Pedro Gonçalves vai jogar FIFA 20

O jogador do FC Famalicão vai participar, este fim de semana, num Torneio FIFA 20. Da primeira liga, há, para já, oito participantes. FC Porto, Sporting e Sporting de Braga que estarão representados, respetivamente por Fábio Silva, Rafael Camacho e Abel Ruiz. Cada atleta utilizará a equipa que representa, com Pedro Gonçalves a representar o FC Famalicão. Do Boavista – Tomás Reymão; Paços de Ferreira – João Amaral; Marítimo – Pedro Pelágio; e Santa Clara – Rafael Ramos

À imagem de Itália e Espanha, também os jogadores da Liga NOS encontraram uma forma de superar as saudades do futebol e sensibilizarem a comunidade para a importância de estar em casa durante este período. Os clubes da Liga foram incentivados a escolher um representante e muitos acederam ao desafio. Pedro Gonçalves, do FC Famalicão, é um deles.

FC Famalicão começa a trabalhar a 1 de julho

O plantel do Futebol Clube de Famalicão regressa ao trabalho no dia 1 de julho, no Centro de Treinos, estando igualmente definido o calendário da pré-epoca, que contempla vários jogos de preparação. Realce para o jogo de apresentação, no dia 30 de julho, com o Deportivo da Corunha.

FC Famalicão x CD Trofense
17 de julho – Jogo à porta fechada

FC Famalicão x Leixões SC
20 de julho – Jogo à porta fechada

FC Famalicão x FC Penafiel
24 de julho – Jogo à porta fechada

FC Famalicão x Casa Pia AC
27 de julho – Jogo à porta fechada

FC Famalicão x Deportivo de La Coruña
30 de julho – Jogo de apresentação

FC Famalicão x Moreirense FC
3 de agosto – Jogo à porta fechada

Famalicão: Contratado médio Tom van de Looi

Tom van de Looi é o primeiro reforço do Futebol Clube de Famalicão para a nova época. O médio neerlandês, de 24 anos, assinou contrato por três épocas.

Formado no FC Groningen, Tom van de Looi estreou-se com 18 anos na I Liga Neerlandesa. Após uma passagem pelo NEC Nijmegen, jogou em Itália, no Brescia, onde esteve nas últimas quatro temporadas.

Do currículo do médio constam, ainda, internacionalizações entre as seleções sub-17 e sub-20 dos Países Baixos, destacando-se a presença no Campeonato da Europa de sub-17 em 2016.

Com “grandes expectativas para esta temporada”, o jogador diz que o Futebol Clube de Famalicão “é um clube que está a crescer muito e que se tem revelado muito bom para jovens jogadores”, sublinhando “a aptidão do clube para fazer evoluir jogadores e elevá-los para um nível muito alto”.

Tom van de Looi sente que chegou “o momento de dar um novo passo na carreira”. Admitindo ter contactado Justin de Haas, revelou que o compatriota lhe “transmitiu coisas muito boas sobre o clube”, nomeadamente, “as condições de excelência que lhe permitiram melhorar as suas qualidades”.

Tom van de Looi define-se como “um médio defensivo”, que pode jogar na posição 8, “que gosta de ter bola, forte taticamente e que tenta ganhar todos os duelos físicos”.

Famalicão: GD Joane confirma continuidade de Duarte Nuno

Tal como CIDADE HOJE tinha avançado, no final do mês de maio e em primeira mão, Duarte Nuno vai continuar a liderar o plantel do GD Joane. O clube, que esta época subiu ao Campeonato de Portugal, após vencer a pró nacional da AF Braga, acaba de confirmar a continuidade do treinador que chegou na época passada.

Depois de ter representado o GD Joane como jogador, entre 2016 e 2018, Duarte Nuno regressou para a função de treinador e comandar a equipa sénior na época que terminou recentemente.

Recorde-se que o GD Joane venceu a pró nacional, principal campeonato da AF Braga, com 74 pontos, fruto de 21 vitórias, 11 empates e apenas duas derrotas. A equipa treinada por Duarte Nuno sofreu apenas 18 golos e marcou 48. Para além do título, o Joane regressa aos nacionais de futebol – Campeonato de Portugal – dez anos depois da última presença.

O primeiro jogo oficial do GD Joane será, ainda, dentro da AF Braga, com a disputa da supertaça a 18 de agosto.

Famalicão: Equipa de boccia é tricampeã nacional

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, através da seleção de Boccia Sénior, participou, esta terça-feira, na fase final do nacional da modalidade e teve um registo cem por cento vitorioso.

Em Vila Nova de Gaia, o conjunto famalicense, com quatro atletas, dominou a prova e consolidou um registo vitorioso que tem três anos.

A participação famalicense ficou a cargo da coordenação técnica do treinador Luís Silva e Vânia Pinheiro. Perante os resultados alcançados, o treinador manifesta o seu orgulho pela conquista do tricampeonato que foi conseguida perante 113 atletas.

FC Famalicão ganha projeção mundial com jogadores na Copa América e no Europeu

O Futebol Clube de Famalicão é o segundo clube português com mais jogadores na Copa América, apenas suplantado pelo FC Porto. Os famalicenses têm dois atletas na prova americana (Cádiz, Venezuela; Puma Rodríguez, Panamá), enquanto que os portistas têm cinco atletas. Tal como o Famalicão, o Benfica também tem dois, enquanto que o Sporting, Gil Vicente, Casa Pia, Vizela e Académico de Viseu têm um único representante.

Na verdade, e ao cabo de mais de 90 anos de história, o emblema famalicense nunca teve tantos jogadores representados em grandes competições ao nível de seleções. Para além dos já citados, acresce Enea Mihaj que está em ação no Campeonato da Europa, ao serviço da Albânia.

Este estatuto mundial que os famalicenses agora exibem é resultado das apostas de toda a estrutura de futebol sob a alçada da SAD, criada um ano antes da equipa sénior subir à primeira liga (2018/2019) e que, desde então, tem-se afirmado no contexto nacional.

Os proveitos da qualidade do plantel são, agora, exponenciados por esta projeção mundial que valoriza os atletas, mesmo aqueles que, sem seleções, têm sido muito cobiçados no mercado de transferências e que podem proporcionar um recorde de vendas, ultrapassando os cerca de 40 milhões de euros da época passada.

Luiz Júnior, Zaydou Youssouf, Gustavo Sá, Cádiz, Topic, Puma Rodríguez, Francisco Moura, Riccieli e Enea Mihaj são, entre outros, os jogadores mais cobiçados.

Famalicão: Atletas da Pegasus OCR correm por Portugal em Itália

Seis atletas da equipa Pegasus OCR Proteam representaram Portugal no Campeonato da Europa de Corridas de Obstáculos, que decorreu em Folgaria – Itália. Pedro Gonçalves, Rui Silva, Elsa Rodrigues, Hélder Rodrigues, João Alves e Helena Almeida participaram nesta competição, envolvidos em três provas (3km, 14km, equipas), sendo que a maioria participou nos 14km, com 41 obstáculos, 19 dos quais de tentativa única.

Além de Itália, a equipa famalicense esteve na Alemanha, com Pedro Pascoal que conquistou o segundo lugar da sua faixa etária, na Spartan de Kulmbach.

Por cá, no sábado a equipa esteve na Black Pig Race, uma prova de obstáculos realizada em Braga conquistando a vitória, através de Nélson Loureiro e Célia Neto. Foram 7 os elementos da equipa nos primeiros 10 classificados com um total de 6 pódios. Nos Kids, Enzo Rodrigues venceu em benjamins.

No domingo, no Trail das Eiras, em Vermoim, Nélson Loureiro e Luciano Pereira ficaram nas duas primeiras posições da faixa etária M40-49. Também no domingo, no trail Trilhos das Terras do Vasco em Fornos de Algodres, Carolina Lopes venceu a geral e Tibo Batista foi terceiro da geral, primeiro sénior.