Piloto famalicense abandona Rali Castelo Branco na última especial

Uma saída de estrada na sexta e última especial de classificação ditou o abandono de Pedro Almeida e Mário Castro no Rali de Castelo Branco, que se disputou este fim de semana.

O acidente aconteceu numa zona rápida, «mas apanhamos a estrada suja e acabamos fora» explicou o piloto que lamenta o sucedido porque, como refere, «estávamos a andar bem, a fazer um rali em crescendo e fazendo o que pretendemos: melhorar, progressivamente, a nossa performance, mas estes momentos são parte das corridas», acrescentou.

O Rali de Castelo Branco estava a ser uma luta interessante para a equipa, naquela que era a primeira prova da temporada em pisos de asfalto. «Estávamos agradados com o que estávamos a fazer, com diferenças curtas para os pilotos que estavam na nossa frente. Estávamos confiantes em sair daqui com um bom resultado, mas não foi possível», disse ainda o piloto famalicense.

Terminado o Rali de Castelo Branco de forma abrupta, resta à dupla Pedro Almeida/Mário Castro pensar já na próxima prova do calendário, o Rali da Madeira.

 

Hoje há Teatro n’Aldeia na Casa do Povo de Ruivães

Neste primeiro dia de outubro há teatro para ver na Casa do Povo de Ruivães.

O Núcleo de Teatro da Associação Cultural de Vermoim apresenta “A Verdadeira História do Lobo Mau!”

A sessão, que é de entrada gratuita, está marcada para as 16h00.

Famalicão: Idoso ferido em colisão entre mota e carro na N14 em Gavião

Um homem, com cerca de 70 anos, ficou ferido na sequência de uma colisão entre um veículo ligeiro e uma mota, em plena estrada nacional 14.

O acidente aconteceu cerca das 10h30, na Avenida Engenheiro Pinheiro Braga, nas proximidades do posto de combustível, sendo que para o local foram acionados os Bombeiros Voluntários Famalicenses e Famalicão.

A vítima, com ferimentos considerados ligeiros, acabou por ser transportada para a unidade de Vila Nova de Famalicão do Centro Hospitalar do Médio Ave.

A PSP tomou conta da ocorrência.

F.C.Famalicão anuncia que o Diretor Desportivo está suspenso

O Futebol Clube de Famalicão anunciou, na manhã deste sábado, a suspensão de funções, por mútuo acordo, do diretor desportivo Samuel Costa.

A decisão prende-se com as denúncias por assédio sexual que Samuel Costa tem sido alvo nas últimas horas, num caso que estará relacionado com as queixas apresentadas pelo mesmo grupo de atletas sobre o atual treinador famalicense Miguel Afonso.

Os casos terão ocorrido na época desportiva 2020/2021, quando os dois elementos agora suspensos representavam outros clubes que não o Famalicão.

 

Famalicão: Começaram a ser instalados os contentores para recolha de óleos alimentares usados

Já começaram a ser instalados os contentores para a recolha de óleos alimentares usados.

A implementação deste sistema de recolha, fruto de um protocolo estabelecido entre a autarquia e a EGI – Gestão de Resíduos, vem permitir que todos os óleos alimentares recolhidos sejam reciclados respeitando a legislação ambiental aplicável e transformados em novos produtos.

No total serão 60 os contentores que estarão à disposição da comunidade um pouco por todo o concelho.

Assédio no futebol: Federação abre processo disciplinar a Samuel Costa do F.C.Famalicão por denúncias

O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) decidiu instaurar um processo disciplinar contra o diretor desportivo do FC Famalicão feminino, Samuel Costa, por denúncia, disse à Lusa fonte do organismo.

De acordo com a mesma fonte, será ainda instaurado um processo de averiguações no âmbito de denúncias de assédio recebidas, mas nas quais não estão identificados os denunciados.

Esta medida acontece num dia em que o CD da FPF também suspendeu preventivamente o treinador da equipa feminina do Famalicão, Miguel Afonso, a quem foi instaurado um processo disciplinar urgente, também segundo avançou à Lusa fonte oficial da FPF.

A mesma fonte avançou igualmente que o organismo disciplinar da FPF também decidiu criar uma equipa especial para se dedicar com urgência à instauração dos processos criados na sequência de denúncias de assédio, constituída por membros do Conselho de Disciplina e da Comissão de Instrução Disciplinar da FPF.

Famalicão: Câmara e ARS Norte assinam contratos-programa para duas unidades de saúde

A Câmara Municipal e a ARS Norte já assinaram os contratos-programa com vista à construção dos novos edifícios para as unidades de saúde familiar de S. Miguel o Anjo, em Calendário, e a da vila de Joane.

O presidente da Câmara Municipal de Famalicão deu a novidade na Assembleia Municipal desta sexta feira, que ainda decorre. Mário Passos considera que são boas notícias, ainda que tenha assinalado que o Município terá de assumir uma parte dos gastos com estas obras.