Paulo Cunha vai votar em Luís Montenegro para líder do PSD

O presidente da distrital de Braga do PSD, Paulo Cunha, em declarações à Lusa, anunciou que vai votar em Luís Montenegro nas eleições diretas do partido. O outro candidato à liderança dos social democratas é o famalicense Jorge Moreira da Silva.

Paulo Cunha afirmou que Luís Montenegro apresenta «as características pessoais, técnicas e políticas de que o PSD precisa» na atual conjuntura. «O PSD precisa dele neste momento, neste contexto específico de mais quatro anos de oposição ao Governo», adicionou o político famalicense.

O presidente da distrital de Braga do PSD destacou a «força, a tenacidade e a dinâmica» do candidato e o «conhecimento profundo do PSD» como características necessárias para «reorientar» o partido. «Considero que se trata da pessoa mais bem colocada para recolocar o partido no lugar que merece», acrescentou.

Paulo Cunha também apoiou Luís Montenegro nas eleições em 2020, ganhas por Rui Rio.

As novas eleições estão marcadas para 28 de maio e o congresso vai decorrer nos dias 1, 2 e 3 de julho, no Porto.

PAN pediu esclarecimentos sobre obras que decorrem nos terrenos junto do tribunal de Famalicão

A Comissão Política do PAN, em comunicado enviado às redações, diz ter sido alertada pela comunidade local para os trabalhos que estão a ser desenvolvidos nos terrenos junto ao tribunal, para a construção de uma superfície comercial.

Em causa está a movimentação de terras que terá provocado um “grande impacto na morfologia do terreno, nomeadamente pelo aterro de parte do leito da linha de água existente no lado poente deste espaço”.

De forma a clarificar toda a situação, o PAN informa que solicitou esclarecimentos ao executivo com vista a obter confirmação sobre parecer positivo quer da Câmara Municipal quer da Agência Portuguesa do Ambiente.

Uma vez que no local existem charcos, o PAN quer ainda saber “se foi feito algum levantamento das espécies existentes nesta zona e que soluções foram delineadas para proteger as mesmas”.

 

 

 

Famalicão: Paulo Cunha recandidata-se à distrital do PSD

Em comunicado emitido este domingo, Paulo Cunha assume a recandidatura à distrital de Braga do PSD, com eleições marcadas para 10 de setembro.

O famalicense e vice-presidente do PSD Nacional avança com a candidatura para novo mandato e para esta tomada de decisão conta “o facto do PSD ser presidido por Luís Montenegro, cujas condições políticas e humanas muito aprecio”, diz.

Não esconde também, “a ajuda que poderei dar ao sucesso das nossas diversas candidaturas” nos próximos atos eleitorais.

Desde 2020 à frente da estrutura distrital social democrata, Paulo Cunha fala em dois anos “de muito trabalho”; reconhece que não foi um período “pleno de êxitos”, mas está convicto de que fez tudo o que estava ao seu alcance, “reforçando a posição do PSD na sociedade civil e o seu entrosamento com as instituições do distrito”.

A sensivelmente um mês das eleições, Paulo Cunha diz que “é tempo de olhar o futuro”. Sobre o projeto e equipa que levará a votos, promete anunciar nos próximos dias.

Greve dos trabalhadores da IP vai afetar circulação de comboios nos dias 1, 3 e 5 de agosto

A organização sindical representativa dos trabalhadores da IP – Infraestruturas de Portugal (gestor da infraestrutura ferroviária) convocou uma greve para os dias 1, 3 e 5 de agosto e a Comboios de Portugal (CP) prevê «fortes perturbações» na circulação.

Em comunicado, a CP reporta que, «por motivo de greve convocada por organização sindical representativa dos trabalhadores da IP – Infraestruturas de Portugal preveem-se fortes perturbações na circulação de comboios, a nível nacional, em todos os serviços, nos dias 1, 3 e 5 de agosto de 2022».

Está prevista a realização de serviços mínimos nos dias da greve, sem prejuízo de poderem ser realizados comboios adicionais, cuja lista pode ser consultada em www.cp.pt

Famalicão: Eduardo Oliveira avança para nova candidatura à Concelhia do PS

O atual presidente da Concelhia do Partido Socialista vai avançar com nova candidatura. O próprio confirmou a CIDADE HOJE a sua decisão. Instado sobre a candidatura de Bruno Cunha, Eduardo Oliveira vê-a com agrado. «É o partido a funcionar e cabe aos militantes decidirem».

O dirigente, que apresenta a candidatura em setembro, entende que «o aparecimento de outras listas é sinal de vitalidade e próprias de uma estrutura Concelhia apetecível. Eu tenho o meu projeto para o PS e Bruno Cunha terá o seu. É muito relevante o debate de ideias porque, dessa forma, quem sai beneficiado é o PS e os famalicenses», garante. Eduardo Oliveira assevera, ainda, que Bruno Cunha «continuará a ter o apoio do partido, aconteça o que acontecer nas eleições, tal como terá o apoio do PS, caso seja essa a sua vontade, de se candidatar a um novo mandato à Junta de Freguesia de Vermoim».

Refira-se que o PS de Vila Nova de Famalicão é liderado, desde fevereiro de 2020, por Eduardo Oliveira. Foi candidato à Câmara, perdendo para Mário Passos. Empossado vereador da oposição, foi, depois, eleito deputado à Assembleia da República. As eleições para as Concelhias, segundo o calendário do PS, deverão ocorrer a 7 ou 8 de outubro deste ano.

Bruno Cunha, atual presidente de Junta de Vermoim, apresenta-se com o Slogan “Unir o Partido, Ganhar o Concelho”. A apresentação da candidatura irá decorrer esta sexta-feira, pelas 21 horas, no auditório da Associação Teatro Construção (ATC), em Joane.

Famalicão: Presidente da Junta de Vermoim é candidato à presidência da Concelhia do PS

Bruno Cunha, atual presidente de Junta de Vermoim, é candidato à liderança da Comissão Política Concelhia do PS de Vila Nova de Famalicão com o Slogan “Unir o Partido, Ganhar o Concelho”.

Apresentação da candidatura irá decorrer no dia 29 de julho, sexta-feira, pelas 21 horas, no auditório da Associação Teatro Construção (ATC), em Joane. Vai decorrer de porta aberta, a todos aqueles que estejam interessados em assistir.

Para já, Bruno Cunha não divulga a equipa que o acompanha a estas eleições, mas promete fazê-lo brevemente.

Famalicão: Paulo Cunha anuncia brevemente se é candidato a novo mandato na distrital do PSD

A Distrital do PSD vai a votos para eleger uma nova comissão política depois do período de férias e tudo aponta que o ato eleitoral decorra no dia 10 de setembro.

O atual presidente da estrutura política, o famalicense Paulo Cunha, ainda não comunicou a sua decisão quanto a uma eventual recandidatura. CIDADE HOJE sabe que Paulo Cunha tornará pública a sua posição brevemente.

Recorde-se que o famalicense foi eleito, a 3 de julho, vice-presidente nacional do PSD.