”O governo não está a cumprir integralmente a sua parte”

“Em Famalicão a delegação de competências na área da educação tem tido resultados muito positivos, mas o governo não está a cumprir integralmente a sua parte” diz Jorge Paulo Oliveira.

Numa visita à EB. 2, 3 Júlio Brandão, durante a manhã desta segunda feira, o deputado à Assembleia da República acompanhado de Estela Veloso, Presidente da Junta da União das Freguesias de Vila Nova de Famalicão e Calendário e Joana Santos Silva, vice-presidente da Comissão Politica Concelhia da JSD, afirmou que o Contrato Interadministrativo de Delegação de Competências celebrado entre o Ministério da Educação e o Município de Vila Nova de Famalicão, em julho de 2015, ou seja na vigência do anterior governo, tem trazido benefícios evidentes para a comunidade educativa “quer do ponto de vista financeiro, com o aumento da disponibilidade de recursos para a implementação dos projetos educativos, quer do ponto de vista dos recursos humanos, com a melhoria do rácios dos colaboradores afetos aos agrupamentos”.

Os resultados deste projeto piloto na área da descentralização de competências só não são melhores porque o “governo não está a cumprir integralmente a sua parte” nem está a “respeitar a matriz das suas responsabilidades emanadas do contrato outorgado com a câmara municipal” diz o deputado famalicense.

Jorge Paulo Oliveira dá como exemplos do “incumprimento” do governo, a “não auscultação da comunidade educativa famalicense na definição na rede educativa, a não colocação atempada de pessoal não docente para apoio e acompanhamento de alunos com Necessidades Educativas Especiais, bem como a não disponibilização da plataforma eletrónica de execução do Contrato, esta última de forma absolutamente inexplicável”.

O deputado social democrata acrescenta ainda que, ao contrário do que está plasmado no contrato, “o Ministério da Educação nunca apresentou qualquer plano para a reabilitação dos edifícios não transferidos onde se insere a Escola Júlio Brandão” circunstância que considera preocupante, dado que o seu edificado, fruto da passagem do tempo, apresenta debilidades várias que exigem uma intervenção de fundo.

Na visita guiada proporcionada pelo Presidente da Direção do Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco, Presidente da Associação de Pais e Presidente da Associação de Estudantes da Júlio Brandão, Jorge Paulo Oliveira pode constatar, além das muitas infiltrações que os edifícios apresentam, que a totalidade das suas coberturas, incluindo as passagens do exterior são em amianto.

“O trabalho desenvolvido pela Associação de Pais e pela Direção do Agrupamento tem sido imenso e muito meritório, e a escola tem beneficiado muito da sua ação, mas sem um plano de reabilitação que cabe ao Ministério da Educação elaborar, subsiste sempre uma grande incerteza na priorização das suas intervenções” afirma o parlamentar que afiançou ir procurar obter respostas junto do governo.

Jorge Paulo Oliveira recorda que Vila Nova de Famalicão é um dos 14 municípios que, em 2015 e no âmbito do denominado “Programa Aproximar”, aceitou integrar a experiência piloto de delegação de competências do Estado nas autarquias locais, experiência que “não foi bem-sucedida em todos os concelhos”.

Jorge Paulo Oliveira diz que Famalicão “está no bom caminho” e espera que o processo de descentralização de competências, em curso no parlamento e cujos princípios estão acordados entre o governo e o PSD, “possa chegar a bom porto e conduza a um comportamento mais proativo e menos faltoso do Ministério da Educação”.

 

Famalicão: Tiago Reis vai a Loulé em busca de um bom resultado

A Baja Loulé, quarta prova do Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno (CPTT), decorre no próximo fim de semana na região algarvia e conta com o campeão nacional em título, Tiago Reis, ainda a recuperar das mazelas provocadas pelo despiste na Baja TT ACP, em março passado. Mesmo assim, o famalicense vai em busca de um bom resultado.

«A Baja do Oeste mostrou-nos que com o somar dos quilómetros ainda há aqui mazelas do acidente, que nos limitam, mas vamos tentar ultrapassar isso com capacidade de sacrifício. Continuamos a fazer recuperação quase diária de forma a minimizar as dificuldades que sentimos e que ficaram patentes no último dia da Baja do Oeste», relata Tiago Reis.

O acidente e abandono na Baja ACP obriga o piloto a correr atrás dos resultados e no Algarve promete tudo fazer para estar entre os primeiros. «Vamos tentar ser rápidos e competitivos, procurando ser melhores do que fomos na última prova, sabendo das dificuldades que vamos ter pela frente».

A Baja de Loulé arranca com o prólogo de 5,4 quilómetros, desenhado em redor do Estádio do Algarve, que acolherá o Centro Operacional e o Parque de Assistência.

Nos dois dias de prova os pilotos têm pela frente cerca de 300km cronometrados, divididos em dois setores seletivos.

Tiago Reis vai estar acompanhado de Valter Cardoso ao volante da habitual TOYOTA HILUX Overdrive, preparada pelo Team Transfradelos.

Famalicão: União Ciclista com campeões regionais

A União Ciclista de VN Famalicão/União Ciclista de Avidos esteve, este domingo, na disputa da Taça Regional Minho de XCM, na Maratona de Paredes de Coura e conseguiu alguns pódios.

Flora Carvalho (na foto) venceu em Masters 50, conquistando a camisola de campeã do Minho; Benjamim Silva foi segundo, em Masters 65, mas também assegurou a camisola de campeão do Minho de Maratonas. José Alberto Mendonça foi terceiro no mesmo escalão, enquanto que em Masters 40, João Mendonça foi terceiro.

Joaquim Manuel Barbosa foi sexto em Masters 55 e José Mesquita terminou em igual lugar, em Masters 60. Raquel Cunha, que inicialmente seguia na liderança, acabou por desistir, acusando o esforço da véspera nas 3 Horas Resistência do Grac, a contar para o campeonato concelhio.

Famalicão: ACAFADO celebra primeiro aniversário com casa cheia

A ACAFADO – Associação Cultural & Recreativa Famalicão Fado celebrou, no passado sábado, o primeiro aniversário, durante um jantar comemorativo que incluiu uma gala de fado. Nas instalações da associação, na freguesia da Lagoa, ouviram-se as Joana Campos, Sara Moreira, Jorge César, Mónica Jarimba, Sara Sousa, Lurdes Silva, Joaquim Macedo, Luísa Vilas Boas e Patrícia Costa; ainda da AFM, com Elisabete Tecas, João Faria, Bernardete Camacho e Jhonny Miguel.

O acompanhamento musical esteve a cargo de José Manuel, na guitarra portuguesa; Costa Pereira, José Cunha e Nuno Faria, na viola de fado e Filipe Fernandes, no contrabaixo. Foram entregues lembranças alusivas a José Eduardo da AFM – Associação de Fado da Madeira; Rui Silva, representante da União de Freguesias de Avidos e Lagoa; Estela Veloso, presidente da União de Freguesias de Famalicão e Calendário; e Mário Passos, presidente da Câmara Municipal de V. N. Famalicão.

No final, cantaram-se os “Parabéns a você” e distribuiu-se o bolo de aniversário pelos presentes que encheram o espaço.

Famalicão: Dois feridos em despiste na N14 em Arnoso

Duas pessoas ficaram feridas, na tarde desta segunda-feira, na sequência de um despiste automóvel, em plena N14.

O acidente deu-se cerca das 17h30, na Avenida Conde de Arnoso, em Arnoso Santa Maria, Famalicão.

Para o local foram acionados os Bombeiros Voluntários Famalicenses que socorreram as duas vítimas e transportaram-nas para a unidade de Vila Nova de Famalicão do Centro Hospitalar do Médio Ave.

Famalicão: Ideias empreendedoras e novos negócios na Praça D. Maria II

O empreendedorismo vai estar em destaque esta sexta-feira e sábado, na Praça D. Maria II, em pleno centro da cidade de Famalicão.

Durante estes dois dias, durante a Feira do Empreendedorismo, várias empresas e marcas famalicenses vão dar a conhecer as suas ideias empreendedoras, com conceitos de negócio e produtos inovadores.

O certame contempla, também, o debate e discussão entre empreendedores, jovens, stakeholders, parceiros e investidores. É o que vai acontecer com o Talk que se realiza no primeiro dia sobre «O Futuro das Startups», no auditório da Fundação Cupertino de Miranda, a partir das 17 horas, e que tem como oradores Francine Beleyi, especialista em gestão de marca e estratégia digital, Pedro Rodrigues docente universitário e especializado em marketing estratégico, Bruno Silva, coach e consultor e Teresa Dieguez, especialista em estratégia e empreendedorismo.

O evento tem inscrição gratuita, mas está sujeito a inscrição prévia, que pode ser feita em www.famalicaomadein.pt

Famalicão distinguido com Selo Município da Juventude

No dia 19 de maio, Vila Nova de Famalicão recebeu o Selo Município da Juventude, no II Encontro Nacional de Municípios Amigos da Juventude, que aconteceu na Casa da Arquitetura em Matosinhos. A distinção, atribuída pela Federação Nacional das Associações Juvenis (FNAJ) aos municípios que se destacaram na implementação de políticas em prol da juventude, foi recebida pela vereadora da Juventude, Luísa Azevedo, que também subscreveu, em nome da autarquia, ao pacto INOVE Jovem.

Neste encontro, o município renovou o compromisso com as políticas locais de juventude de qualidade e amigas dos jovens, continuando na Rede Nacional de Municípios Amigos da Juventude, da qual faz parte desde a sua criação, no final de 2020. A continuidade desta presença na rede nacional foi assegurada fruto das de políticas municipais como o Conselho Municipal de Juventude, Plano Municipal de Juventude, apoio direto ao associativismo juvenil, políticas de apoio à iniciativa jovem, plano de investimento direcionado para o setor da juventude, entre outras.

A subscrição do Pacto INOVE jovem, primeiro pacto para as políticas de juventude em Portugal, edificado na Declaração Madeira 2021, no âmbito da Cimeira Atlântica Associativismo e Juventude, que aconteceu na cidade do Funchal em novembro do ano passado, também ficou firmada no dia 19 de maio pelos municípios que compõem a rede nacional. Trata-se de um pacto que visa estabelecer um compromisso entre o Estado Local e Central, partindo da posição política da FNAJ de que as políticas locais de juventude devem ser complementares às nacionais, não se sobrepondo às mesmas e evitando, deste modo, o desperdício de recursos e de energias.