Rede de Museus de Famalicão debate desenvolvimento sustentável

«Juntos fazemos museu. Caminhar para o desenvolvimento sustentável» é o tema do V Encontro da Rede de Museus de Vila Nova de Famalicão que inclui, no dia 29 de novembro, um debate aberto ao público no Museu da Guerra Colonial, em Ribeirão, tal como um workshop no Museu do Automóvel, na mesma freguesia, e, no dia 30, uma visita técnica ao Museu Nacional dos Coches, em Lisboa, destinada às equipas dos museus famalicenses.

O debate do primeiro dia do Encontro visa explorar o pilar económico, ambiental e social do desenvolvimento sustentável e apresentar a cultura como o quarto pilar. Irá funcionar em formato híbrido, presencial e através da plataforma Zoom, ambos com vagas limitadas e inscrição obrigatória através do linkhttps://forms.gle/Ts7Aw9ZL4VHuKKd89.

Prevê-se uma reflexão sobre o desenvolvimento sustentável que abranja o panorama internacional, sendo que estarão presentes oradores como Mário Jorge Machado, da Associação Têxtil e Vestuário de Portugal; Sara Moreno Pires, da Universidade de Aveiro; Fernanda Morais e Fernando Maia, do Museu da Energia de Salesópolis (Brasil); e Manuel Gama, do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade da Universidade do Minho. Juntos irão despoletar a reflexão e partilhar projetos de investigação e boas-práticas realizadas em Portugal e no Brasil.

Neste mesmo dia, o Museu do Automóvel recebe, da parte da tarde, uma dinâmica de trabalho participado para as equipas dos Museus de Famalicão. Com este workshop, intitulado «Pegada Ecológica: um caminho a trilhar», a Rede de Museus pretende revelar o índice de sustentabilidade dos Museus de Famalicão, refletir sobre os resultados obtidos com a medição da pegada ecológica dos Museus de Famalicão, identificar ações que contribuam efetivamente para o desenvolvimento sustentável e definir estratégias de implementação das ações identificadas.

Para além das referidas atividades, o encontro inclui ainda, no dia 30 de novembro, uma visita técnica ao Museu Nacional dos Coches, em Lisboa, dirigida somente às equipas dos Museus de Famalicão, no sentido de capacitar e formar as mesmas, através do contacto com boas práticas adotadas pela instituição no âmbito da gestão de coleções, nomeadamente ao nível do inventário, documentação e conservação.

Refira-se que o Encontro da Rede de Museus pretende trabalhar o papel destes enquanto agentes transformadores no e do território, a partir de boas práticas que contribuam para o respetivo desenvolvimento sustentável. O tema abordado vem no seguimento do compromisso assumido pelo Município de Vila Nova de Famalicão, no relatório de Sustentabilidade e Responsabilidade Social, no qual apresentou a intenção de criar ligações entre a atividade municipal e as metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Para mais informações consulte: www.famalicao.pt

 

Famalicão: Leve roupa ou bens alimentares para o “Estendal Solidário”

A quarta edição do Estendal Solidário, do Sporting Clube Cabeçudense, realiza-se na manhã de domingo. A participação na caminhada de 8km e nos 25km de BTT tem o “custo” de uma peça de roupa ou de um bem alimentar. Todos os bens recolhidos durante o evento serão entregues à Conferência Vicentina de S. Cristóvão de Cabeçudos e à Associação Dar as Mãos.

O Estendal Solidário começa no recinto do SC Cabeçudense com uma aula de zumba, às 9 horas, estando agendada a partida da caminhada e do passeio BTT às 9h45.

O Pai Natal chega domingo a Famalicão

A chegada do Pai Natal à cidade de Famalicão está prevista para este domingo, às 15 horas.

No mesmo dia decorre a abertura da Cabana Solidária, instalada na Praça 9 de Abril. O espaço, que serve de ponto de recolha da solidariedade dos famalicenses para com os mais necessitados, estará aberta das 10 às 12h30 e das 14h30 às 18 horas até ao dia 23 de dezembro. Já no dia 24, apenas abre durante a manhã (10 às 12h30).

Dia 18, às 15 horas, começa a concentração para a parada a sair dos Paços do Concelho, bem como o desfile de Pais Natal, Associações de bicicletas e Bombeiros Famalicenses e a sua Fanfarra, com um pequeno percurso pelas ruas da cidade, até à Cabana Solidária.

Famalicão: Aqueça a solidariedade com as meias da HumanitAve

Depois do sucesso da última campanha natalícia, a HumanitAVE – Associação Emergência Humanitária reedita o projeto solidário “Meias com Sonhos”.
Ao comprar as meias solidárias está a ajudar a associação a ajudar os outros.
Que este Inverno «seja amor e calor, com os pés bem quentinhos, iremos aquecer todos à nossa volta e ajudar os que mais precisam, caminhando em direção a um mundo mais justo e solidário», apela a HumaniTAVE.

Nova rede de transportes com 152 autocarros e mais de 1100 ligações diárias

A AVE Mobilidade disponibiliza, desde o primeiro dia deste mês, transportes públicos de passageiros ao serviço de Vila Nova de Famalicão, Cabeceiras de Basto, Fafe, Guimarães, Mondim de Basto, Póvoa de Lanhoso, Vieira do Minho e Vizela. São 152 autocarros para mais de 1100 ligações diárias.

A nova oferta representa uma aposta da Comunidade Intermunicipal do Ave na melhoria da mobilidade na região, caraterizando-se pela eficiência e modernidade. Toda a rede estará disponível na web e nas plataformas especializadas em mobilidade e no próprio site da Autoridade de Transportes da CIM do Ave.

O presidente desta Autoridade de Transportes, Domingos Bragança, afirma que «a nova concessão de transporte público rodoviário de passageiros no território da Comunidade Intermunicipal do Ave constitui um marco na promoção da sua coesão territorial e social. “Ligamos pessoas e lugares”, o que nos deixa muito satisfeitos e, sobretudo, nos responsabiliza por uma oferta de transporte público compatível com aquelas que são exigências atuais».

Sérgio Soares, CEO da Transdev Portugal (detentora do contrato) nota que «uma política de transporte público rodoviário que vise responder às verdadeiras necessidades das populações tem de passar por dar mais oferta de transporte às pessoas. Só com uma elevada densidade de circulações é que os transportes públicos podem cumprir todo o seu potencial em matéria de transição energética, descarbonização da economia e afirmar-se como verdadeira alternativa ao transporte individual. É esta a visão partilhada pela Autoridade de Transporte desta região, que fez um esforço assinalável para melhorar a sua rede de oferta rodoviária».

A nova operação AVE Mobilidade implica mais de 200 postos de trabalho e proporciona viagens a 1, 2 e 3 euros aos passageiros que viajem entre 17 e 31 de dezembro. Esta campanha promocional aplica-se aos bilhetes adquiridos a bordo e o valor é calculado pela origem e destino; as viagens com origem e destino no mesmo município terão um valor de 1€; as viagens com origem e destino nos diferentes municípios da CIM do Ave terão um valor de 2€; e as viagens com origem ou destino fora dos municípios da CIM do Ave terão um valor de 3€.

Famalicão: Colombatto quer vencer Tondela para continuar «com vida» da Taça da Liga (c/vídeo)

O médio Santiago Colombatto fez, ao início desta tarde, a antevisão ao jogo entre o Futebol Clube de Famalicão e Clube Desportivo Tondela, da 4.ª jornada do Grupo H da Allianz Cup.

Para o jogo, que decorre a partir das 20.45 horas desta sexta-feira, no Estádio Municipal de Famalicão, o argentino antecipa um jogo difícil, «mas temos de ganhar para continuar a lutar pelo apuramento». O médio vê a vitória como a única solução para que o clube tenha, como diz, «vida» nesta competição. Reconhece, ainda, que a equipa «tem de se apresentar diferente e temos que o demonstrar dentro da campo, por nós e pelos adeptos».

Famalicão: Francisco Zamith bate recorde nacional dos 1500m Livres

Francisco Zamith, do Grupo Desportivo de Natação, estabeleceu este sábado, um novo recorde nacional na prova dos 1500L Master – escalão C, cumprindo a distância em 18:09:40
O feito do nadador foi alcançado na Piscina Rota dos Móveis, em Paredes, onde decorre o Troféu Fundo Masters da Associação de Natação do Norte de Portugal.