Tráfico de Droga: Tem 37 anos e residia em Nine homem que abastecia a região

Este ano já foi detido por duas vezes e vai ser julgado no Tribunal de Braga. André, de 37 anos, natural de Barcelos e residente na freguesia de Nine, em Vila Nova de Famalicão, ia com frequência ao Porto para comprar droga que vendia em vários pontos do Minho (Barcelos, Famalicão e Braga), tendo já vários clientes frequentes.

Segundo relata o jornal O Minho, o homem, que já estava a ser seguido pelas autoridades desde o final de 2019, está acusado de um crime de tráfico de estupefacientes e dois de condução ilegal.

Encontra-se em prisão preventiva a aguardar julgamento desde o final de janeiro, altura em que foi detido pela segunda vez, na posse de droga.

Do leque de testemunhas fazem parte três militares do Núcleo de Investigação Criminal de Barcelos.

 

Artista famalicense leva a “Universidade de Bolso” a Guimarães

A presente edição da “Universidade de Bolso”, conferência criada pelo famalicense João Sousa Cardoso, está marcada para os dias 27, 28 e 29 de maio, no Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães.

Desta vez o tema é a “Coabitação e as novas temporalidades”, concentrado na atualidade dos direitos das minorias étnicas e na elaboração social, ética e estética de uma cultura cosmopolita e transtemporal.

Para quem não conhece, a “Universidade de Bolso” é um programa de construção de conhecimento em regime intensivo que promove o encontro de ideias e experiências sobre um tema proposto.

Esta edição tem convidados de reconhecidos méritos, mas também é aberta à participação da comunidade. Os artistas/pensadores convidados para esta aula pública são: Françoise Vergès, intelectual, escritora e militante francesa que tem desenvolvido um pensamento crítico sobre as relações entre anticapitalismo, ativismo feminista e decolonização; Vladimir Safatle, filósofo brasileiro, docente na Universidade de São Paulo e músico, que tem produzido reflexão sobre a construção política das subjetividades entre a filosofia, a crítica da cultura e a teoria psicanalítica; Mary Enoch Elizabeth Baxter, que também assina com o nome hip‐hop Isis Tha Saviour, artivista norte‐americana que trabalha a relação entre o sistema institucional da justiça (incluindo a justiça reprodutiva), a violência de estado e a comunidade afrodescendente nos Estados Unidos da América.

Svitlana Baptista e Niranjan Sapkota são duas cidadãs radicadas em Guimarães que vão partilhar a experiência de imigração da Ucrânia e do Nepal, respetivamente, para Portugal.

Além dos oradores e dos habitantes locais convidados, esta “Universidade de Bolso” tem ainda os “observadores” que fazem a análise dos três dias de conferência. Este ano, a tarefa está entregue à historiadora francesa Yvane Chapuis – responsável pelo Departamento de Pesquisa na escola de artes La Manufacture, em Lausanne (Suíça) – e a António Guerreiro, crítico cultural e professor na Faculdade de Belas‐Artes da Universidade de Lisboa.
Para participar nesta conferência é necessário inscrever-se, que pode ser no Centro Cultural Vila Flor, Centro Internacional das Artes José de Guimarães, Casa da Memória ou na Loja Oficina.

Esta conferência internacional é criada pelo artista e docente famalicense João Sousa Cardoso, licenciado em Artes Plásticas e doutorado em Ciências Sociais.

Quarta edição do iTechStyle Summit de 25 a 27 de maio

O CITEVE – Centro Tecnológico das Indústrias do Têxtil e Vestuário, com o apoio do Município de Famalicão – Cidade Têxtil, realiza nos dias 25, 26 e 27 deste mês, no Terminal do Porto de Leixões, a quarta edição do iTechStyle Summit – Conferência Internacional do Têxtil e Vestuário.

Esta é uma das mais importantes reuniões globais do mundo têxtil, tanto em termos de lançamento dos novos desafios do futuro como de enquadramento do setor com a envolvente económica.

O foco desta edição está orientado para as áreas Decarbonização; Novos modelos de negócio; Dupla transição: verde e digital; Revolução nos materiais; e Skills para a indústria.

Para esta edição estão já confirmados diversos oradores de renome. António Cunha (CCDR-n), Lisa-Lang (Climate-KIC), Thomas Gries (RWTH Universidade de Aachen), Giusy Bettoni (C.L.A.S.S.), Elvira Fortunato (Universidade NOVA/CENIMAT/i3N) Antonio-Murta (Pathena), Isabel Furtado (TMG Automotive/COTEC Portugal) e Adriana Dominguez (Adolfo Dominguez) são alguns dos nomes que vão partilhar os seus contributos sobre as tendências atuais, estratégias, oportunidades e desafios.

Trofa recebe o maior evento de Kyokushin de Portugal

Na tarde de sábado, a partir das 14h30, o concelho da Trofa recebe a segunda edição do Open Kyokushin Portugal que vai decorrer no Pavilhão Desportivo da Escola EB 2/3 S. Romão do Coronado.

Depois do sucesso da primeira edição em 2019, este ano esperam-se mais de 100 atletas originários de vários países da Europa. Consciente da importância do Open para afirmação da modalidade em Portugal, o evento conta com o apoio institucional da Embaixada do Japão.

Organizado pela Associação Kyokushin do Ave, pela Associação Kyokushin Kai Portugal e pela Kyzami Martial Arts, com o apoio da Câmara Municipal da Trofa, este é o maior evento nacional de Kyokushin.

Kyokushin é um estilo de karaté dinâmico, baseado nos princípios do “bushido”, caminho do guerreiro, dando ênfase aos conceitos ancestrais como ser rigoroso consigo mesmo e ser compreensivo com seus semelhantes.

PSP detém homem que agrediu polícia no Enterro da Gata

No âmbito do policiamento realizado no evento Enterro da Gata, em Braga, a Polícia de Segurança Pública deteve um homem, de 38 anos, e uma jovem, de 19. Os dois foram notificado para comparecerem ao Tribunal Judicial da Comarca de Braga.

O homem foi detido por ter atirado uma garrafa de vidro e por ter atingido um polícia. No decorrer da intervenção policial, o cidadão ameaçou ainda o agente. A jovem foi detida por ter na sua posse uma arma proibida, uma faca de borboleta.

Retomada a Festa das Famílias no Colégio das Caldinhas

O Colégio das Caldinhas recuperou a tradição da Festa das Famílias, interrompida pela pandemia, e este ano com um motivo especial: celebrar os 90 anos do colégio nas Caldas da Saúde, em Santo Tirso. Como habitual, este encontro, que decorreu nos dias 6 e 7 de maio, contou com a participação de muitos educadores, pais, alunos e antigos alunos que fizeram com que esta festa fosse possível.

Ao longo dos dois dias, decorreram várias atividades, preparadas pelos diversos departamentos, incluindo torneios de futsal, voleibol, basquetebol e badminton, com a participação do Colégio S. João de Brito, escola dos jesuítas em Lisboa, e outras equipas da região de Santo Tirso e Famalicão.

Para assinalar os 90 anos do colégio, ao almoço do primeiro dia, a comunidade educativa juntou-se no Pátio de Nossa Senhora para cantar os parabéns e os educadores foram convidados para um jantar de gala no mesmo dia. No sábado, a eucaristia foi em ação de graças pela vida já longa do colégio.

Durante estes dois dias, o Colégio das Caldinhas, onde estudaram e estudam muitos famalicenses, encheu-se de famílias e antigos alunos, que visitaram os museus e laboratórios e passaram pelo tradicional arraial com barraquinhas, organizadas por diferentes grupos de pais e educadores, cujas receitas revertem para a Associação Padre Simão Rodrigues, SJ, que tem como principal missão apoiar, através de bolsas de estudo, alunos e famílias de menores recursos que escolhem estudar neste estabelecimento de ensino.

Famalicão: Urgência do hospital já dispõe de botões de pânico

Em reunião com o Sindicato dos Enfermeiros – SE, esta quinta-feira, a administração do Centro Hospitalar do Médio Ave (CHMA) garante que agressões aos enfermeiros, no mês de fevereiro, estão a ser investigadas como crime público e que presta todo o apoio às vítimas.

Entretanto, para reforçar a segurança na instituição, e em particular nos serviços de Urgência, foram instalados botões de pânico, reforçada a videovigilância, contratados mais seguranças privados e verificou-se ainda um reforço do policiamento de proximidade da PSP, sobretudo nos períodos noturnos. Estas informações são prestadas pelo Sindicato dos Enfermeiros que reuniu, esta quinta-feira, com os responsáveis do Centro Hospitalar.

Em nota à imprensa, o presidente do Sindicato, Pedro Costa, elogia estas medidas, «pois a administração não só assumiu os problemas, como tomou medidas efetivas para os resolver». Foi, ainda, referido que o CHMA tem vindo a apoiar de forma próxima os profissionais de Saúde agredidos, «tendo-se inclusive disponibilizado para assumir todas as despesas decorrentes das agressões, tanto as realizadas como as futuras». Pedro Costa esclarece que «foi ainda dada a possibilidade de os enfermeiros e demais profissionais envolvidos nesta situação mudarem de serviço, ou até mesmo de instituição, algo que os próprios recusaram prontamente».