Mercadona participa na recolha de alimentos do Banco Alimentar contra a Fome

A Mercadona associa-se, uma vez mais, à campanha recolha de alimentos organizada pelo Banco Alimentar Contra a Fome, que começou esta sexta-feira e termina a 5 de junho. A empresa coloca à disposição desta campanha todos os seus pontos de venda nos distritos onde está presente, no Porto, Braga, Aveiro e Viana do Castelo.

A Mercadona colabora nesta iniciativa social com o compromisso de motivar os clientes a participar nesta grande campanha solidária, que consiste na doação monetária, em múltiplos de 1€, que pode ser efetuada nas caixas de pagamento no momento da compra. As quantidades doadas serão convertidas em alimentos pela Mercadona e entregues aos respetivos bancos alimentares, chegando, assim, a quem mais precisa.

Isabel Jonet, presidente da Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares Contra a Fome, destaca que «o apoio da Mercadona aos Bancos Alimentares que, na campanha de recolha se intensifica pela mobilização dos clientes para a luta contra a fome, é muito importante e revela elevada responsabilidade social e preocupação com os mais carenciados das comunidades em que as lojas estão implantadas».

Em 2021, a empresa doou 1.400 toneladas de alimentos e produtos de primeira necessidade a cantinas sociais, bancos alimentares e outras entidades sociais de Portugal, que correspondem a 23.300 carrinhos de compra. A Mercadona colabora em Portugal com 30 cantinas sociais e 4 bancos alimentares entre outras instituições que recebem diariamente doações para apoiar pessoas que se encontram em situações de carência.

Famalicão: Município adere a campanha mundial e incentiva a redução da utilização do plástico

Vila Nova de Famalicão associou-se ao movimento internacional “Julho Sem Plástico” que, desde 2011, promove a redução da utilização de plástico em todo o mundo.

Deste modo, o Município quer fazer parte da solução, incentivando os famalicenses a evitar o uso de plásticos descartáveis com o objetivo de reduzir o impacto e poluição que estes materiais causam ao meio ambiente.

Para além das mensagens de sensibilização difundidas nas várias plataformas de comunicação do município sobre os hábitos que devem ser adotados para a redução do plástico, a Câmara Municipal vai, ainda, promover uma ação de sensibilização, no dia 13 de julho, na feira semanal, com a distribuição de meio milhar de sacos de pano.

Um relatório do Fundo Mundial para a Natureza (WWF) denuncia que, desde 2000, mais de 75% do plástico produzido no mundo já virou lixo e isso traz consequências prejudiciais para a vida selvagem, sistemas naturais e seres humanos.

A campanha “Plastic Free July” foi criada pela Plastic Free Foundation, uma iniciativa internacional que mobiliza milhões de pessoas em todo o mundo para assumir o desafio e o compromisso de reduzir o consumo de descartáveis ao longo de um mês. Tudo começou em 2011, graças a Rebecca Prince-Ruiz, que iniciou o movimento na sua cidade, na Austrália, contagiando a sua comunidade, o governo local e, a partir daí, nos anos seguintes, o país e o mundo.

Recorde-se que, este domingo, celebrou-se o Dia Internacional Sem Sacos de Plástico.

Covid-19: Isolamento de doentes passa de sete para cinco dias

A ministra da Presidência anunciou, esta quinta-feira, que o período de isolamento por covid-19 vai passar de sete para cinco dias e que a situação de alerta devido à pandemia mantém-se até ao final do mês de julho.

Em conferência de imprensa, Mariana Vieira da Silva promete novidades para os próximos dias, garantindo que vão continuar a vigorar regras do uso de máscaras em determinadas situações, como transportes públicos. A exigência do certificado digital para entrar no país vai deixar de ser obrigatória, referiu a Ministra.

Em tempo de férias, PSP relembra o programa Estou Aqui Criança

Nesta altura de férias, a PSP relembra que está em curso programa Estou Aqui Criança que visa agilizar o trabalho de sinalização de uma criança desaparecida e promover o seu rápido retorno à família.

As pulseiras Estou Aqui destinam-se a crianças com idades compreendidas entre os 2 e os 10 anos e possuem um código alfanumérico, único, sem qualquer relação com dados pessoais. São válidas em todo o território nacional e podem ser solicitadas tanto para crianças residentes em Portugal como não residentes.

Caso a criança portadora da pulseira se perca, qualquer pessoa que a encontre somente necessita contactar a PSP por intermédio do número de emergência nacional (112) e comunicar onde se encontra e qual o código da pulseira que a criança tem consigo. A Polícia de Segurança Pública tratará de informar a família e assegurar de imediato o reencontro familiar.

Preço dos combustíveis deve baixar (pouco) na próxima semana

Depois de mais de um mês de sucessivas subidas, na próxima segunda-feira, o preço dos combustíveis deverá descer, avança a CNN Portugal. Trata-se de um alívio de poucos cêntimos.

O preço do litro do gasóleo deverá descer cerca de três cêntimos, já o da gasolina deverá cair cerca de 2,5 cêntimos.

 

Greve na CP decretada para esta quinta-feira

A greve decretada por uma organização sindical, para o período entre as 00h00 desta quinta-feira e as 07h00 de sexta-feira, vai provocar perturbações muito significativas, com forte impacto nos dias anterior e seguinte, em todos os serviços com origem e/ou destino na região Norte, Coimbra e Linha do Oeste, avisa a CP – Comboios de Portugal.

Não se prevê, ainda, serviços Internacional Celta, Urbanos do Porto e Urbanos de Coimbra.

A CP, em comunicado, garante que «envidará todos os esforços para prestar o melhor serviço possível aos seus clientes, apesar dos constrangimentos decorrentes desta situação».

Aos clientes que já tenham adquirido bilhete para viajar em comboios dos serviços Alfa Pendular, Intercidades, Interregional e Regional, será permitido o reembolso no valor total do bilhete adquirido, ou a sua revalidação gratuita, para outro comboio da mesma categoria e na mesma classe.

A CP recomenda a obtenção de informação sobre o estado da circulação de comboios, através do contacto com os canais de informação da empresa, cp.pt ou Linha de Atendimento – 808 109 110 (custo de uma chamada para a rede fixa nacional).

Chef famalicense dá brilho a estrela Michelin de restaurante português no Dubai

O restaurante Tasca by José Avillez, no Dubai, conquistou uma estrela na primeira edição do Guia Michelin desta cidade dos Emirados Árabes Unidos. A distinção tem um toque famalicense, dado que José Barroso é o chef executivo do espaço. Aliás, foi José Barroso que, durante a gala, subiu ao palco para vestir a jaleca com uma estrela e, em nome de Avillez, agradeceu a distinção.

Em declarações ao Expresso, José Avillez fala de «uma grande emoção» e assume que a distinção «foi inesperada porque, apesar de saber que fazemos um ótimo trabalho e que temos uma equipa espetacular, as estrelas Michelin são coisas raras, e este ano é o primeiro em que o guia entra no Dubai».

O ” Tasca” é o primeiro restaurante internacional de Avillez. Foi inaugurado há cerca de três anos e apresenta um menu de cozinha portuguesa.

A estrela Michelin é uma das maiores distinções atribuídas a restaurantes pela excelência da cozinha.