reporta que, «por motivo de greve convocada por organização sindical representativa dos trabalhadores da IP – Infraestruturas de Portugal preveem-se fortes perturbações na circulação de comboios, a nível nacional, em todos os serviços, nos dias 1, 3 e 5 de agosto de 2022».

Está prevista a realização de serviços mínimos nos dias da greve, sem prejuízo de poderem ser realizados comboios adicionais, cuja lista pode ser consultada em www.cp.pt

Famalicão: Team Baia oficializa, em comunicado, adiamento do rali

O Team Baia acaba de oficializar o adiamento do Rali de Famalicão, agendado para este fim de semana. A associação organizadora da prova justifica o adiamento pela atual situação de alerta em vigor devido ao tempo quente e elevado risco de incêndio. A incerteza quanto aos próximos dias levou a esta decisão.

O Rali foi remarcado para os dias 1 e 2 de outubro.

O comunicado na íntegra

Associação Têxtil e Vestuário crítica falta de apoios à internacionalização

A direção da ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal está preocupada com o que diz serem atrasos e incertezas no apoio à internacionalização para este setor do têxtil e vestuário.

Mário Jorge Machado, presidente da ATP, garante que a Associação tem procurado informações junto das entidades competentes e que não tem obtido as respostas que precisa.

«As manifestações de preocupação foram dirigidas ao mais alto nível, a diversas entidades e responsáveis políticos, desde a membros do Governo, ao COMPETE, à AICEP Portugal Global, à própria CIP, e, nalguns casos, manifestações reiteradas», acusa.

Mário Jorge Machado recorda que as «últimas calls do Portugal 2020 para a internacionalização das empresas ficaram muito aquém das necessidades, com cortes orçamentais que não eram de todo esperados. Sobretudo numa altura essencial em que deveríamos estar a ajudar as empresas a reverter os efeitos provocados, primeiro, por uma pandemia, a que somaram, recentemente, outros provenientes da guerra, com crise de preços na energia e matérias-primas, subida da inflação e recuo da procura», frisa.

Ainda que reconheça que as verbas do Portugal 2020 possam estar esgotadas, Mário Jorge Machado lembra que há um «Programa como o Portugal 2030 que devia estar ao serviço da economia desde 2021, e estamos no 3.º trimestre de 2022 e ainda ninguém consegue antecipar quando poderá estar operacional, com abertura de calls nestas e noutras áreas».

Famalicão: Ana Azevedo foi eleita a melhor jogadora do europeu de futsal

A famalicense Ana Azevedo foi considerada a melhor jogadora da fase final da segunda edição do Europeu de futsal, que decorreu em Gondomar, e que terminou com a vitória da Espanha, nas grandes penalidades (4-1).

A capitão da Seleção Nacional, de 35 anos, que apontou um golo no derradeiro jogo, não escondeu a tristeza por ter perdido a final.

Depois de uma igualdade a dois golos, no tempo regulamentar, a final seguiu para o prolongamento onde vingou, nova igualdade, a três golos. Nas grandes penalidades as espanholas não falharam e levam, pela segunda vez, o troféu.

Famalicão: Presidente da Câmara alerta Ministro para os problemas das infraestruturas da PSP e GNR de Famalicão e Riba de Ave

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Mário Passos, sensibilizou, esta sexta-feira, o Ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, para a falta de condições dos quartéis da GNR e da PSP de Famalicão, além da adaptação do antigo quartel dos bombeiros de Riba de Ave para a GNR local.

O autarca famalicense aproveitou a presença do Ministro na inauguração do Campus da Proteção Civil, em Bairro.

A propósito da GNR de Riba de Ave, o edil lembrou que o município adquiriu o edifício e está na intenção de o ceder gratuitamente ao Ministério da Administração Interna para que, depois do protocolo entre a autarquia e o Governo, a GNR de Riba de Ave possa ser instalada.

«A Administração Central tem que assumir as suas responsabilidades, sabendo que pode contar com a total abertura da nossa parte», referiu o presidente da Câmara.

Mário Passos pediu a mesma atenção em relação aos postos da PSP e da GNR de Vila Nova de Famalicão, que, segundo a sua análise, precisam de uma intervenção «urgente» de requalificação infraestrutural.

O Ministro demonstrou total disponibilidade para o diálogo com o município e para analisar as necessidades, mas lembrou que os recursos são de todos e têm de satisfazer um vasto leque de problemas.