O “BÊ-Á-BÁ” DO ARTESANATO PORTUGUÊS APRENDE-SE EM FAMALICÃO

Há mais de duas décadas que, todos os anos, Irene Almeida sai de Coimbra e ruma até Vila Nova de Famalicão para participar na Feira de Artesanato e Gastronomia do concelho famalicense. “São alguns quilómetros, mas não consigo deixar de ir, vale a pena a viagem”, conta a artesã de 65 anos que, apesar de ser já uma habitué nestas andanças, ainda consegue surpreender os visitantes com os seus trabalhos feitos com recurso a materiais pouco usuais – escama de peixe e casca de cebola e alho.

Este ano não será exceção e Irene volta a integrar a lista dos quase 100 artesãos que de 1 a 10 de setembro vão marcar presença no evento e mostrar ao vivo aquilo que têm de melhor. “Vender é claramente um dos objetivos, mas participo nesta feira acima de tudo porque as pessoas gostam do meu trabalho e pelo enorme prazer que tenho em explicar e mostrar o que faço”, refere.

Na mesma situação está José Carlos Sousa, que já quase perdeu a conta aos anos que participa na feira. Para este artesão famalicense de 62 anos, mestre na arte do ferro forjado, a preparação para o certame faz-se com alguma antecedência. “Isto dá muito trabalho. As minhas férias são praticamente passadas a trabalhar”.

E acrescenta: “Mais do que vender vou pelo prazer de fazer a feira e como há cada vez menos gente a trabalhar o ferro, vou também com a missão de mostrar esta arte”.

Mas se há quem ande nisto há muitos anos, há também quem se estreie este ano na Feira de Artesanato e Gastronomia de Famalicão. Jerónimo Gaudêncio vem do Alentejo e vai mostrar pela primeira vez em Famalicão como se fazem as botas tradicionais alentejanas.

Vem, explica, “por indicação de alguns clientes nortenhos” que lhe deram um bom feedback da Feira de Artesanato e Gastronomia de Famalicão, mas também pelo desejo que tem de levar a sua arte até ao Norte do país.

Refira-se que à beleza e excelência do artesanato, a feira junta ainda os verdadeiros sabores e aromas da gastronomia nacional. Nas tasquinhas provam-se os tradicionais chouriços e presuntos, ricos queijos, os melhores doces, compotas, vinhos e licores. Tudo isto, num ambiente marcadamente popular animado pela presença de grupos folclóricos, cantares ao desafio e muita música tradicional portuguesa. Este ano, são cerca de duas dezenas e meia de espetáculos em dez dias, com referência para os concertos de Maria do Sameiro, banda Filtro, Vitor Jara, Pedra d’Agua, e para os espetáculos das escolas de dança.

A Feira de Artesanato e Gastronomia de Famalicão vai já na sua 34.ª edição, é de entrada gratuita e decorre no antigo campo da feira semanal.

Presidente da República assiste à final da Taça de Portugal Feminina

Marcelo Rebelo de Sousa está no Estádio Nacional para assistir à final da Taça de Portugal Feminina, que começa às 17h15, entre o Sporting e o Famalicão.

Caberá, assim, ao Presidente da República, entregar o troféu à equipa vencedora. Caso seja o Famalicão, que tem quatro anos no futebol feminino, será a primeira vez, enquanto que as sportinguista, com um maior historial na modalidade, lutam pelo terceiro troféu.

 

Famalicão: Procissão de velas a Nossa Senhora de Fátima na Carreira

Na noite deste sábado, depois da eucaristia das 20h30, a comunidade paroquial da Carreira promove uma procissão de velas em honra de Nossa Senhora de Fátima.
A procissão parte da rua da Igreja, prosseguindo pela nacional 204/5, seguindo, depois pelas ruas Aldeia Nova, Maravilhas e Outeiro; passa, ainda, pela travessa do Outeiro, ruas da Escola, da Aldeia, Tojeiras e Aldeia Nova, novamente EN 204/5 e, por fim, rua da Igreja.

Conheça o onze do FC Famalicão para a final da Taça de Portugal Feminina

Já há onze do FC Famalicão para a disputa da final da Taça de Portugal, partida que começa às 17h15, com relato na CIDADE HOJE, a partir do Estádio Nacional.

Para este momento histórico, o treinador Jorge Barcellos escalonou Aline Lima, Sara Monteiro, Laís Araújo, Dani, Regina Pereira (cap), Mariana Azevedo, Tipa, Vânia Duarte, Paty Llanos, Raquel Fernandes e Ana Capeta.

No banco estão Mariana Lima, Maria Miller, Carol, Babi, Mariana Campino, Érica Bispo e Telma Pereira.

O jogo terá a arbitragem a cargo de Ana Afonso, sendo assistentes Cátia Tavares e Cristina Costa, com o auxílio de vídeo-árbitro (Rui Oliveira).

O Sporting alinha com Bacic, Joana Marchão, Bruna Lourenço, Davidson, Brenda Perez, Fátima Pinto (cap), Andreia Jacinto, Diana Silva, Carolina Beckert, Vera Cid e Mariana Rosa.

Famalicão: Chefs de cozinha homenageados pelo Rotary Club

Os Chefs famalicenses Álvaro Costa, Lígia Santos e Renato Cunha foram homenageados pelo Rotary Club de Famalicão.

Esta homenagem profissional «a três distintos representantes da restauração e gastronomia do concelho», decorreu na noite de quinta-feira passada, em sessão que contou com a presença do presidente da Câmara Municipal, Mário Passos.

O Rotary justifica esta homenagem pelo contributo que têm dado «na projeção do concelho na área do turismo. Todos eles alcançaram projeção local e nacional, desenvolvendo as suas atividades empresariais com elevado profissionalismo, com dedicação, com abnegação, norteados pelos princípios da ética profissional e pelo elevado espírito humanitário», destacou Francisco Freitas, presidente do Club famalicense.

Na cerimónia, que contou com a presença da comunidade rotária famalicense, familiares e amigos dos homenageados, para além de Mário Passos, marcaram ainda presença Ademar Carvalho, o presidente do Lions Club de Famalicão, José Lacerda, e o presidente da Escola Superior de Hotelaria e de Turismo, Flávio Ferreira.

 

 

Famalicão: Procissão a Nossa Senhora de Fátima em Seide S. Miguel

Na reta final do mês de Maria, a comunidade paroquial de S. Miguel de Seide realiza, na noite deste sábado, uma procissão em honra de Nossa Senhora de Fátima
A procissão de velas sai depois da eucaristia das 20h30 e tem o seguinte percurso: Rua da Seara, Rua Raquel Castelo Branco, Rua da Tapada, Rua N. Sra de Fátima, Rua Joaquim José Sousa Guimarães, Av. de S. Miguel e Igreja.
Este é «mais um momento de devoção da nossa comunidade».

É por este troféu que o FC Famalicão joga e os famalicenses viajaram mais de 350km

O Futebol Clube Famalicão cumpre, este sábado, um dos momentos mais marcantes dos seus 90 anos de história. A equipa feminina, projeto iniciado em 2019, disputa a final da Taça de Portugal, tendo como adversária o Sporting, um dos emblemas maiores da modalidade em Portugal.

Apoio não faltará à equipa. Rumo a Oeiras, onde está o Estádio Nacional, 17 autocarros transportaram mais de 1000 adeptos, sendo que outros viajaram em carros particulares.

A alegria famalicense já se faz sentir nas imediações do Jamor, todos a sonhar que no regresso venha algo mais com eles: a Taça de Portugal.

CIDADE HOJE está, desde a primeira hora, a acompanhar este momento histórico do FC Famalicão. Siga-nos nas várias plataformas e saiba o que está a acontecer antes, durante e depois do jogo que começa às 17h15.