Mais de 250 empresas podem receber alunos da Oficina para formação em contexto de trabalho

São mais de 250 as empresas de Santo Tirso, Vila Nova de Famalicão, Trofa, Paços de Ferreira, Braga e do Porto nas quais os alunos da OFICINA – Escola Profissional poderão realizar, a partir de março de 2021, a sua Formação em Contexto de Trabalho.

Apesar da situação pandémica atual, as entrevistas estão já a decorrer quer em modo presencial quer em modalidade Online, sendo salvaguardas todas as condições de segurança e higiene .

Serão quatro meses em que os alunos da OFICINA aprofundarão em contexto empresarial a sua formação técnica. Entre os vários parceiros de Formação em Contexto de Trabalho, encontram-se o Futebol Clube do Porto e as Câmaras Municipais de Santo Tirso, Vila Nova de Famalicão, Trofa e da Maia.

Ao longo da Formação em Contexto de Trabalho, os alunos serão acompanhados por um professor tutor e por um orientador na empresa, tendo direito ainda a subsídio de transporte e de alimentação.

Tribunal de Famalicão pode decidir esta sexta-feira sobre futuro dos irmãos que não frequentam aulas de Cidadania

O Tribunal de Família e Menores de Famalicão tem marcada para esta sexta-feira, dia 9 de dezembro, a audiência que pode decidir sobre o futuro escolar dos dois irmãos Mesquita Guimarães que não frequentam as aulas de Cidadania e Desenvolvimento desde 2018/19, por decisão dos pais.

Bons alunos às restantes disciplinas, os dois irmãos têm vindo a transitar de ano, apesar de chumbados por faltas à disciplina obrigatória de Cidadania e Desenvolvimento. Os pais têm contestado em Tribunal a decisão, o que faz com que os alunos transitem de ano.

O Ministério Público do Tribunal de Família e Menores de Famalicão pediu em abril que os jovens ficassem sob tutela da direção da escola durante o período de aulas, considerando esta a única medida «que se apresenta como do superior interesse dos jovens». Houve uma sessão marcada no início de julho que acabou suspensa e que foi agora marcada.

Recorde-se que o Ministério da Educação considera que o objetivo passa pela criação, a título excecional, de planos de recuperação, conforme previsto na lei, para que os alunos possam ter aproveitamento positivo a esta disciplina.

Como tem vindo a ser referido, os pais defendem que a educação para a cidadania é uma competência da família, não aceitando que matéria como “Educação para a igualdade de género” e “Educação para a saúde e sexualidade” seja ensinada fora da família. Na opinião deles, a educação no sistema público não pode seguir nem impor diretrizes filosóficas, estéticas, políticas, ideológicas ou religiosas.

A audiência está marcada para esta sexta-feira, às 9 horas, pede apoio de quem se identifica com a sua causa.

Famalicão: Bgreen acolhido por alunos chineses

Uma parceria entre a OFICINA, a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, a municipalidade de Binzhou e a Escola Experimental de Binzhou, levou a que o bgreen (festival de vídeo ecológico) fosse acolhido pelos alunos chineses desta escola que, juntamente com os seus professores, tiveram a oportunidade de partilhar os seus vídeos e as suas preocupações com o meio ambiente.

Alunos e responsáveis dos dois países assumiram o compromisso de espalhar a mensagem ecológica a outras partes do globo.

Este “International Youth Webinar”, que decorreu em novembro, contou ainda com a presença dos vice-diretores dos Negócios Estrangeiros e do Departamento Educacional de Binzhou, o diretor da Associação para a Amizade com Países Estrangeiros, o diretor geral da Escola Experimental de Binzhou, os representantes da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão na pessoa do vereador para a Educação, do diretor do Planeamento Estratégico e da responsável pelas Relações Internacionais e ainda os representantes da OFICINA – Escola Profissional do INA, assim como, alunos de ambas as escolas.

 

CD Trofense elege novos órgãos sociais

A Comissão Administrativa do Clube Desportivo Trofense convoca os sócios para uma Assembleia Geral Ordinária, que terá lugar esta quarta-feira, 7 de dezembro, pelas 20:30h, na Junta de Freguesia de Bougado (São Martinho e Santiago), polo de S. Martinho.

Da ordem de trabalhos consta a eleição dos órgãos sociais para o biénio 2022/2024, ato que decorre até às 22 horas; segue-se a tomada de posse e, por último, a discussão de outros assuntos de interesse para o clube.

Só será permitida a participação de sócios do clube com as quotas em dia (inclusive a quota de dezembro de 2022); só poderão votar os sócios de idade igual ou superior a 15 anos e que tenham completado, pelo menos, três meses de associado.

Famalicão: Alunos da EB de Delães exploram a Casa do Território

Os alunos do 3º ano da EB de Delães visitaram a Casa do Território, no Parque da Devesa, no dia 28 de novembro. As crianças tinham como objetivo conhecer melhor o território, as suas personalidades e principais atividades.

Num só espaço ficaram a conhecer Bernardino Machado, Alberto Sampaio, Camilo Castelo Branco e Soledade Malvar. Para além das personalidades, também perceberam que existem museus importantes, com um significativo espólio.

A visita só terminou depois de os alunos conhecerem as indústrias que levam o nome de Vila Nova de Famalicão a todo o mundo, como é o caso de Vieira de Castro, Riopele, Louropel, Continental Mabor e Leica.

Rafael Azevedo, Lara Sampaio e outros meninos, intitulados “Somos os Exploradores”, ficaram encantados com as surpresas deste espaço e, no final, demonstraram os conhecimentos adquiridos.

 

Famalicão: Quarenta e uma escolas são Amigas da Criança

A distinção promovida pela Confederação Nacional das Associações de Pais, pela editora LeYa Educação e pelo psicólogo Eduardo Sá premiou 41 escolas e jardins de infância e mais de 170 os projetos de Vila Nova de Famalicão com o Selo Escola Amiga da Criança.

Esta iniciativa de âmbito nacional, visa distinguir escolas que concebem e concretizam ideias que contribuam para o desenvolvimento da criança no espaço escolar e, essencialmente, partilhem essas boas práticas.

Os objetivos desta ação passam por envolver a comunidade educativa em projetos que promovam a satisfação dos alunos, dar a conhecer as ideias promovidas pelos estabelecimentos de ensino e proporcionem às crianças e jovens um percurso enriquecedor e um desenvolvimento pessoal e social mais integrado e harmonioso.

Os Meninos Cantores da Trofa apresentam «Cantata de Pedra»

Depois do sucesso na Fundação José Saramago – Casa dos Bicos, em Lisboa e na Antiga Estação, na Alameda da Estação, chegou a vez da Casa da Cultura receber a interpretação dos Meninos Cantores do Município da Trofa, da «Cantata de Pedra», a partir do livro “José, Será Mago?”, com texto e música de Mário João Alves. O espetáculo decorre este domingo, às 11 horas.

O coro dos Meninos Cantores do Município da Trofa, fundado a 1 de outubro de 1999, foi o primeiro projeto avançado pelo pelouro da Cultura da Câmara Municipal da Trofa. O coro é formado por cerca de 40 elementos e é dirigido desde a sua fundação pela maestrina Antónia Maria Serra.

«Falar nos Meninos Cantores do Município da Trofa é falar, inevitavelmente, em magia. As atuações dos nossos meninos são um orgulho não só para a autarquia, não só para o concelho, mas para o nosso país. O resultado de qualquer atuação é sempre algo brilhante», refere Renato Pinto Ribeiro, vereador da Cultura da Câmara Municipal da Trofa.