PSP vai destruir mais de 13.500 armas de fogo na maior ação realizada em Portugal. Entregas voluntárias aumentaram este ano

Em comunicado, a Polícia de Segurança Pública refere que as armas de fogo a destruir são as que foram voluntariamente entregues ou apreendidas pela PSP e declaradas perdidas a favor do Estado no âmbito de processos crime e de contraordenação.

As 13.767 armas de fogo vão ser destruídas na quarta-feira na Maia, Porto, e trata-se da quinta ação realizada este ano, num total de 35.064.

Segundo aquela força de segurança, a PSP destruiu 174.374 armas de fogo nos últimos seis anos.

A PSP indica ainda que as armas destruídas decorrem também do “aumento substancial” das entregas voluntárias, que atingiu 1.665 este ano.

Nova greve na CP com impacto esta segunda-feira

A CP – Comboios de Portugal comunicou, esta sexta-feira, que a greve parcial convocada para esta segunda-feira, pode provocar perturbações «significativas» na circulação dos urbanos do Porto, com impacto previsto entre as 00h00 e as 12h00, do mesmo dia.

Em nota enviada às redações, a CP informa que o Tribunal Arbitral do Conselho Económico e Social não decretou serviços mínimos. No entanto, promete desenvolver todos os esforços «para prestar o melhor serviço possível aos clientes, apesar dos constrangimentos decorrentes desta situação».

O Sindicato Ferroviário da Revisão Comercial Itinerante (SFRCI) anunciou, esta quinta-feira, duas novas greves parciais nas zonas urbanas de Porto e Lisboa, reivindicando melhorias salariais.

A greve parcial na zona urbana do Porto vai decorrer entre as 5h00 e as 8h30 desta segunda-feira.

O sindicato, que representa a maioria dos trabalhadores do serviço comercial e transporte (revisores, trabalhadores das bilheteiras e as suas chefias diretas), considera que o aumento de 0,9% da tabela salarial não é «um valor aceitável».

Mercadona doa 1,5 milhões de euros para ajudar os refugiados da guerra na Ucrânia

A Mercadona, como demonstração de apoio e solidariedade com o povo ucraniano, doa 1,5 milhões de euros para ajudar os refugiados da guerra da Ucrânia. Esta ajuda materializa-se a partir de junho com a entrega de Cartões Sociedade de 50€ cada um, com o objetivo de ajudar a cobrir as necessidades básicas dos refugiados que chegam a Portugal e Espanha, podendo ser utilizados em qualquer um dos seus supermercados.

Através desta colaboração, a Mercadona prevê ajudar cerca de 5.000 pessoas refugiadas.

A empresa realizará a entrega destes cartões através das entidades autorizadas dentro dos programas oficiais de acolhimento de ucranianos em Portugal e Espanha.

Famalicão: PSP apanha homem por tráfico de droga em viatura apreendida

Esta quinta-feira, pelas 18H45, a PSP deteve um homem, de 38 anos, pelo crime de tráfico de estupefacientes.

A detenção aconteceu na Rua Padre Avis de Brito, em Calendário. Os agentes encontravam-se em serviço de patrulhamento e na abordagem ao homem encontraram heroína suficiente para cerca de 12 doses, que lhe foram apreendidas.

No decorrer da intervenção policial, foi ainda verificado que o detido circulava numa viatura que constava como apreendida por falta de seguro válido.

Todos ao Jamor para apoiar a equipa feminina do FC Famalicão

No tarde do dia 28 de maio, a equipa feminina do FC Famalicão disputa a final da Taça de Portugal, contra o Sporting, no Estádio Nacional do Jamor.

Para este momento singular na história do emblema famalicense, o clube continua a desenvolver uma campanha que convida os famalicenses a fazerem parte desta festa do futebol. O ingresso e transporte custam 10 euros e os interessados devem dirigir-se à Loja Oficial ou à Academia.

Vários clubes famalicenses, associando-se a este apelo e a este momento inédito no desporto concelhio, estão a partilhar nas redes sociais este convite, apelando a que todos apoiem a equipa neste importante jogo, marcado para as 17h15 do dia 28 de maio.

Famalicão: PSP apanha homem por furto em estabelecimento de restauração e bebibas

Esta segunda-feira, a PSP deteve um homem, de 42 anos, por furto num estabelecimento de restauração e bebidas, na Rua Manuel Pinto de Sousa, nas imediações na Igreja Matriz Nova.

Após o alerta, a força policial deslocou-se, de imediato para o local, acabando por apanhar o suspeito, nas imediações do referido estabelecimento.

O detido foi notificado para comparecer no Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão.

Famalicão: Pedro Almeida promete competitividade no Rali de Portugal

Ao volante de um Skoda Fabia, Pedro Almeida e Mário Castro vão disputar o Rally de Portugal, prova do WRC – Campeonato do Mundo de Ralis que se realiza entre quinta-feira e domingo, entre Coimbra e Matosinhos. A dupla está inscrita no WRC2 e no CPR – Campeonato de Portugal de Ralis.

«O nosso foco é o CPR e estar bem, em especial nas classificativas que pontuam para o Campeonato de Portugal», salienta Pedro Almeida.

Pedro Almeida, que vai para a quarta participação, diz que quer «desfrutar do evento, mas impondo-nos a responsabilidade de sermos muito competitivos, de dar o máximo e continuar a aproximação aos registos dos pilotos mais rápidos do CPR, somando pontos no campeonato».

O famalicense salienta ainda a dureza da prova, que exige atenção aos pilotos nacionais. «Temos trabalhado muito na preparação e confiamos na fiabilidade do Skoda Fábia, fundamental para cumprir os nossos objetivos. No Rally de Portugal partimos mais atrás, já encontramos o terreno degradado e isso exige-nos cuidados redobrados», aponta o piloto.

O Rally de Portugal começa esta quinta-feira com uma curta super especial em Coimbra e prolonga-se até domingo, com final em Matosinhos. A classificação do CPR- Campeonato de Portugal de Ralis fica fechada no final de sexta-feira, após a realização da especial de classificação 9, a super especial de Lousada.